Por que alguns casais infelizes permanecem juntos?

· maio 7, 2018

As relações amorosas são uma das partes mais importantes da nossa vida. Para muitos de nós, o sucesso no amor é tão ou mais importante do que o sucesso no trabalho ou com a nossa família. No entanto, não é fácil encontrar um relacionamento que funcione perfeitamente. Por isso, muitos casais infelizes se conformam com uma situação que não é a ideal, e continuam juntos apesar dos problemas.

No artigo de hoje, veremos quais são as principais razões pelas quais os casais infelizes evitam um rompimento, mesmo que não estejam satisfeitos com a relação.

Quais são as razões pelas quais os casais infelizes continuam juntos?

Todos nós conhecemos pelo menos duas pessoas que têm um relacionamento que não funciona, mas apesar de tudo, decidem continuar juntas. Por outro lado, embora a psicologia das relações esteja em pleno desenvolvimento, esta é uma questão que ocupa um grande espaço dentro da maior parte das pesquisas.

Casal enfrentando dificuldades

De acordo com diferentes estudos, os motivos mais comuns para continuar com um relacionamento, mesmo quando ele causa sofrimento, são os seguintes:

  • Razões externas ao próprio relacionamento.
  • Questões religiosas.
  • Existência de um forte compromisso.
  • Sentimento de tempo perdido.

1- Razões externas ao próprio relacionamento

Uma das principais razões mencionadas pela maioria dos casais infelizes como motivo para não romper é a existência de fatores externos, como a falta de dinheiro ou os filhos em comum. Como romper o relacionamento causaria um grande sofrimento, o casal decide seguir em frente, embora isso seja uma fonte de emoções negativas no momento atual.

Entretanto, em muitos casos, agir dessa maneira evita o enfrentamento de uma dor maior a curto prazo em troca de prolongá-la ao longo do tempo. Por exemplo, a maioria dos casais que estão juntos apenas por causa dos seus filhos conseguem causar-lhes mais mal do que bem. Por isso, na maioria das vezes vale a pena procurar uma solução para esses fatores externos que podem estar mantendo o relacionamento, mesmo que ele não esteja saudável há muito tempo.

Menino apegado à sua mãe

2- Questões religiosas

Outra das principais razões pelas quais muitos casais infelizes continuam juntos são as crenças religiosas. Nos países onde a religião católica é muito importante, as taxas de divórcio são muito mais baixas do que nos países considerados laicos.

Isso tem a ver com a crença religiosa de que um casamento é algo sagrado e, portanto, rompê-lo é um dos piores pecados que um casal pode cometer. Portanto, muitas pessoas religiosas casadas preferem ser infelizes no seu relacionamento do que cometer um ato (para eles) tão terrível quando o amor acaba.

3- Existência de um forte compromisso

Nem todos os casais infelizes que decidem seguir em frente o fazem por causa de fatores externos, como dinheiro ou religião. Em alguns casos, a principal causa para continuarem juntos é o forte compromisso existente entre os parceiros.

De acordo com a teoria triangular do amor de Sternberg, a mais aceita entre os psicólogos para explicar como funcionam os relacionamentos de casal, um dos componentes do amor é o compromisso. Embora geralmente seja necessária a existência de outros dois componentes (intimidade e paixão) para a existência de um relacionamento forte, existe um tipo de amor baseado apenas no compromisso: o chamado amor vazio.

Às vezes, esse tipo de vínculo é suficiente para manter um relacionamento, apesar dos problemas que o casal pode estar enfrentando.

4- Sentimento de tempo perdido

Um dos vieses cognitivos que mais nos prejudicam é o sentimento de tempo perdido. É uma crença de que, como já investimos muitos recursos e esforços em algo, devemos perseverar nele mesmo que seja evidente que não está funcionando. Acontece com muitos jogadores e com algumas pessoas na vida real.

Casal tendo briga

Esse sentimento de tempo perdido pode nos prejudicar em muitas áreas, e no campo dos relacionamentos pode nos empurrar para lutarmos por um relacionamento que não funciona mais, simplesmente porque estamos juntos há muito tempo. Isso pode parecer muito bom na teoria, mas na prática ficaremos cada vez mais ressentidos com o nosso parceiro e nos distanciaremos ainda mais dele.

É por isso que, se em algum momento você se sentir tentado a continuar com seu parceiro só porque está com ele há muito tempo, lembre-se de que, às vezes, é melhor sofrer um pouco a curto prazo do que sofrer por muito tempo.