7 frases geniais de Pablo Picasso

julho 28, 2019

As frases de Pablo Picasso são um verdadeiro presente para a mente e o espírito. Sem dúvida, o talento deste maravilhoso pintor não somente está refletido em sua obra pictórica, mas também nesses impressionantes aforismos que continuam nos surpreendendo.

Um dos aspectos mais interessantes das frases de Pablo Picasso é que muitas delas nos lembram que a arte e a vida são duas expressões da mesma coisa. Ele foi um grande artista que nos ensinou a olhar tudo que está além do que enxergamos.

Picasso foi amado e odiado. Admirando e difamado. Ninguém, no entanto, questionou seu talento. Nem seu compromisso com as causas democráticas e com a criatividade como máxima expressão do humano.

Estas são 7 das geniais frases de Pablo Picasso, que entraram para a posteridade e refletem seu excepcional espírito.

“A arte é a mentira que nos permite perceber a verdade”.
-Pablo Picasso-

1. O caminho da aprendizagem

Com frequência as frases de Pablo Picasso envolvem um tipo de paradoxo. Como se vê a seguir: “Sempre estou fazendo o que não consigo fazer, para poder aprender a fazê-lo”. É uma brilhante maneira de chegar à essência da aprendizagem.

É verdade que se avança quando se faz cada vez melhor o que já sabemos fazer. Mas a verdadeira evolução reside em enfrentar o que está fora do nosso controle. O que não temos sob controle, mas que promete nos transformar quando for dominado.

Mulher dividida entre dois mundos

2. Criação e destruição

A criatividade e a criação desempenham um papel fundamental nas frases de Pablo Picasso. Afinal, ele era um artista e sua ferramenta básica de trabalho era a imaginação. Ou seja, a habilidade de tirar do nada uma nova realidade.

Picasso nos dá uma dica para entender esse processo: “Todo ato de criação é, acima de tudo, um ato de destruição”. Significa que para dar lugar ao novo é necessário acabar com o velho. Somente o fato de fazer isso dá origem a uma nova realidade.

3. Uma das frases de Pablo Picasso sobre as regras

Ao contrário do que muitas pessoas possam pensar, Picasso não era um inimigo dos padrões e das regras, inclusive na pintura. O que este grande artista buscava era transcender todos esses parâmetros, não ignorá-los.

Sobre este assunto, uma das frases de Pablo Picasso diz: “Aprenda as regras como um profissional para que você possa quebrá-las como um artista”. É uma bela afirmação que sintetiza o processo da verdadeira criatividade.

Ilusão de ótica

4. O senso comum: um obstáculo?

Picasso afirmou: “O principal inimigo da criatividade é o senso comum”. Ele se refere ao fato de que o senso comum se baseia em uma lógica evidente, no que poderíamos chamar de uma norma da razão que parece indiscutível.

No entanto, a criatividade nasce exatamente ao quebrar com a lógica básica para chegar a uma lógica mais complexa. Se ficarmos no nível elementar da lógica, ou seja, no senso comum, dificilmente poderemos inventar um novo caminho.

5. Sobre a inspiração

Esta é uma das frases de Pablo Picasso que mais são citadas por aí: “A inspiração existe, mas precisa te encontrar trabalhando”. Com esta afirmação, ele resolve uma antiga discussão sobre se a musa existia ou não. Se o trabalho artístico se baseia na inspiração ou não.

Finalmente, Picasso adverte que existe, sim, uma espécie de epifania. Uma revelação que dá origem à criatividade. Mas a única forma por meio da qual essa força imaginativa emerge é através do trabalho árduo e constante.

6. Copiar e roubar

É claro que a criatividade total não existe. Isso significa que ninguém pode criar algo que esteja completamente desvinculado do que outros fizeram anterior ou simultaneamente. A originalidade absoluta é algo impossível.

É por esta razão que Picasso afirmou: “Os artistas ruins copiam. Os artistas bons roubam”. Parece contraditório, mas não é. Copiar equivale a imitar simplesmente. Em contrapartida, o que Picasso chama de “roubar” é se apropriar, ou seja, imprimir um selo pessoal à obra de outro, de modo que deixa de pertencer a quem a criou inicialmente.

Criança e gato andando em corda bamba

7. A criança e o adulto

Deixamos para o final uma das frases de Pablo Picasso mais profundas e comoventes. É assim: “A primeira metade da vida é aprender a ser um adulto; a segunda metade é aprender a ser uma criança”.

O artista se refere à conquista de maturidade e autonomia que pode levar meia vida humana para se concretizar. No entanto, essa conquista deve ser empregada em um novo propósito: voltar a ser criança, porque a infância talvez seja o melhor paradigma da criatividade sem consciência. O adulto que se torna criança outra vez é consciente do que pode criar.

Pablo Picasso é um daqueles mestres com os quais nunca paramos de aprender. Sua obra se configura através de suas pinturas e seu pensamento. Abre os horizontes, inspira e motiva. Ela nos leva a ver que o mundo é muito mais do que essas aparências com as quais nos deparamos diariamente e que, na maioria das vezes, carecem de significado.

López, S. S., Sebastián, S., & Picasso, P. (1984). El” Guernica” y otras obras de Picasso: contextos iconográficos. Editum.