Alguns truques úteis para quando a motivação falhar

Alguns truques para quando a motivação falhar

Abril 23, 2017 em Psicologia 594 Compartilhados
Alguns truques para quando a motivação falhar

Você é daquelas pessoas que abandonam tudo quando acham que não há esperança? Norman Vincent Peale afirmou que “sempre é cedo para se render”. Às vezes, quando tudo parece falhar, na verdade ainda resta um raio de esperança. Inclusive se a motivação falhar, ainda restarão oportunidades para aproveitar, mas talvez você não as enxergue.

Se observarmos a história de grandes personagens, veremos que nem todos eram talentos naturais que experimentaram o mel do sucesso nas primeiras mudanças. Steve Jobs sofreu fracassos e rejeições, Abraham Lincoln perdeu várias eleições antes de ser presidente, Henry Ford parecia pouco mais que um sonhador quando imaginava os seus veículos circulando pelas ruas, Vera Rubin não pôde estudar em Harvard por ser mulher, e acabou sendo uma das astronautas mais renomadas do planeta…

“Ser um bom perdedor é aprender como ganhar.”
-Carl Sandburg-

Poderíamos nomear dezenas de exemplos de seres humanos que nunca se renderam. Inclusive quando a motivação falhava, encontraram forças no seu interior para seguir adiante. Gostaria de lhe oferecer alguns truques que acho que podem ser úteis no seu mundo pessoal e profissional.

No seu entorno certamente você encontra muita gente interessada em motivá-lo. Os seus entes queridos preferem vê-lo feliz e agem em função disso. Os seus chefes procuram tirar o máximo de você para que você seja mais eficiente na sua empresa.

Por isso o relatório “A chave da automotivação”, escrito pelo coach e filósofo Pablo Maella, é especialmente atraente. O que acontece quando tudo parece perdido? Podemos encontrar forças para seguir adiante?

felicidade-por-conquistas

Maella oferece algumas dicas que devemos considerar sempre. Se não perdermos de vista uma perspectiva sempre objetiva e positiva, encontraremos o caminho para retomar a direção certa.

Chaves para manter a motivação alta

É preciso aceitar a realidade

Ser realista é básico para a própria motivação. Se esperarmos muito dos outros, é provável que acabemos decepcionados. Contudo, com realismo e objetividade, nos adaptando às circunstâncias conforme o momento demandar, evitaremos a desmotivação desproporcional.

É preciso se queixar um pouco menos

Às vezes estamos enfurecidos com o mundo, nos queixamos de tudo e por tudo. Nos sentimos miseráveis e com azar. Finalmente, acabamos por nos deixar levar e esquecemos o nosso próprio valor, capacidade e proatividade.

Logicamente, este é um grande erro. Assim nada se resolve. De fato, só piora. Em vez de nos deixarmos levar pelo desânimo, que tal traçarmos um plano de ação realista e colocarmos mãos à obra sem pressa, mas sem pausa?

Não se pode esquecer jamais a atitude positiva

É normal cair em desânimo as vezes. Contudo, por mais que seja difícil, a atitude positiva não deve se perder jamais. A própria natureza é uma grande sábia neste sentido, pois depois de toda tempestade, vem a calmaria. Portanto é melhor não deixar de lado o bom humor. Mesmo que seja difícil e às vezes seja bastante complexo, nossa forma de agir diante das circunstâncias adversas dará uma boa medida do resultado final.

Não confunda otimismo com ingenuidade

Complementando o ponto anterior, convém esclarecer que não vale a pena confundir uma atitude positiva com a ingenuidade. É preciso ser realista o tempo todo e não perder a perspectiva objetiva. Por isso é preciso que as metas e fins sejam alcançáveis. Do contrário, todo bom humor e ânimo acabarão desaparecendo.

Dê sentido a aquilo que você faz

Você acha que tudo que você faz não serve para nada? Nesse caso você não conseguirá nem se levantar todas as manhãs. Contudo, se cada passo que você dá tem uma finalidade, certamente você encontrará o sentido dos seus planos. Cada tarefa que você empreende, por mais insignificante que pareça, tem um alcance. Não se esqueça disso!

caminhar-com-penas

Nunca se esqueça da proatividade

Se você cair no conformismo, se transformará em um mero espectador da sua vida. Por isso precisamos ser proativos. É preciso pegar as rédeas e ser os protagonistas de cada um de nossos filmes pessoais. Não permita que os outros tomem as decisões que são suas.

A perseverança é básica

Para ser motivado, esperançoso, proativo, otimista, etc… é fundamental ser muito perseverante. Não há que se render diante da primeira adversidade. Por isso é preciso buscar ferramentas que sirvam para continuar. E se uma falhar, procurar outra. Então, se você notar que as forças fraquejam, procure no seu interior a sua capacidade para se esforçar, ser responsável, constante, etc. Não permita que nada nem ninguém o detenha e persevere nas suas metas.

“A fortuna favorece o corajoso.”
-Virgilio-

Às vezes tudo parece falhar. Nosso próprio mundo se torna um castelo de cartas arrasado pelo vento. Mas mesmo que a motivação caia, temos dezenas de ferramentas ao nossa alcance para não desfalecer. Usá-las é sinal de inteligência, constância e perseverança, não tenha dúvida.

Recomendados para você