As 8 fobias mais esquisitas que existem

As 8 fobias mais esquisitas que existem

dezembro 1, 2015 em Curiosidades 1 Compartilhados
A fobias mais esquisitas que existem

Uma frase do célebre Livio dizia que “O medo está sempre disposto a ver as coisas piores do que são”. Neste sentido, vamos dedicar umas palavras as oito fobias mais esquisitas que existem. Posso garantir que muitas delas irão lhe surpreender.

Como diz o nosso site, a mente é maravilhosa. É tão complexa que é difícil explicar como certas fobias, por mais absurdas que pareçam, nos impedem de ver o mundo com normalidade.

Lembre-se de ter uma mente aberta e compreensiva o tempo todo. Se você está disposto a se colocar no lugar dos outros e trabalha a empatia com amor e carinho, poderá evitar muitos problemas, fobias e medos que podem impedi-lo de ser feliz.

Crometofobia

Comecemos com uma das mais incríveis que existem: chama-se crometofobia e é o medo do capital e do dinheiro. E tem mais, não é uma moda ou um medo temporário que acaba passando. Além disso, não está justificada, de modo que aqueles que a sofrem padecem de um problema sério.

É evidente que criamos um mundo demasiadamente complexo para continuar negociando com o escambo. Contudo, apesar do dinheiro não trazer felicidade, ele é necessário para comprar e vender tudo. Desta forma, não deseje mais do que você tem, nem tenha medo do dinheiro. Simplesmente seja feliz com o que você ganhou com seu esforço e perseverança.

Somnifobia

Calderón de la Barca dizia que “a vida é um sonho, e os sonhos, sonhos são”. Com esta frase sempre bem presente, talvez seja possível combater a somnifobia: o medo de dormir.

Neste caso, a pessoa que padece de somnifobia pensa que talvez não acorde de novo. Isto leva a problemas mais graves, como transtornos nos ciclos circadianos, capazes de provocar distúrbios alimentares e problemas mentais pela falta de sono e o excesso de vigília que costumam acompanhar esta fobia.

A fobias mais esquisitas que existem

Não se esqueça de que relativizar pode ser útil em muitas ocasiões. Dormir é uma função natural que, além disso, pode ser maravilhosa. Nosso cérebro descansa, acumula conhecimento e permite que a criatividade se desenvolva.

Existe algo mais belo do que isto?

Efebofobia

Vejamos agora outra doença curiosa, a efebofobia: o medo de adolescentes. Este distúrbio surge em pessoas que desconfiam das pessoas por motivos de idade.

É verdade que a adolescência não costuma ser uma época fácil. Muitas são as pessoas que tiveram uma adolescência difícil, se sentindo abandonados, solitários e inclusive menosprezados. Contudo, render-se não costuma ser uma boa ideia.

Cada pessoa leva consigo algo de belo e maravilhoso em seu interior. Assim, uma virtude muito apreciada é aquela que tem a ver com saber encontrar o melhor de cada pessoa, ao mesmo tempo em que somos capazes de mostrar o melhor de nós mesmos.

Sofofobia

Continuamos na linha do medo anterior agora falando da sofofobia. Neste caso, o distúrbio está no medo do indivíduo em relação à aquisição de novos conhecimentos, trata-se do medo de aprender.

Como dizíamos anteriormente, durante a noite, ao dormir, o nosso cérebro processa e adquire conhecimentos que recebemos durante o dia. Não podemos ter medo do conhecimento, pois só com ele podemos ser livres.

A fobias mais esquisitas que existem

Basofobia

Continuaremos nosso passeio pelas fobias mais irracionais que se conhecem com a basofobia: o medo de cair.

Esta fobia surge principalmente nas pessoas que passaram recentemente por uma operação relacionada à mobilidade. Contudo, um bom trabalho psicológico e de fisioterapia pode acabar com este distúrbio, que não é tão irracional quanto poderíamos imaginar.

Fagofobia

Você se imagina vivendo sem comer nada? As pessoas que sofrem de fagofobia gostariam de viver assim, pois têm um medo irracional de ingerir alimentos e ter que engoli-los.

Jamais nos esqueçamos de que comer não é apenas uma necessidade, mas também um prazer.

O mundo da alimentação está cheio de pequenas nuances que podem transformar qualquer ensopado ou prato em uma autêntica arte gastronômica.

Espermatofobia e Medortofobia

Finalizamos com duas fobias peculiares relacionadas à vida sexual das pessoas. Por um lado a espermatofobia, o medo do sêmen, e por outro, a medortofobia, o medo das ereções.

Existe algo mais belo no mundo do que uma relação sexual maravilhosa? O prazer e a sensualidade são partes vitais da nossa existência. Não desperdicemos a conjunção vital de duas pessoas com medos irracionais.

Recomendados para você