Carta ao aço inoxidável que cria pessoas inesquecíveis

Carta ao aço inoxidável que cria pessoas inesquecíveis

maio 5, 2016 em Psicologia 8 Compartilhados
Carta ao aço inoxidável que cria pessoas inesquecíveis

Pessoas inesquecíveis que permanecem na nossa memória sem criar ferrugem ou sem se oxidarem, como se fossem feitas de aço inoxidável. Pessoas inesquecíveis que fazem o nosso coração bater mais rápido, que nos fazem sentir borboletas no estômago ao aparecerem na nossa mente, e que provocam sorrisos inabaláveis.

Não é que sejam necessariamente pessoas que estão conosco há muito tempo, é “só” que elas têm algo especial, algo que as destaca e que nos provoca uma sensação única. Esta carta é para elas:

Você passou a vida inteira comigo, em corpo e alma. No entanto, se você pedisse uma razão, eu seria capaz de te dar várias, ou talvez nenhuma. Teria que pensar, mais uma vez. Para que possa me entender, você é aquela rosa azul rodeada por milhares de rosas vermelhas.

Você é aquela pessoa com quem eu compartilharia um café sem ter hora para voltar, uma conversa a qualquer momento e um turno da noite em uma vigilância tranquila. Você tem uma varinha, e o que provocou dentro de mim foi o mais próximo de magia que eu já senti. Tem que ser algo assim, inexplicável.
Não falo de amor nem de amizade, falo de algo que você tem e que eu vi. Também senti, ouvi e desfrutei.
Compartilhar

Mulher com os olhos fechados

Além disso, quando eu falo com você, falo sobre algumas pessoas, um grupo pequeno. Falo de alguns corações que eu disse que valem a pena. E valem porque irradiam alegria e fazem do mundo, o qual compartilho com eles, um lugar melhor. Pessoas de aço inoxidável.
Compartilhar

Corações de aço inoxidável

Eu vi você ajudando os outros sem esperar nada em troca. Vi como você continuou a dar tudo de si, mesmo depois de ultrapassar a linha vermelha que representa o início do sacrifício. Não foi por sobrar energia, foi porque você também precisava e porque não teve a irracionalidade de proteger essa necessidade com o medo que lhe impuseram perante a ilusão de partilha.

Vi você irradiar alegria em momentos em que esperava que estivesse triste. Instantes em que qualquer pessoa teria entrado em colapso, sem contar com o fato de que você foi feito/a de aço inoxidável. Circunstâncias em que a minha empatia foi colocada à prova, porque sinceramente, não entendia porque você estendia a sua mão para pessoas que nem sabiam agradecer.

Eu te ouvi cantar, me perdi em seus parágrafos, li a sua letra, me abracei à sua poesia e descansei sabendo que você estava no comando. Com você, aprendi que a arte tem tantas formas quanto as inquietações criativas.

Porque um piano, apesar de ter poucas teclas e uma música ter as mesmas notas, pode ser tocado de muitas formas distintas.
Compartilhar

Dois bonecos de mãos dadas símbolo da amizade

Embora na maior parte das vezes você tenha ido embora da mesma forma que um trem chega a uma estação para pegar os passageiros, ao menos você decidiu ficar muito tempo por perto. Uma proximidade que me disse que você ficaria comigo para sempre. É precisamente isso que um baú de fortuna perene oferece ao amor.
Compartilhar

O aço inoxidável emite luz

Aço inoxidável, de todas as formas em que te apreciei, em todas as almas nas quais você habitou de uma forma diferente, eu sempre tive a sensação de que você existia, porque a pessoa em quem você habitava havia conseguido se reconhecer plenamente em si mesma. Daí o fato de que você foi capaz de colocar, depositar ou compartilhar nos outros ou no etéreo algo imensamente especial.

Sim, especial, é essa a palavra. Diferente não, porque tenho certeza de que mesmo se nenhuma dessas rosas vermelhas estivessem ao seu redor, eu seria capaz de apreciar a sua cor azul. Azul do céu, azul de esperança, azul do mar. A sua brisa e os seus raios de luz ou a sua paixão bem compreendida e mal orientada. Tenho certeza de que os outros também são capazes de ver em você o que eu descrevo.

Não imagino um material melhor do que você para ser o que sobrevive, para ser o que deixa uma marca nas pessoas que têm a sorte de encontrar outras que lhe podem marcar a pele.
Compartilhar

Mulher livre

Recomendados para você