Pessoas intolerantes: 7 atitudes que elas costumam apresentar

7 atitudes comuns das pessoas intolerantes

16, julho 2017 em Psicologia 412 Compartilhados
7 atitudes comuns das pessoas intolerantes

Qual é a imagem que você tem de si mesmo? Alguma vez você já parou para pensar em como os outros enxergam você? Porque, mesmo que você não acredite, existem atitudes comuns entre as pessoas intolerantes, e talvez você, assim como eu, possamos praticar algumas delas. Você quer tirar a prova?

Não é fácil ser realmente tolerante. Por isso, às vezes nos deparamos com surpresas quando achamos que somos tolerantes. Nem sempre trabalhamos tanto a tolerância como para nos colocar o adjetivo de tolerantes. Pois, como diz Jaime Balmes, “não é tolerante quem não tolera a intolerância”. E você, tolera a intolerância?

Você tolera a intolerância?

Antes de entrar completamente nesse tema, eu gostaria de sugerir um simples exercício que Pablo Morano, especialista em crescimento pessoal, propõe. Ele apresenta uma série de perguntas que podem nos dar uma estimativa real do lugar em que nos encontraríamos em uma suposta escala de tolerância.

Pessoas intolerantes

Você é do tipo de pessoa que rejeita o diferente? Você desconsidera ideias alheias de mudanças, incomuns ou não, chegando inclusive a ignorá-las? Você é do tipo de pessoa que se incomoda com o fato de que pessoas com opiniões diferentes das suas tenham mais oportunidades de expressá-las? Acha que todo mundo deveria pensar como você?

Se você respondeu afirmativamente a alguma dessas perguntas, considere que você possui algum grau de intolerância. Falamos sobre graus porque o normal é que, se desenharmos um segmento delimitado por “tolerância” e “intolerância”, todos nós nos situaremos em algum ponto dele. Ou seja, nem todas as respostas a essas questões seriam voltadas ao mesmo polo ou com a mesma segurança. Assim, todos podemos apresentar graus maiores ou menores de tolerância ou intolerância segundo a circunstância e a personalidade.

 “A tolerância é fonte de paz e a intolerância fonte de desordem e brigas.”
-Pierre Bayle- 

Descubra atitudes comuns das pessoas intolerantes

Considerando certa independência em relação a outras características pessoais, existem atitudes comuns das pessoas intolerantes. Ou seja, em maior ou menor grau, você vai encontrar certas disposições que sempre vão aparecer relacionadas a uma forma inflexível de pensar. Vamos conhecer as mais chamativas e identificáveis.

O fanatismo

Em geral, uma pessoa intolerante demonstra fanatismo na hora de defender suas crenças e opiniões. No nível político, religioso, espiritual, etc. costuma ser incapaz de discutir ou conversar sem adotar pensamentos extremistas, achando que sua visão é a única válida. De fato, ela vai tentar exercer sua hegemonia sobre as outras pessoas e sua forma de ver o mundo.

Rigidez psicológica

As pessoas intolerantes demonstram certo temor em relação ao que é diferente. Ou seja, são rígidas em sua psicologia e por isso custam a aceitar que outras pessoas tenham perspectivas e filosofias diferentes. Assim, estabelecem diferenças e distanciamento com o que não coincide com sua maneira de pensar, com o que não aceitam e que, inclusive, produz ansiedade.

Costumam mostrar amplo conhecimento não real sobre qualquer assunto

O intolerante sente que precisa se defender das pessoas que são ou pensam diferente. Assim, criam ou inventam, conferindo um caráter real, teorias e conhecimentos em assuntos sobre os quais não possuem entendimento. Dessa forma, não aceitam nem escutam outros pontos de vista que não sejam os seus e consideram que essa atitude fechada é justificada. Inclusive, podem recorrer ao escárnio ou à agressividade se acharem que estão cercadas e sem argumentos.

Pessoas intolerantes discutindo

O mundo é mais simples e carente de nuances

Um ser humano intolerante vive, na realidade, um mundo mais simples. Ou seja, não escutam e por isso não se abrem a outras opiniões e formas de pensar. Portanto, seu mundo é branco ou preto. Formas de pensar como “você está comigo ou contra mim”, “é feio ou bonito”, “é errado ou certo” são comuns. Pessoas intolerantes vivem sem perceber que pode haver uma escala cinza. Precisam de seguranças e certezas, mesmo que estas não sejam reais.

São fiéis à rotina

Em geral, não costumam gostar de nada imprevisto ou espontâneo. Elas se apegam às suas rotinas, algo que já conhecem e que proporciona segurança e tranquilidade. Caso contrário, ficam estressadas ou frustradas com extrema facilidade.

Suas relações sociais podem ser complexas

A falta de capacidade empática de uma pessoa intolerante pode acarretar sérios problemas sociais. Essas pessoas precisam corrigir, dominar e sempre impor seu ponto de vista. Isso as leva a estabelecer relações com pessoas passivas ou com baixa autoestima. Com outras pessoas, sua interação acaba se mostrando impossível ou muito complexa.

Costumam ser muito ciumentas

Um intolerante dificilmente vai aceitar o sucesso de outra pessoa que não seja o dela, porque essa pessoa sempre vai ser diferente em algum nível e, portanto, equivocada em algum grau. Aliás, se esse indivíduo tem uma forma de ver o mundo mais aberta e tolerante, isso vai produzir grande inquietação e mal-estar. Os níveis de ansiedade vão aumentar, já que é algo incorreto do seu ponto de vista, sendo uma possível origem para os ciúmes.

 “O inimigo não é o fundamentalismo, mas sim a intolerância.”
-Stephen Jay Gould-

Essas são atitudes comuns das pessoas intolerantes e costumam estar presentes em maior ou menor medida. Você acha que possui alguma delas? Se esse for o caso, definitivamente coloque um fim nesse comportamento. Você vai se sentir mais feliz e suas chances de enriquecimento pessoal vão se multiplicar.

Recomendados para você