Decálogo do Caminhante, um livro para sermos nós mesmos

Decálogo do Caminhante, um livro que nos inspira a sermos nós mesmos

julho 27, 2016 em Livros 6 Compartilhados
Decálogo do caminhante

‘O Decálogo do Caminhante’ é um dos livros mais inspiradores criados por mentes espanholas. Seu autor é Manuel Pimentel, ex Ministro do Trabalho que deixou o posto por não estar de acordo com a política do seu governo, e autêntico guru das relações humanas.

Pimentel escreveu em seu livro um belo decálogo que convida os seres humanos a serem eles mesmos, seguindo seus desejos e sonhos e buscando a maneira de se superar para viver a vida em profundidade enquanto se encontra a tão ansiada felicidade.

“Você não caminha sozinho. Sua felicidade também se encontra na dos demais. Você recebe o que dá.”
– Manuel Pimentel-

Decálogo do caminhante

O Decálogo do Caminhante

A seguir iremos conhecer um pouco mais sobre os ensinamentos que aprendemos ao ler o fantástico livro de Manuel Pimentel, ‘O Decálogo do Caminhante’. São dez ideias que podem fazer com que a sua vida seja mais feliz e plena.

  • Primeiro: o Decálogo do Caminhante nos convida a ter sonhos, ideais e metas. Eles serão quem marcará o nosso destino e darão razão de ser aos esforços realizados na busca do caminho vital de cada um.
  • Segundo: É importante definirmos metas realistas, caso contrário nos veremos esmagados por elas e elas podem se converter em um martírio cheio de frustrações. Por outro lado, também não devem ser tão curtas e fáceis, pois podem acabar promovendo o comodismo.
  • Terceiro: Não permita que a felicidade chegue unicamente quando você tiver alcançado suas metas. É preciso desfrutar cada etapa, aproveitando cada detalhe que você encontrará a cada dia.
  • Quarto: Uma vez alcançada uma meta, não se detenha e busque uma nova. Uma vida sem projetos não tem um norte rumo ao qual caminhar. Busque sempre outros objetivos que deem sentido para a sua vida.
  • Quinto: Sempre bem apegado à realidade, confie em seu talento e deixe-se levar por seus sonhos. A pressa não é boa conselheira, apenas o passo a passo, superando tropeços e olhando para o horizonte com esperança para que seu rumo seja sempre firme e claro. Além disso, é importante não pegar atalhos. Siga seu caminho com segurança no que você faz.

Decálogo do caminhante

  • Sexto: Outro belo ensinamento que aprendemos no Decálogo do Caminhante está relacionado à visão de conjunto. Seu rumo deve integrar os momentos duros com os felizes. Não isole as más experiências nem fique aprisionado por elas. Crie seu próprio destino com tudo que você viveu e aprenda com o passado para que o futuro seja sempre mais repleto de esperança.
  • Sétimo: Se você encontrar outro caminhante, ele reconhecerá em você tudo aquilo que você projetar. Talvez você pense que é de uma forma, mas eles identificarão a sua verdadeira natureza por seus fatos e atuações. Deixe de criar desculpas e seja responsável por sua forma de proceder.
  • Oitavo: Seja coerente. Seu personagem e sua pessoa devem andar sempre unidos para que você se sinta melhor. Do contrário, o caminho será muito mais árduo e difícil.
  • Nono: Seus atos são os que escrevem a sua obra de vida. Seu personagem e você são a mesma pessoa. Assim, evolua segundo os seus ideais e sonhos e deixe que o protagonista da sua existência seja o que marque o tempo da narração.
  • Décimo: Lembre-se em todo momento de que este caminho não é feito sozinho. Através dos caminhos você encontrará outras pessoas que, como você, estão seguindo seu rumo em busca de seus ideais e sonhos. Seja generoso e ajude os outros. Deixe que eles o ajudem.

Um decálogo para a vida

Manuel Pimentel quis colocar em sua obra um decálogo para a vida. Com ele, parecia pretender definir pontos que tornam a existência das pessoas um caminho mais pleno e feliz.

Uma forma maravilhosa de ser você mesmo diante das adversidades, mas também diante das alegrias.

“Um decálogo simples para um caminho complicado de rosas e espinhos. O da sua própria vida.”
– Manuel Pimentel –

Se você está perdido na vida, não sabe qual rumo escolher ou para onde dirigir seus passos, não se esqueça de ler ‘O Decálogo do Caminhante’ de Manuel Pimentel.

Encontre a rota dos seus sonhos e siga-a desfrutando cada passo do caminho que transitar até a realização de suas metas mais íntimas.

Recomendados para você