De acordo com a ciência, personalidades psicopatas alcançam mais sucesso profissional

De acordo com o psicólogo Robert Hare, 1 em cada 100 pessoas preenche os critérios da psicopatia. Mas cuidado, muitos desses homens e mulheres podem ser nossos chefes no trabalho.
De acordo com a ciência, personalidades psicopatas alcançam mais sucesso profissional

Última atualização: 25 fevereiro, 2022

Manipuladores, arquitetos de mentiras, especialistas em sedução, amantes do risco e artesãos do narcisismo… Todos nós conhecemos alguém com este perfil, e é muito provável que o vejamos diariamente no nosso trabalho. Aparentemente isso não acontece por acaso. De fato, a ciência nos diz que as personalidades psicopatas alcançam mais sucesso profissional.

Robert Hare é possivelmente uma das figuras mais proeminentes no estudo da personalidade psicopática. Devemos a ele livros como A sabedoria dos psicopatas ou a escala PCL-R para avaliar esse fator. Uma coisa que este doutor em psicologia e professor emérito da Universidade da Colúmbia Britânica destaca é que 1 em cada 100 pessoas atende aos critérios da psicopatia.

E não é só isso. Também temos estudos que investigaram o fato de ser comum encontrar esse perfil nos cargos mais altos das organizações. Esse é um fenômeno que vem sendo apreciado desde a década de 1980. Não importa que atualmente seja enfatizada a necessidade de desenvolver lideranças mais empáticas e hábeis em inteligência emocional.

“A sociedade não pode se defender dos psicopatas, são eles que ditam as regras”.

-Robert Hare-

Colegas de trabalho: personalidades psicopatas alcançam mais sucesso profissional.

Por que as personalidades psicopatas alcançam mais sucesso profissional?

Se há algo que define o mundo das organizações e dos negócios é a incerteza e a competitividade. Por muito tempo isso tem levado à suposição de que certas características de liderança são as mais adequadas neste tipo de contexto. Por exemplo, entende-se que ter um líder que assume riscos, é frio, persuasivo e controlador traz maiores benefícios para a empresa.

A Universidade Católica do Sagrado Coração de Milão realizou uma pesquisa na qual cunhou o termo “psicopatia corporativa”. Esse conceito nos ajuda a destacar e tentar entender porque as personalidades psicopatas alcançam mais sucesso profissional.

Algo que se viu é que esse perfil floresce por se encaixar por completo no comportamento ético dos negócios nas últimas décadas. A questão é por que isso acontece. Por que eles conseguem ocupar cargos de comando e liderança nos ambientes de trabalho?

Nós analisamos isso.

Eles têm “qualidades” psicopáticas que permitem escalar posições

À primeira vista, um perfil psicopata pode ter mais sucesso em processos seletivos para cargos importantes. Como já apontamos, até hoje ainda existe uma ideia completamente errada do que é um bom líder. O fato de que esses perfis prejudiciais ainda persistem em muitas organizações é um exemplo.

Em média, essas são as supostas qualidades que podem levá-los a um maior sucesso profissional:

  • Eles são pessoas altamente competitivas e destemidas.
  • Ficam calmos em situações de pressão.
  • São gerentes que priorizam a razão à emoção.
  • A falta de empatia permite que eles tomem decisões rápidas, priorizando sempre as necessidades da empresa em detrimento do capital humano.
  • A orientação é sempre instrumental: eles procuram apenas obter benefícios.
  • Não hesitam em correr riscos.
  • Usam qualquer meio para atingir uma meta (mesmo que este seja antiético).
  • São grandes arquitetos de mentiras e manipulação.
  • Frequentemente são vistos de fora como estrelas organizacionais. Eles são carismáticos e sabem como ganhar a confiança das pessoas por meio da falsidade.
  • São bons comunicadores e têm um grande dom de teatralidade.
  • Sabem controlar as equipes de trabalho, mas esse controle é baseado no autoritarismo.

