Como o telescópio James Webb afetará a psicologia humana?

O telescópio James Webb recentemente nos mostrou uma pequena porção do universo. Essa imagem, de extraordinária qualidade, abre a porta para outros mundos, convida-nos a sonhar e permite-nos fugir a uma realidade imediata, algo caótica e complexa.
Como o telescópio James Webb afetará a psicologia humana?

Última atualização: 21 julho, 2022

Em um mundo que nos acorda todos os dias com as notícias mais desesperadoras, as imagens do Telescópio James Webb são uma janela de esperança. Essa maravilha da engenharia espacial nos permitirá chegar um pouco mais perto das bordas do universo. Poderemos continuar nessa eterna busca por outras formas de vida além do nosso sistema solar…

Todas as áreas do conhecimento olharam para este conjunto de fotografias com uma emoção quase infantil, curiosa e também vertiginosa. Quando a NASA publicou as imagens da espetacular nebulosa Carina, o Vaticano reagiu rapidamente: “é o extraordinário poder de Deus e seu amor pela beleza”, disse.

Ninguém fica alheio a tudo o que nos chega desse cenário vasto, infinito e desconhecido. Nem mesmo aqueles que séculos atrás perseguiram todos os avanços científicos. Porque a verdade é que é muito difícil deixar de olhar para aqueles penhascos cósmicos das nebulosas e não experimentar algo profundo. É quase um convite direto à reflexão, à introspecção.

Pensa-se, por exemplo, quão extraordinariamente pequenos somos vistos dessa perspectiva estelar. Mas, como disse Carl Sagan, também somos raros e preciosos ao mesmo tempo, porque não há ninguém como nós em cem bilhões de galáxias…

“Fizemos um trabalho tão ruim ao gerenciar nosso planeta que devemos ter muito cuidado antes de tentar gerenciar outros.”

-Carl sagan-

Nebulosas, imagem do telescópio James Webb
O telescópio James Webb nos fornece a primeira visão infravermelha mais profunda e nítida do universo já obtida.

O telescópio James Webb e seu impacto na humanidade

O Telescópio James Webb é até 100 vezes mais poderoso que o Hubble, o antigo telescópio espacial. Tem esse nome em homenagem ao segundo administrador da Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço e tem uma finalidade muito específica. Sua finalidade é capturar a luz do espaço (especialmente a infravermelha) para direcioná-la para uma série de instrumentos científicos encarregados de sua análise.

Graças a isso, poderemos testemunhar o nascimento de estrelas e planetas. Agora, além de seus propósitos científicos, está o impacto social que causou. Porque os mistérios do universo não são apenas materiais para a ciência, são também para a imaginação e reflexão.

O prazer visual que essas fotos provocam convidam você a se perder entre as incríveis formas amorfas das nebulosas, nas estrelas de oito pontas, nos negros profundos e nessas cores altamente saturadas. Praticamente todos, independentemente de classe social, gênero, orientação política ou religião, reagiram a esse conjunto de fotografias.

Este é um convite direto para analisar como o telescópio James Webb pode contribuir para a psicologia humana. Vamos analisar.

O mistério do cosmos unifica as pessoas

Todos nós queremos saber mais sobre tudo o que se estende além do nosso planeta. Em 12 de julho, quando a NASA lançou aquela pequena fatia do universo, o mundo parou. As redes sociais compartilharam a mesma imagem. Não precisávamos ser apaixonados por astrofísica para sentir interesse e fascínio.

Por algumas horas, essas fotografias diluíram nossas individualidades para nos unificar, para nos transformar em crianças ansiosas, nos encantando com algo novo.

O assombro promove comportamentos mais pró-sociais

A Universidade da Califórnia publicou um artigo em 2015 investigando a emoção do assombro. Experiências como as vividas há poucos dias com o telescópio James Webb podem promover novos comportamentos nos seres humanos. Quando nos surpreendemos com um acontecimento inusitado, positivo e chocante, realizamos processos de reflexão e introspecção.

O fato de termos consciência de nossa pequenez em meio a um universo tão vasto, tão belo e cheio de enigmas, pode nos fazer focar um pouco mais nos outros e não tanto em nós mesmos. Olhar para o cosmos pode despertar nossa humildade e nosso comportamento pró-social. Somos um grão de poeira em meio a tanta imensidão. Não seria melhor baixar os decibéis do nosso egoísmo?

telescópio james webb
O objetivo do Telescópio James Webb é estudar a formação de estrelas e planetas e obter imagens diretas de exoplanetas.

Juntos podemos criar avanços espetaculares para o benefício de todos

Mais de 20 países colaboraram na construção do telescópio James Webb. Mais de 1.000 cientistas trabalharam nele, moldando essa engenharia do futuro. Além disso, a façanha de colocar um satélite pesando mais de 6 toneladas no espaço tem sido um dos eventos mais caros e complexos conhecidos até hoje. E foi alcançado com sucesso retumbante.

Este evento é um exemplo claro do que a humanidade poderia alcançar se atuasse sempre de forma interligada, lado a lado, compartilhando energias e capital intelectual. Em um mundo cada vez mais polarizado, essas conquistas demonstram o quanto poderíamos alcançar se uníssemos nossos esforços para avanços esperançosos.

O telescópio James Webb, a luz dentro de uma lanterna

Levamos muitos séculos para chegar onde estamos. Há muitas pessoas que foram silenciadas, queimadas e denegridas por revelar os mistérios do universo. No entanto, em pleno século 21, ainda existem aqueles que desprezam a ciência, que acreditam que a Terra é plana e continuam a validar superstições.

O telescópio James Webb deve servir como uma lanterna entrando na caverna de Platão. Deve converter as sombras do mistério em fatos revelados, em dados a serem estudados, em verdades a serem compreendidas. Tal processo levará tempo. No entanto, como humanidade, devemos estar preparados para descobrir novas informações que possivelmente impulsionarão nossa espécie.

Vamos torcer para que, a essa altura, não continuemos brigando, mas sim avancemos em conhecimento, maturidade, humildade e coesão.

Pode interessar a você...
4 frases de Tales de Mileto sobre o universo para refletir
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
4 frases de Tales de Mileto sobre o universo para refletir

Quem somos? De onde viemos? Para onde vamos? Essas questões filosóficas míticas estiveram presentes nas frases deixadas por Tales de Mileto.



  • Garner, Rob (11 de julio de 2022). «NASA’s Webb Delivers Deepest Infrared Image of Universe Yet. NASA
  • Piff, P. K., Dietze, P., Feinberg, M., Stancato, D. M., & Keltner, D. (2015). Awe, the small self, and prosocial behavior. Journal of Personality and Social Psychology, 108, 883-899.
  • Wang, Jen Rae; Cole, Steve; Northon, Karen (27 de marzo de 2018). «NASA’s Webb Observatory Requires More Time for Testing and Evaluation»