Aprendi tudo sobre o amor com você, apesar de não ter me ensinado

Aprendi tudo sobre o amor com você, apesar de não ter me ensinado

julho 22, 2016 em Emoções 0 Compartilhados
Aprendi tudo sobre o amor com você

Desde muito pequena e praticamente sem maturidade interior me ensinaram o que é o amor. Uma forma de amor que não procedia do ser incondicional, mas que talvez aparecia como um raio de luz em mim, em minha essência.

Uma forma de compartilhar diferente, como muitas outras que ao longo do tempo entendi que não iam fazer parte do meu coração por conta da dor que me causavam. Algo diferente e, além disso, protegido, que hoje lhe convido a descobrir para que você saiba tomar a decisão certa quando acontecer com você.

Fui crescendo, amadurecendo, escutando, e um dia, devido a um emocionante relacionamento cheio de obstáculos, percebi que estava vivendo esse tipo de amor. Foi então que escrevi essa declaração sobre o que não é amar alguém num relacionamento, a minha própria percepção da realidade que humildemente vou adorar compartilhar com você hoje.

A carta vem da minha essência mais profunda: “Olá desconhecido, Sim, claro que te chamo desconhecido porque na realidade não sei quem você é, porque depois de tantos anos que nos permitiram esse trabalho de descobrimento interior por parte de cada um de nós, percebo e sinto que você é um completo desconhecido. Eu acreditei com todas as forças que conhecia o homem que você era, ou ao menos isso foi o que sempre pretendi”.

Não me apaixonei por você, mas sim pelo que queria encontrar

Hoje me dou conta de que me apaixonei por uma percepção, por uma ideia à qual desejava que você se adaptasse e que eu mesma achasse verdadeira. Nunca pelo que você era, com toda a sua alma e versão mágica. Tento entender que a pessoa pela qual em algum momento fiz tantas coisas de forma incondicional, sem pedir nada em troca, tenha se transformado hoje apenas em alguém que guarda um olhar de solidão.

casal-abraçado

Essa emoções negativas vistas desde a proximidade temporal se transformaram em positivas, já que me permitiram entender o que acontecia, aprender e seguir em frente. Completando-me e dando-me essa pausa para lhe agradecer, porque o que você fez sem querer foi mais valioso do que o que você fez querendo.

Você se perguntará, agradecer por quê? Permiti que você deixasse em pedaços o meu coração, abrindo a minha realidade para uma vontade imensa de amar da forma mais bonita e sincera possível. Você lembrou meu passado e a motivação de não repetir certas sensações desconhecidas para mim.

Muitos dos meus amigos, inclusive você mesmo, vão pensar em como eu posso lhe agradecer depois de tudo o que você fez. Vou adorar explicar que muitas das coisas que vi em você eram meu próprio reflexo. Aquelas ações e emoções as quais você era capaz de dar vida e que você não sabia se poderia manter, ao menos de uma forma saudável.

Eu tenho de lhe agradecer por isso

Esse pode ser considerado um dos presentes mais lindos que um ser humano pode dar ao outro. Dar-se conta do que você verdadeiramente deseja, do que sua essência é capaz de realizar com segurança, e que por bloqueios cotidianos às vezes nos escapa como a água entre os dedos.

Nunca cansarei de lhe agradecer do fundo do meu coração e com verdadeiro amor, porque aprendi que posso dar o meu melhor para alguém, mas apenas se antes eu semear o caminho. Aprendi que eu mesma sou quem coloca os limites do quanto mereço que me amem, e que se for necessário eu tenho liberdade de ir embora pelas minhas próprias razões.

Graças à lição que eu tive de que não são todas as pessoas que agem com sinceridade, entendo que jamais poderei ter a segurança de que alguém fale a verdade. A minha única missão é apenas confiar e oferecer em troca um amor que jamais pedirei que seja recíproco, unicamente que seja real.

gosto-das-pessoas-que-tocam-minha-alma

Você me permitiu aprender que o amor não é egoísta, que quando alguém te ama de maneira pura irá acompanhá-lo nas vitórias e nunca se sentirá suficientemente inseguro a ponto de menosprezar as suas conquistas ou diminuí-las por temor. Porque tudo o que vivi e experimentei ao seu lado me permitiu crescer e reconhecer para sempre a mulher que sou.

Por isso, me sinto enormemente agradecida. Falo obrigado porque você me permitiu encontrar o mantra que me acompanhará o resto dos meus dias “na vida, cedo ou tarde, tudo se transforma em algo tremendamente lindo e positivo. Isso também irá passar, e com ele aprenderei uma preciosa lição”.

Recomendados para você