A barba é um sinal sexual?

A barba pode gerar sensações de todos os tipos. Nesse artigo contaremos a parte biológica disso.
A barba é um sinal sexual?

Última atualização: 01 agosto, 2022

O que à primeira vista é simplesmente um personagem secundário dos homens dá um jogo incrível em todas as áreas sociais. Algumas pessoas odeiam, outras adoram e em certos nichos populacionais há toda uma cultura em torno dela. Levando isso em consideração, é normal que muitos se perguntem se a barba é um sinal sexual.

A barba é um dos traços sexuais secundários masculinos visualmente mais proeminentes e uma característica sexualmente dimórfica para nossa espécie. Portanto, desempenha um papel importante na comunicação e em processos sociais como competitividade, agressão e sexualidade.

Neste espaço poderá explorar todo o contexto biológico da barba masculina, desde as abordagens à sua utilidade e ao simbolismo ao que está associada. Se você quer saber se esse detalhe facial tem alguma relevância real na escolha de um parceiro, não perca o que vem a seguir.

homem barbudo sorrindo
Pogonofilia é a atração para homens barbudos.

A utilidade biológica da barba

O homem primitivo é sempre conceituado como tendo barba, pois as primeiras lâminas de barbear conhecidas são feitas de cobre e têm 5.000 anos. Portanto, há boas razões para pensar que esses pêlos faciais têm uma função relacionada à sobrevivência.

Inicialmente, a hipótese era que ajudava a preservar o calor do corpo. No entanto, isso faria sentido se as fêmeas e os bebês humanos também o tivessem, já que qualquer um pode passar frio. Nesse sentido, o que realmente cumpre essa função é o cabelo.

Por outro lado, também se especulou que, semelhante à juba do leão e de outros animais não humanos, a barba tem uma função protetora contra ataques. A esse respeito, vale a pena citar o estudo de 2018 de lutadores profissionais que não encontrou evidências de que os pêlos faciais estivessem associados a menos perdas por nocaute ou maior capacidade de luta.

Barbas e comunicação não verbal

Se você quer saber se a barba é um sinal sexual, a primeira coisa é avaliar seu potencial de transmitir informações. Na verdade, esse recurso influencia diretamente na percepção das expressões faciais.

Rostos exibindo raiva são categorizados com mais rapidez e precisão em rostos barbudos, seguidos por rostos sem barba e, em seguida, rostos barbeados. Por outro lado, expressões faciais felizes tiveram o mesmo efeito com rostos bem barbeados, seguidos por rostos sem barba, depois rostos barbudos.

Por outro lado, rostos com barba cheia receberam as maiores classificações de masculinidade, seguidos por rostos barbeados. Em suma, comportamentos associados à masculinidade, como agressividade e status intrassexual, estão mais relacionados às barbas.

Isso significa que agressividade e sexualidade andam juntas?

Claramente, a resposta é não. Mesmo que uma pessoa seja sexualmente atraída pela aparência masculina de uma barba, muitos outros fatores entram em jogo. O mais importante tem a ver com o comportamento de cada indivíduo. Portanto, não, um homem com barba não será atraente se apresentar um comportamento violento.

homem barbudo gritando
Os pelos faciais estão relacionados à força, vitalidade e proteção.

Então a barba é um sinal sexual?

Como a função evolutiva da barba ainda não foi confirmada, resta mostrar as funções que ela cumpre na hora de se relacionar. Quando se trata de gostos estéticos (e modas à parte), a variabilidade é importante: algumas pessoas reverenciam as barbas, outras as associam à sujeira ou à falta de higiene.

Um estudo publicado na revista Evolution and Human Behavior descobriu que as mulheres eram mais atraídas por homens com barba em países de renda média-baixa. Por outro lado, as barbas são mais comuns em áreas geográficas mais populosas.

Como é possível que isso produza resultados estatisticamente significativos? Pois bem, os autores do estudo sugeriram que, em condições de superlotação demográfica, que favorecem o anonimato, as demonstrações de masculinidade tendem a ser amplificadas.

Portanto, seguindo esse raciocínio, a barba seria sim um signo sexual, pois há uma tendência de exibi-la para se destacar diante de potenciais parceiros.

Concluindo, é necessário enfatizar o papel das normas culturais e estéticas na avaliação do que é considerado atrativo. Embora haja alguma base biológica para isso, os padrões que indicam o que é “atraente” respondem a padrões aleatórios que são impostos ao pensamento coletivo. Portanto, se você odeia barbas ou as ama, seus gostos são igualmente aceitáveis.

Pode interessar a você...
O que é sabedoria sexual e por que devemos desenvolvê-la?
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
O que é sabedoria sexual e por que devemos desenvolvê-la?

A sabedoria sexual é a capacidade de se tornar bons amantes, capazes de ouvir, compreender, vencer medos.



  • Dixson, B. J., Barkhuizen, C. L., & Craig, B. M. (2021). Beards Increase the Speed, Accuracy, and Explicit Judgments of Facial Threat. Adaptive Human Behavior and Physiology7(4), 347-362.
  • Dixson, B. J., Rantala, M. J., Melo, E. F., & Brooks, R. C. (2017). Beards and the big city: Displays of masculinity may be amplified under crowded conditions. Evolution and Human Behavior38(2), 259-264.
  • Dixson, B. J., Sherlock, J. M., Cornwell, W. K., & Kasumovic, M. M. (2018). Contest competition and men’s facial hair: beards may not provide advantages in combat. Evolution and Human Behavior39(2), 147-153.