Curiosidades sobre os hábitos

Queremos adquirir hábitos e desistir de alguns deles também. Portanto, neste artigo vamos falar sobre algumas curiosidades sobre eles e que, na maioria dos casos, são muito reveladoras sobre nosso modo de pensar.
Curiosidades sobre os hábitos

Última atualização: 20 junho, 2022

Os hábitos são definidos como práticas que se repetem com frequência e, quase sempre, de forma automática. Seu papel é abordar uma situação ou resolver um problema recorrente, sem ter que pensar repetidamente sobre como fazê-lo. Eles ajudam a passar pela rotina, liberando o cérebro para se concentrar em outros processos mais complexos.

Os hábitos estão presentes nos seres humanos, mas também nos animais. Em muitos casos, estão associados a processos biológicos e em outros a aspectos culturais. Eles podem ser individuais, mas também coletivos. Eles mudam de uma sociedade para outra e também dependendo do tempo.

Às vezes os hábitos têm uma base ou suporte razoável e às vezes não. Alguns desses costumes garantem o bem-estar, enquanto outros obedecem apenas a automatismos inconscientes. Existem muitos fatos curiosos sobre esse tema, como os que vamos apresentar a seguir.

Cada progresso nos afasta ainda mais de hábitos que mal tínhamos contraído, e assim somos verdadeiros emigrantes que ainda não fundaram sua pátria ”.

-Antoine de Saint-Exupéry-

mulher tomando banho
As pessoas costumam ser muito fiéis aos seus hábitos.

Hábitos ao longo do tempo

Entre os hábitos mais estruturados, destacam-se os que têm a ver com higiene. Hoje parece normal tomar banho diariamente, mas nem sempre foi assim. Na Idade Média, o banho era considerado um costume moralmente sujo. Em outras palavras, apenas aqueles que precisavam limpar suas almas se banhavam.

Diz-se até que os nativos americanos ficaram surpresos com o mau cheiro exalado pelos europeus que chegaram ao continente durante a conquista. Os conquistadores estavam convencidos de que bastava usar roupas finas ou usar perfumes, mas não.

Outra das estranhezas da Idade Média era que a defecação era considerada uma honra. Não é brincadeira. Portanto, era comum fazê-lo na frente de outras pessoas. Havia até lugares onde uma fileira de assentos era organizada para que aqueles que defecassem pudessem conversar entre si enquanto o faziam.

No entanto, os hábitos “estranhos” desta época não param por aí. Naquela época, era costume jogar o excremento pela janela. Isso era costume, especialmente, em cidades como Paris. Era 1513 quando esta prática começou a ser proibida.

Mais curiosidades de hábitos

A ciência percorreu um longo caminho na compreensão dos hábitos. Charles Duhigg é um dos pesquisadores mais proeminentes. Ele apontou que o mecanismo do hábito é um loop composto de três partes: sinal, rotina e recompensa. Isso nos leva a um ponto essencial: para adquirir e manter um hábito, deve haver uma recompensa.

Essa é a razão pela qual é tão difícil adquirir hábitos que nos custam algum esforço. Por exemplo, um dos desejos mais comuns de Ano Novo é perder peso. Os dados indicam que apenas 8% das pessoas conseguem adotar costumes que lhes permitem conseguir isso. Da mesma forma, sabe-se que os hábitos mais arraigados envolvem algum grau de dopamina: ao realizá-los, produz-se uma sensação de bem-estar.

Os gânglios basais do cérebro são a área responsável pela regulação dos hábitos. Até pouco tempo atrás se dizia que, para adquirir um novo costume, o indicado era repetir a mesma ação por 21 dias seguidos. Hoje sabemos que isso não é suficiente. Na verdade, você precisa fazer isso por 66 dias contínuos para que se “fixe”.

Mulher escovando os dentes
A origem da escovação de dentes não está em um médico ou dentista, mas em um publicitário americano que trabalhava para uma empresa de pasta de dente.

Outros dados sobre hábitos

Embora pouco se discuta atualmente sobre a conveniência de escovar os dentes após cada refeição, a verdade é que esse hábito não foi incutido no mundo por dentistas ou médicos. O autor deste costume foi um publicitário americano chamado Claude Hopkins. Obviamente, ele trabalhava para uma empresa de pasta de dente.

Especialistas em marketing apontam que as pessoas são muito fiéis aos hábitos. Apontam que só há modificações quando alguém experimenta grandes mudanças em sua vida. Portanto, para o mercado, as clientes perfeitas são as gestantes. Esta é uma fase em que estão muito abertas a experimentar novos produtos que, em alguns casos, substituem o consumo de outros habituais, mesmo quando termina a gravidez.

Os hábitos são tão importantes que muitos dos algoritmos desenvolvidos têm a função de coletar dados sobre eles. Eles rastreiam as pessoas para ver o que compram, quando compram e como. O objetivo é fazer ofertas “casuais” de produtos sob medida. Em outras palavras, garantir a compra.

Pode interessar a você...
Por que é difícil adquirir hábitos saudáveis?
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Por que é difícil adquirir hábitos saudáveis?

Todos nós queremos ter hábitos saudáveis. No entanto, os dados nos dizem que na maioria dos casos esse desejo se reduz depois de algumas tentativas...



  • González Menéndez, R. (1995). Como liberarse de los hábitos tóxicos.: Guía para conocer y vencer los hábitos provocados por el café, el tabaco y el alcohol. Revista Cubana de Medicina General Integral, 11(3), 253-284.