7 frases memoráveis ​​de Antonio Gramsci

julho 3, 2019
Nas frases de Antonio Gramsci não encontramos apenas um pensamento organizado e profundo, mas também apaixonado e poético. Ele foi um daqueles intelectuais que sabiam como preencher suas ideias com conteúdo a partir de fatos concretos.

As frases de Antonio Gramsci têm um charme muito particular. Quase todas elas abordam algo sobre política, filosofia e poesia. Além disso, suas frases são uma boa representação do que ele foi: um intelectual versátil, íntegro e apaixonado.

Boa parte das frases de Antonio Gramsci, e de seu trabalho em geral, foram escritas na prisão. Ele chegou lá devido à perseguição política imposta por Benito Mussolini e pelo fascismo italiano.

Para conseguir sua condenação, o promotor do caso usou esta frase: Durante vinte anos, temos que impedir que este cérebro funcione.

“Instrua-se, porque necessitaremos de toda a sua inteligência. Atue, porque necessitaremos de todo o seu entusiasmo. Organize-se, porque necessitaremos de toda a sua força”.
-Antonio Gramsci-

Este homem, deformado fisicamente por uma corcunda e socialmente excluído por sua pobreza, foi um dos intelectuais mais importantes da Itália no século XX. Era um comunista convicto, mas seu pensamento era, também, universal.

Tudo isso se reflete em várias das frases de Antonio Gramsci expostas a seguir.

Frases de Antonio Gramsci que vale a pena conhecer

A luz do conhecimento

1. O erro do intelectual

Um dos grandes pontos de interesse de Gramsci foi a questão dos intelectuais e do seu papel na sociedade. Nesse sentido, ele aponta em uma de suas frases: “O erro do intelectual consiste em acreditar que se pode saber sem compreender e, principalmente, sem sentir e estar apaixonado”.

Ele era contra qualquer um que se tornasse um intelectual puramente por uma questão de ilustração ou simples pedantismo.

Ele acreditava, por outro lado, que os intelectuais deveriam se colocar a serviço daqueles que tinham menos acesso ao mundo das ideias. Isso, portanto, só era alcançado quando havia uma verdadeira paixão em entender e agir.

2. Entre o velho e o novo mundo

Essa é uma das frases de Antonio Gramsci com algo de enigmático e, ao mesmo tempo, com um tom profético. Ela diz: O velho mundo morre. O novo é lento para aparecer. E nesse claro-escuro surgem monstros“.

Na verdade, os períodos de transição na história costumam levar ao caos e a grandes incertezas, já que o antigo coexiste com o novo, sem que nenhuma das duas realidades se imponha sobre a outra. Nestas condições, muitas vezes surge o perverso.

3. Uma falsa originalidade

Gramsci foi um revolucionário com todas as letras. Não foi por acaso que morreu na prisão, em meio a grandes humilhações, mas mantendo firmes suas convicções. Em uma de suas frases, ele adverte sobre a falsa rebeldia e a falsa originalidade.

A frase diz: É muito fácil ser original, limitando-se simplesmente a fazer o oposto do que os outros fazem, mas isso é apenas mecânico. Assim como se opor a tudo não significa necessariamente ser um contestador, fazer o contrário do usual também não implica ser singular.

4. O poder cultural

Essa é uma das frases de Antonio Gramsci que melhor sintetiza seu pensamento.

Ele destaca: “A conquista do poder cultural é anterior à do poder político, e isso é alcançado através da ação concertada de intelectuais chamados ‘orgânicos’ infiltrados em todos os meios de comunicação, de expressão e acadêmicos”.

Ao contrário de outros marxistas de sua época, Gramsci atribuiu um grande valor à questão cultural, mais que à econômica ou à política. Além disso, suas contribuições serviram para fundar um comunismo de cunho democrático, que posteriormente ficou conhecido como “eurocomunismo”.

5. O peso morto da história

Quando se fala de “peso morto”, faz-se referência ao que existe simplesmente para tornar a carga mais severa. Algo que se leva como um fardo, sem que transportá-lo de um lugar para o outro contribua com algo que valha a pena.

Em relação a isso, uma das frases de Antonio Gramsci diz: “A indiferença é o peso morto da história. Isso significa que se avança no tempo contra essa falta de compromisso e consciência que se esconde por trás da ação, ou inação, dos indiferentes.

Homem caminhando em duna

6. Lamentar os inimigos

Nesta frase, Antonio Gramsci exibe seu bom senso e também um toque de malícia. Ele ressalta: “Se um inimigo te faz mal e você se lamenta, você é um estúpido, porque é natural do inimigo fazer mal.

Essa frase parece concebida sob medida para aqueles muito sensíveis a trolls ou valentões das redes sociais na atualidade. É óbvio que o que se deve esperar de um opressor ou de um inimigo é pouca empatia e consideração.

7. A essência de toda a guerra

Esta é uma maravilhosa frase de Antonio Gramsci que sintetiza uma análise muito profunda. Diz: Toda guerra sempre foi uma guerra de religião. Nessa afirmação, condensa-se uma grande verdade, que foi e continua sendo válida e universal.

Neste caso, ele não fala sobre religião como uma crença específica, mas como uma atitudeO pensamento religioso fundamenta-se no dogma e este rompe o diálogo. A guerra acontece quando o diálogo se torna impossível.

Antonio Gramsci tinha apenas 46 anos quando morreu, maltratado e enfrentando uma tuberculose que o afligiu por vários meses. Até então, ele já havia escrito Cadernos do Cárcere, uma obra maravilhosa, não apenas filosófica, mas também literária, que vale a pena ler e reler.

  • Fiori, G. (2014). Vida de Antonio Gramsci. Conflicto Social, 7(11).