Ambiente de trabalho: a chave do sucesso nas empresas

outubro 25, 2019
Um bom ambiente de trabalho promove uma sensação de satisfação dos funcionários em relação ao seu emprego. Isso se traduz em maiores benefícios para a empresa.

O trabalho é necessário para a nossa sobrevivência. No entanto, se o ambiente de trabalho não for adequado, haverá uma influência negativa em nossas vidas, nas de nossos colegas e na empresa. Então, sem um bom ambiente, voltamos para casa desconfortáveis e não desenvolvemos nosso trabalho muito bem, o que causa problemas a nós e ao ambiente ao nosso redor.

Portanto, o meio em que desenvolvemos nosso trabalho na vida cotidiana é fundamental. Por isso, este deve ser um dos aspectos mais importantes para uma empresa. O sucesso da mesma depende do seu cuidado.

Agora, o que exatamente é o ambiente de trabalho? Como melhorá-lo? Como ele influencia a produtividade de uma empresa? Quais benefícios um bom ambiente de trabalho traz? Neste artigo, mergulharemos em todas essas questões.

“Quem vive em harmonia consigo mesmo vive em harmonia com o universo”.
-Marco Aurélio-

O que caracteriza o ambiente de trabalho?

O ambiente de trabalho é um conceito de recursos humanos. Consiste no ambiente mantido em um local de trabalho, influenciado por políticas de pessoal e técnicas de avaliação, entre muitos outros aspectos.

É preciso estar ciente das sensações, percepções, pensamentos, emoções e comportamentos que os trabalhadores têm diante do ambiente de trabalho. 

Por exemplo, existem locais de trabalho em que nos sentimos densos, cansados e como se tivéssemos uma cruz nas costas. Então, o departamento de recursos humanos deve estar alerta para dar uma solução para esse problema. Ao promover um ambiente mais favorável, a empresa irá melhorar.

O ambiente de trabalho é composto por:

  • Ambiente físico: trata-se do espaço. Ou seja, instalações, temperatura, poluição, etc.
  • Ambiente social: inclui tudo aquilo vinculado ao relacionamento entre as pessoas, como a comunicação ou o companheirismo, etc.
  • Características estruturais: trata-se do tamanho da organização, qual é o estilo de gerenciamento, sua estrutura formal, entre outros.
  • Características pessoais: são as habilidades e atitudes, motivações e expectativas dos funcionários em relação à empresa e seu trabalho.
  • Comportamento organizacional. consiste em produtividade, rotatividade, absenteísmo, satisfação no trabalho, estresse dos funcionários, etc.

Então, o ambiente de trabalho inclui a interação entre as características pessoais e organizacionais. Cada fator determina o comportamento dos funcionários e, portanto, afeta o sentimento de pertencimento, eficácia, eficiência, qualidade dos serviços, impacto social. Assim, são a chave para o bom desempenho da organização.

Pausa descontraída no trabalho

Como melhorar o ambiente de uma empresa?

Parece simples fazer com que os funcionários se sintam confortáveis ​​na empresa, mas esta é uma tarefa complexa. Por isso, é importante que exista um bom ambiente de trabalho. Vamos ver como melhorá-lo:

