5 surpreendentes frases de Octavio Paz

· abril 20, 2019
O mais interessante das frases de Octavio Paz é esse halo de mistério que elas contêm. Este grande poeta mexicano não escrevia para compactar o mundo em poucas palavras, mas para expandi-lo através da riqueza da linguagem.

São muitas as frases de Octavio Paz que entraram para a história, tanto pela lucidez de pensamento que expressam quanto pela fabulosa poesia com que são elaboradas. Elas tratam sobre todos os tipos de temas. Assim era este grande escritor mexicano: versátil e universal.

Boa parte das frases de Octavio Paz são extraídas de seus poemas ou de suas fantásticas prosas. De fato, era tão profunda e bela sua maneira de se expressar, que muitas de suas cartas e artigos, escritas de maneira desprevenida, são consideradas grandes textos.

“Você tem que dormir com os olhos abertos, tem que sonhar com as mãos… tem que sonhar em voz alta, tem que cantar até que a música tenha raízes, troncos, galhos, ramos, pássaros, estrelas…”.
-Octavio Paz-

O que mais caracteriza esse poeta fabuloso é sua originalidade. Ninguém se atreve a defini-lo de maneira absoluta. Foi um amante da experimentação e cada um dos seus poemas era uma aposta pelo diferente. Algumas das frases mais surpreendentes de Octavio Paz são as seguintes.

1. O olhar e o que é visto

Realidade e irrealidade são dois conceitos muito complexos e, quando aludem à mente humana, se tornam extremamente imprecisos. É isso que uma das frases de Octavio Paz quer ressaltar. Ele diz: “A irrealidade do que é visto dá realidade ao olhar”.

Esta frase faz um jogo de palavras que envolve quatro elementos: realidade e irrealidade, o olhar e o que é visto. Isso significa que, do ponto de vista humano, as coisas são irreais enquanto não há quem lhes dê significado ou sentido. Sem essa interpretação do olhar, é como se as coisas não existissem.

Mulher pensativa em varanda

2. Uma das frases de Octavio Paz sobre o amor

O amor é um dos temas recorrentes nas frases de Octavio Paz. Uma das mais belas a este respeito diz: “O amor é um sentimento que só pode nascer de um ser livre, que pode nos dar ou retirar sua presença”.

É uma afirmação cheia de sabedoria. O amor é um sentimento que nasce em uma mente e um coração livres. Quando este não é o caso, poderíamos falar sobre apego, dependência, hábito ou qualquer outra coisa, mas não amor. O verdadeiro amor é mantido por decisão, não por obrigação ou medo.

3. Os sacrifícios e as celebrações

Outro dos temas que aparece com muita frequência nas frases de Octavio Paz é o do poder. Não poderia ser diferente, quando ele próprio foi filho da revolução mexicana e desenvolveu longas reflexões sobre a realidade de seu país e do mundo. De uma forma ou de outra, ele sempre adotou posições políticas, embora não partidárias.

Esta frase diz: “Os sacrifícios e as ofertas acalmam ou compram deuses e santos padroeiros; os presentes e celebrações, as pessoas”. Fala sobre essa visão atávica dos seres humanos, segundo a qual os deuses são seres a serem reverenciados para que não nos prejudiquem. E a maior reverência é o sacrifício e a oferta. No entanto, o que acalma as pessoas são as festividades e os pequenos presentes.

4. A morte nas frases de Octavio Paz

A morte é um tema eterno, uma questão tão real quanto a vida. Também um fato que nunca acaba sendo totalmente compreendido e tampouco assumido. Pelo menos é o que acontece no mundo contemporâneo, onde se tornou um tópico quase tabu. Ninguém quer pensar nela, e muito menos falar sobre ela.

O convite de Octavio Paz é justamente quebrar esse tabu. Ele diz: “Viver bem exige morrer bem. Temos que aprender a enfrentar a morte”. Desta forma, faz o equivalente a “morrer bem” com a capacidade de pensar sobre a própria morte e assumi-la completamente quando esta se aproxima e chega.

Mulher chateada em sua casa

5. Despertar para a história

A história não é o relato que está nos livros, nem uma realidade passada que perdeu a validade. Pelo contrário. A história é o que somos e o que temos hoje, aquilo que nos conduz através dos fios que se entrelaçam para fazer de nós o que somos, como indivíduos e como povos.

Em relação a isso, Octavio Paz diz: “Despertar para a história significa adquirir consciência de nossa singularidade, um momento de descanso reflexivo antes de nos entregarmos ao fazer”. Em outras palavras, a perspectiva histórica é a que nos permite identificar o que nos torna únicos. E é essa perspectiva que nos possibilita comprometer-nos com a ação, diante de um futuro que é incerto.

Como vemos, as frases de Octavio Paz são inspiradoras, assim como seus poemas e suas prosas. Ele ganhou o Prêmio Nobel de Literatura em 1990, precisamente por ser um desses grandes e maravilhosos criadores que vieram ao mundo para dar luz.

  • Paz, O. (1989). Lo mejor de Octavio Paz: el fuego de cada día. Seix Barral.