Expresse as suas emoções

· maio 6, 2018

Para ter uma boa comunicação com os outros, é muito importante aprender a falar com o coração. Parece fácil, mas não é. Isto é ainda mais complicado porque não significa apenas dizer ou saber dizer, mas também fazê-lo no tempo certo. Para isso, há apenas um caminho: aprender a expressar as emoções.

Você não deve falar sobre o que sente apenas quando está tudo bem. De fato, é muito mais importante fazê-lo quando as coisas vão mal. Se você se sente ignorado, perturbado ou confuso, a saída não é ficar em silêncio. Aprenda a expressar as emoções. Fale sobre o que você não gosta. Não guarde as suas mágoas até que elas comecem a machucá-lo.

“A maneira mais desagradável de reagir a uma provocação é sentir raiva e ficar em silêncio, porque o agressor geralmente interpreta o seu silêncio como desprezo.”
– Friedrich Nietzsche –

Diga o que pensa e expresse as suas emoções em todas as circunstâncias. E não apenas isso: faça no tempo correto. Nem sempre é fácil identificar o momento certo, mas você ganha muito quando o faz e aos poucos vai adquirindo a capacidade de ser pertinente e preciso.

A importância de aprender a expressar as emoções

Não existe uma fórmula exata para determinar o que é ou não uma boa comunicação emocional. No entanto, existe um princípio que pode nos guiar: ‘expresse as emoções quando o desejo de fazê-lo é muito forte, quando você percebe que o seu bem-estar imediato depende disso’.

Homem com bolas penduradas

É verdade que quando estamos irritados ou com raiva, há um forte desejo de dizer a primeira coisa que vem à mente. Na maioria das vezes lamentamos ter cedido a esse impulso, porque não serviu para expressar o que queríamos dizer. Em vez disso, prejudicamos e bloqueamos a comunicação.

É por isso que um dos princípios mais adequados da comunicação emocional é o de não falar em momentos de extrema exaltação. Nesse estado você não consegue pensar, falar e agir com tranquilidade. É melhor respirar fundo para se estabilizar e fazer com que a mente volte a funcionar corretamente.

As emoções positivas e negativas

É mais fácil aprender a falar através do coração, a partir das emoções positivas. Na verdade, sempre que sentimos algo positivo, não devemos ficar quietos: fale o que está sentindo. Essa é uma boa maneira de começar a conectar emoções e palavras sem muita reflexão. Em outras palavras, é uma maneira de estimular a espontaneidade.

Expressar as emoções

Agora, com as emoções negativas é necessário ter mais cuidado. Na verdade, somos educados para reprimir essas emoções negativas. Elas são considerados inconvenientes, são uma fonte de conflitos. Por isso crescemos acreditando que temos que calar ou disfarçar essas emoções. Isto acaba sendo muito prejudicial.

Usamos a palavra “emoções negativas” para fins didáticos. No entanto, isso não implica que as emoções negativas não sejam saudáveis, elas também podem ser saudáveis. Simplesmente nos sentimos dessa forma e nada surge “por que sim”. Em muitas ocasiões é a tristeza, a raiva, a indignação e tudo o que costumamos chamar de “negativo” que nos leva a evoluir, crescer e resolver situações problemáticas latentes.

Elas começam como uma perturbação e terminam como uma explosão

Quando algo nos machuca, nos incomoda ou provoca rejeição, sentimos uma sensação de descontentamento. Queremos afastar esse desconforto e é por isso que muitas vezes decidimos ignorar o que essas emoções nos dizem. Isso está errado. Quando negamos ou reprimimos um sentimento, ele se aloja no nosso interior como uma bomba-relógio.

Mulher com prisma na cabeça

Quando sentimos aquelas emoções negativas que surgem diante de situações que consideramos relevantes, o silêncio não é uma boa opção. Se você ficar quieto, é muito provável que este conflito latente exploda a qualquer momento, quase sempre da pior maneira. Às vezes isso acontecee com grandes manifestações de raiva e com comportamentos que prejudicam os outros. As emoções negativas sempre encontram uma maneira de se expressar.

Portanto, quando você experimentar uma certa perturbação nas suas emoções, examine cuidadosamente o que está acontecendo. Identifique exatamente qual é a emoção ou sentimento que está lhe perturbando. Depois disso, expresse as suas emoções com serenidade, com tato. Tente chegar a um entendimento e não dê rédea solta às suas paixões.

Uma pessoa que sabe dizer as coisas no tempo certo, com clareza e sem magoar ninguém certamente está mais preparada para ter bons relacionamentos. Isso evita uma infinidade de problemas e preocupações. Vale a pena aprender a se comunicar através do coração!