  • O local de trabalho. O local de trabalho deve refletir a harmonia e deve ser adequado ao trabalho executado. Se as ferramentas não forem as adequadas e a equipe se sentir desconfortável, haverá uma maior insatisfação. Com uma maior insatisfação, a produtividade será menor. Por isso, é importante projetar um bom espaço para trabalhar.
  • O relacionamento da equipe. Os relacionamentos que as pessoas mantêm com seus colegas e chefes fazem com que se sintam, pensem e se comportem de uma certa maneira; se forem assertivos e apropriados, será melhor para a empresa. O gerente de recursos humanos deve estar ciente de como são esses relacionamentos e usar estratégias para promover um bom ambiente interpessoal.
  • Cultura organizacional e corporativa. Trata-se de uma coerência entre o conjunto de percepções, sentimentos, atitudes, hábitos, crenças, valores e comportamentos dentro e entre os grupos da organização.
  • Reconhecimento. As recompensas incentivam o comportamento de algumas pessoas na empresa. Trata-se de reforçar positivamente quando as pessoas trabalham bem, para que se sintam mais motivadas.
  • Trabalho em equipe. Quando os problemas são resolvidos em equipe, há um senso de unidade para que as pessoas se sintam apoiadas e tenham perspectivas diferentes. Isso contribui para um ambiente melhor, porque todos se sentem parte do todo.
  • Desenvolvimento. Trata-se de estar sempre ciente de como melhorar a produtividade. Os treinamentos são importantes para que formem habilidades que levem os funcionários a desenvolver um senso de pertencimento e maior produtividade para a empresa.
  • Pensar além do trabalho. Quando os funcionários têm espaço para se desenvolver em outras áreas de suas vidas, sentem-se melhor e trabalham com mais eficiência. Portanto, é importante promover o equilíbrio entre a vida pessoal e a vida profissional dos funcionários. Ou seja, nem tudo é trabalho.

Agora, quando falamos de um trabalhador, estamos nos referindo a um ser biopsicossocial. Portanto, seu bem-estar psicológico, social e físico deve ser importante dentro do ambiente de trabalho.

Embora não exista uma fórmula mágica para garantir a saúde do indivíduo, as estratégias anteriores incentivam uma melhor percepção do ambiente e, portanto, uma produtividade maior.

De fato, como sugerido por José Guadalupe Salazar Estrada e colaboradores em seu artigo para a Revista Cubana de Informação em Ciências da Saúde (ACIMED), para que um ambiente de trabalho seja saudável, deve haver um ambiente que crie confiança e que incentive a eliminação de sentimentos, atitudes e percepções negativas em relação à organização e seus membros.

Além disso, as pessoas devem sentir que estão fazendo algo útil. Uma organização com um ambiente de trabalho ruim pode causar danos à saúde mental e física dos trabalhadores, o que se manifestará em comportamentos que não favorecem o sucesso empresarial.

Trabalho em equipe

Quais são os benefícios de um bom ambiente de trabalho?

Ter um ambiente de trabalho adequado ajuda a tornar a empresa mais bem-sucedida. Vamos ver alguns de seus benefícios.

  • Maior produtividade empresarial.
  • Menor número de demissões.
  • Maior saúde física e mental para os trabalhadores.
  • Participação ativa dos trabalhadores.
  • Maior motivação dos funcionários.
  • Maior senso de pertencimento.
  • Melhor percepção da organização.
  • Mais trabalho em equipe.
  • Melhor comunicação entre os funcionários.
  • Maior satisfação.
  • Aumenta o envolvimento dos funcionários.
  • Resultados melhores.
  • Eficácia.
  • Aumenta a qualidade dos serviços.
  • Maior impacto social.

Quando as pessoas se sentem bem, elas trabalham melhor, de modo que há mais esforços e estes são mais poderosos. Então, ao haver um desempenho maior, aumenta significativamente a produtividade, o que se traduz em benefícios para a empresa.

Assim, a chave para o sucesso empresarial pode ser gerenciada levando em consideração o local de trabalho e o sistema de crenças, atitudes, habilidades, emoções e pensamentos dos funcionários e sua interação com a organização.

Falamos de uma forma incrível de promover o bem-estar das pessoas, que também permite que a empresa, como consequência, fique em uma posição melhor para aumentar seus lucros.

  • Estrada, J, G. S., Pupo, I.J. G., Rodríguez, Y.B. M., & Cañedo Andalia, R. (2009). Clima y cultura organizacional: dos componentes esenciales en la productividad laboral. Revista Cubana de información en Ciencias de la Salud (ACMED=, 20 (4), 67-75-