Uma das razões pelas quais as personalidades psicopatas alcançam mais sucesso profissional é sua fome insaciável de poder.

Eles nunca param de competir. Assim, enquanto outras pessoas podem pesar outros fatores (como os familiares) ao escolher ou não uma promoção, o perfil psicopático tem apenas esse objetivo.

Pessoas com traços psicopáticos são grandes camaleões sociais. Elas não hesitam em ajustar sua personalidade dependendo da pessoa com quem interagem. Isso permite que elas usem a manipulação para obter benefícios.

Homem zangado, simbolizando uma personalidade psicopata que alcança mais sucesso profissional.

O líder psicopata: problemas éticos e fracassos nos negócios

É verdade que as personalidades psicopatas alcançam mais sucesso profissional, mas há nuances que precisamos levar em consideração. Essa falta de empatia, aliada a uma grande coragem e mentalidade fria, os leva a correr riscos que têm um custo inegável para a organização. A psicopatia corporativa afeta diretamente o clima emocional e social da empresa, a ponto de comprometer sua estabilidade.

Um mau líder é como um mau capitão de um navio: é mais provável que eles acabem à deriva ou naufraguem. Portanto, devemos reformular completamente as características de uma boa liderança. O perfil psicopata não se adequa a nenhum cenário de trabalho e profissional.

As causas que explicam esse fato são as seguintes:

Personalidades psicopatas alcançam mais sucesso profissional, mas podem levar ao fracasso de uma empresa

Sabemos que os perfis psicopáticos se manifestam de forma diferente entre os sexos: os homens apresentam um “padrão antissocial” e as mulheres um perfil mais “histriônico”. Ambos têm um sério impacto sobre o restante dos trabalhadores:

  • Eles tendem a aplicar comportamentos de assédio, intimidação e ameaça.
  • O clima emocional gerado por essa liderança gera estresse e ansiedade nos funcionários. A produtividade é reduzida.
  • Eles aplicam um tratamento desigual entre a equipe.
  • Apresentam uma séria dificuldade para trabalhar em grupo.
  • Eles podem ser hostis e agressivos.
  • O líder psicopata acaba perdendo a confiança de seus funcionários e colegas.
  • Eles podem tomar decisões de alto risco e antiéticas; isso tem consequências graves para a própria empresa.

Para encerrar, é verdade que os psicopatas corporativos gravitam em muitas organizações, especialmente as mais prestigiadas. No entanto, a longo prazo, sua personalidade e comportamento são fatores mais contraproducentes que benéficos.

É hora de olhar para outros tipos de líderes, homens e mulheres mais empáticos, intuitivos e democráticos: hábeis em inteligência emocional.

Pode interessar a você...
5 habilidades comportamentais que caracterizam bons líderes
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
5 habilidades comportamentais que caracterizam bons líderes

As habilidades comportamentais são essenciais para os líderes. A inteligência emocional é algo que apenas os seres humanos têm, pelo menos por enqu...



    • Eisenbarth, H. (Interview) Do people with psychopathic tendencies achieve more career success? Therapytips.org, December 7, 2021.
    • Eisenbarth, H., Hart, C. M., Zubielevitch, E., Keilor, T., Wilson, M., Bulbulia, J., … & Sedikides, C. (2022). Aspects of psychopathic personality relate to lower subjective and objective professional success. Personality and Individual Differences, 186, 111340.
    • Lasko, E., & Chester, D. (2020, April 24). What Makes a ‘Successful’ Psychopath? Longitudinal Trajectories of Offenders’ Antisocial Behavior and Impulse Control as a Function of Psychopathy. https://doi.org/10.31234/osf.io/rjg3q
    • Irtelli, Floriana & Vincenti, Enrico. (2017). Successful Psychopaths: A Contemporary Phenomenon. 10.5772/intechopen.70731.