Como ser uma pessoa menos negativa em 7 etapas

Todas as pessoas podem mudar, e isso inclui mudar seu olhar diante da vida, da realidade. O primeiro passo é começar a valorizar e relativizar.
Como ser uma pessoa menos negativa em 7 etapas

Última atualização: 08 Outubro, 2021

Você se considera uma pessoa que só vê a parte ruim de tudo o que acontece na sua vida? Você gostaria de mudar esse comportamento e ser uma pessoa menos negativa?

A negatividade é uma atitude que nos leva a focar nos negativos em vez dos positivos; assim, toda a nossa atenção fica voltada para o que “não correu bem”. Também envolve perder a esperança (desesperança) ou acreditar que as coisas não podem mudar ou não dependem de nós (desamparo aprendido).

Neste artigo, oferecemos algumas ideias para que você possa começar a se afastar dessa negatividade e ser uma pessoa menos negativa. Não se trata de fomentar um positivismo ingênuo, mas sim de colocar um pequeno contrapeso à balança que julga tudo, para verificar que, em tudo o que é mau, podemos também encontrar o que é bom.

7 segredos para ser uma pessoa menos negativa

Como ser uma pessoa menos negativa? Oferecemos 7 diretrizes para você começar a trabalhar nisso:

1. Valorize algo bom todos os dias

Um pequeno exercício relacionado a ser uma pessoa menos negativa que pode te ajudar é o seguinte: procure encontrar algo de bom todos os dias e valorize-o.

Não precisa ser um “grande negócio”. Pode ser o fato de ter encontrado alguém que você não via há muito tempo, conversar com a sua irmã, ver uma bela paisagem, se sentir mais seguro, ler um fragmento de um livro interessante… Valorize as ações do cotidiano para fugir aos poucos da negatividade.

Mulher feliz sorrindo

2. Escreva o que você gosta em você

Este exercício pode ser feito com você ou com o entorno. Ele envolve escrever o que você gosta em si mesmo. O que você valoriza em você? No que você é bom?

Essa é uma forma de treinar um pouco mais a linguagem positiva no seu dia a dia. A questão é encontrar não apenas as coisas que gostamos em nós mesmos, mas as palavras que podemos usar para descrevê-las.

3. Aplique o ying e yang

O ying e o yang são símbolos envolvidos em dois conceitos do taoísmo e usados para representar a dualidade. Essa filosofia descreve as duas forças fundamentais opostas e complementares encontradas em todas as coisas (isto é, em tudo o que é bom e em tudo o que é mau).

Experimente este exercício: quando sentir que a negatividade o invade, tente descobrir a parte positiva do que aconteceu com você. Embora às vezes seja difícil encontrá-la, ou às vezes ela seja mínima, ela sempre existe! Frequentemente, o lado positivo é “apenas” aprender com a situação.

4. Fique longe da condição de vítima

É bom praticar a autocompaixão quando sentimos que devemos nos acompanhar, aceitar nossa dor, nossas emoções… O que não é tão benéfico é ir da autocompaixão à vitimização (e essas atitudes são separadas por uma linha tênue).

Não é a mesma coisa ter autocompaixão e sentir pena de nós mesmos. Essa seria a linha tênue entre a autocompaixão (ouvir a si mesmo, compreender a si mesmo e permitir-se estar errado) e a condição de vítima (entregar-se ao sofrimento procurando culpados). Portanto, outra ideia relacionada a como ser uma pessoa menos negativa é fugir da condição de vítima.

5. Não seja extremista

Por trás de muitos pensamentos negativos, o extremismo costuma estar oculto. Por que tudo tem que ser preto ou branco?

Outra atitude que pode ajudá-lo a ser uma pessoa menos negativa é ser menos radical em seus pensamentos e ações.

Tente relativizar quando você avalia o que acontece com você: é realmente “tão ruim assim?” Você é capaz de se afastar dos extremos e se colocar no meio? Experimente e você notará a diferença!

6. Use a criatividade

Esta dica pode parecer um pouco chocante, não? Ser criativo para ser mais positivo? Bom, a verdade é que as ideias criativas nos permitem sair da zona de conforto, abrir a mente, tornar-nos mais flexíveis… E essas são qualidades aliadas do positivismo.

Assim, pensar de forma criativa permitirá que você abra as portas para novas perspectivas. Com isso, surgirá a possibilidade de que elas não sejam tão negativas quanto você imaginava.

“Quando uma pessoa se depara com uma adversidade ou um grande problema, ela o resolve abordando-o de forma criativa.”
-Albert Ellis-

Homem pensando em ser uma pessoa menos negativa

7. Cerque-se de pessoas positivas para ser uma pessoa menos negativa

Nosso ambiente influencia a forma como nos sentimos e o que pensamos. Portanto, se você quiser ser um pouco mais positivo, terá que se cercar de pessoas que também são positivas (ou que, no mínimo, não sejam negativas, muito menos tóxicas).

Experimente! Conviva com pessoas que transmitem boas vibrações para você e, acima de tudo, que não se instalem nas queixas e reclamações. Você verá como, aos poucos, sentirá que sua energia está diferente.

E você, se acha mais positivo ou negativo? Essas dicas de como ser uma pessoa menos negativa não envolvem ver tudo cor de rosa e alimentar-se de um “falso” otimismo.

Trata-se de mudar a atitude, relativizar e enxergar além da negatividade, muitas vezes derivada do medo da mudança ou da desconfiança. Lembre-se de que, se você mudar a maneira como vê as coisas, as coisas que você vê mudam.

Pode interessar a você...
Otimismo inteligente: feliz apesar de tudo
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Otimismo inteligente: feliz apesar de tudo

O otimismo inteligente surge a partir da psicologia positiva, concentrando seus esforços no estudo dos elementos da saúde mental.



  • Emmons, R. A. y Stern, R. (2013). Gratitude as a Psychotherapeutic Intervention. Journal of clinical psychology: in sesion. 69(8): 846–855.
  • García-Alandete, Joaquín; Gallego-Pérez, José Francisco; Pérez-Delgado, Esteban. (2009). Sentido de la vida y desesperanza: un estudio empírico
    Universitas Psychologica, 8(2): 447-454.