9 coisas que só as pessoas empáticas compreendem – A mente é maravilhosa

9 coisas que só as pessoas empáticas compreendem

30, dezembro 2015 em Psicologia 72 Compartilhados
A empatia

A empatia é uma qualidade das pessoas que são capazes de se colocar no lugar do outro, compartilhando sua dor ou sua alegria, suas preocupações ou suas esperanças.

Esta habilidade social tão valorizada – embora não tão estendida como nós gostaríamos – põe essas pessoas em uma situação especial que as diferencia daquelas que carecem de empatia. Por isso, há situações que só as pessoas empáticas são capazes de compreender.

Quer conhecê-las? Algumas delas são as seguintes:

1 – É possível ter boas intenções, inclusive, nos piores momentos

As pessoas empáticas têm tendência a serem indulgentes em relação aos defeitos e fraquezas das pessoas. Por isso, uma pessoa empática é capaz de entender que, inclusive nas piores circunstâncias, uma pessoa é capaz de ter boas intenções, de pedir perdão ou de apreciar qualquer gesto bom em seu benefício.

2 – A primeira impressão não é a que conta

Raramente conseguimos oferecer o melhor de nós no primeiro contato. Talvez também não consigamos fazer isso no segundo, nem no terceiro.

As pessoas empáticas compreendem que a primeira impressão não é tão importante como parece ser e que é possível mostrar a si mesmo conforme a confiança cresce. As pessoas empáticas sabem que conhecer uma pessoa leva uma vida toda .

3 – Escutar é o melhor dom que um amigo pode ter 

Todos nós gostamos que nos escutem e que nos deixem falar, sem nos sentirmos julgados. As pessoas empáticas sabem que escutar é uma grande virtude e que, quando alguém precisa falar, seu silêncio é um presente, mesmo que o outro demore em se lançar a despir seu coração.

shutterstock_296895689

4 – Quando elas têm que estar, estão

As pessoas empáticas sofrem a dor e a alegria das pessoas de quem elas gostam, e sabem quando devem estar. Mas também sabem quando estão sobrando e devem partir.

5 – É difícil cortar os laços tóxicos

O problema que as pessoas empáticas têm é que elas têm dificuldade em cortar os laços com as pessoas que são tóxicas na sua vida porque estão conectadas emocionalmente.

Para os outros é fácil se desprender daqueles que os fazem sofrer, mas para uma pessoa empática é um trabalho duro de desvinculação emocional que nunca se rompe por completo.

6 – Os outros nem sempre estão à altura das expectativas

As pessoas empáticas sabem do que os outros precisam e tentam sempre ajudá-los. Entretanto, quando são elas as que precisam desses outros, ou esperam algo deles, não costumam recebê-lo. Isso provoca nas pessoas empáticas uma sensação de vazio e frustração.

Mesmo assim, elas não são capazes de devolver na mesma moeda, e continuam fazendo o que têm que fazer quando acham que devem fazê-lo.

7 – Cuidar das palavras antes de falar é uma premissa inviolável

As pessoas empáticas cuidam de suas palavras antes de falar, especialmente quando a felicidade ou o humor da outra pessoa está em jogo. As pessoas empáticas buscam as palavras que o outro precisa ouvir e as dizem com delicadeza, procurando a maneira de não fazer mal.

cuidar-las-palabras

8 – Fazer-se de advogado do diabo é uma de suas especialidades

As pessoas empáticas se encontram frequentemente em situações complicadas nas quais exercem o papel de advogado do diabo com o fim de ajudar o outro a esclarecer seus pensamentos.

As pessoas empáticas não se conformam dizendo o que o outro quer ouvir, mas demonstram a realidade com eficácia e inteligência.

9 – A vida nunca é em preto e branco, e sim feita de vários tons de cinza

As pessoas empáticas não vivem a vida nos extremos; elas desfrutam das nuances intermediárias. Quando alguém fica em um dos extremos, as pessoas empáticas são capazes de mostrar a elas que nem tudo é preto ou branco, ajudando a enxergar todas as possibilidades que existem pelo caminho.

Recomendados para você