Defina a melhor versão de si mesmo e trabalhe para alcançá-la

· dezembro 2, 2016

Personagens como Steve Jobs, Isaac Newton, Thomas Edison ou Albert Einstein nos ensinaram a importância de definir a melhor versão de nós mesmos, se esforçar para fazer isso acontecer e ser fiel à pessoa que carregamos dentro de nós. Desta forma, o esforço que a gente investir neste processo nunca será perdido.

Albert Einstein não era um bom aluno na escola: ele era distraído e não prestava atenção. Ele mesmo disse: “Eu tive um desenvolvimento tão lento que não comecei a pensar nas perguntas sobre o espaço e o tempo até ter me tornado mais velho”.

As chaves para definir a melhor versão de nós mesmos

Definir a melhor versão de nós mesmos é uma forma de superação e um esforço para sair da zona de conforto. Parar por um momento para pensar sobre quem você realmente é, para fugir da imagem que os outros esperam de você e conseguir trazer a sua essência.

Foque e concentre sua atenção

Em primeiro lugar, é importante ter um objetivo sobre essa melhor versão da pessoa que você quer ser. O que faz essa pessoa que você deseja ser? O que ela não faz? Com quais pessoas se relaciona? Quais coisas a fazem feliz e quais outras não?

Por um momento, temos de nos concentrar em nós mesmos e fazer uma profunda reflexão que nos distancie das falsas crenças. Se as deixarmos de lado, daremos um grande passo para nos aproximar da nossa essência como pessoas, o nosso Eu. É importante ser honesto e não cair no autoengano.

mulher-com-os-olhos-fechados

Sua felicidade depende de você

Se você se ouvir falar, vai perceber que envia muitas mensagens negativas que impedem que você encontre a melhor versão de si mesmo: “Eu não posso”, “Eu não sou capaz”, “Eu tenho medo”, “Eu estou bem assim”, “Isso não depende de mim”.

Além disso, tendemos a procurar nas outras pessoas ou eventos as causas da nossa infelicidade. Desta forma podemos ter uma desculpa perfeita, e parece que não podemos fazer muito para sermos realmente felizes.

Aprenda a assumir riscos

Ser a melhor versão de si mesmo significa assumir riscos, esforçar-se, sabendo que em alguns aspectos você irá fracassar e em outros será bem sucedido. Entender que irá aprender ao longo do caminho, que haverá pessoas que o apoiarão e outras pessoas que não, e que você não voltará a ser a mesma pessoa.

Assumir riscos também significa sair da sua zona de conforto, dessas circunstâncias que o rodeiam e com as quais você concorda pensando que mais vale aquilo que conhece. Estar em sua zona de conforto faz com que você tenha uma vida que não te faz feliz, e você não faz nada para mudar isso.

Persista e seja flexível

Definir e trabalhar a melhor versão de si mesmo muitas vezes não é um processo fácil, muito menos confortável. Para aqueles momentos sufocantes, você vai precisar de uma grande força de vontade. A persistência é baseada no poder de visualização e concentração.

A capacidade de ser flexível permite alterar esses resultados negativos que não terão outra natureza se você continuar persistindo na mesma direção ou na mesma abordagem. Pense que na maioria dos projetos tem que existir um lugar para o fracasso e para aprendizagem. Saber detectá-lo cedo e aprender será, nestes casos de dificuldade, o que fará com que você siga em frente.

Aposte na sua melhor versão

Se tiver definida a sua melhor versão, é hora de começar a trabalhar para alcançá-la. Planeje as estratégias e os recursos que você irá usar para alcançá-la e divida o caminho em pequenos passos que possam confirmar o seu progresso.

Procure apoio externo em pessoas que acreditam em você, aquelas que estavam ao seu lado sempre que você precisou. Elas constituem um apoio essencial nos momentos em que você se sentir desmotivado ou precise falar porque tem dúvidas.

amizade-arvores

Uma vez que estiver no caminho para conseguir chegar à melhor versão de você mesmo, de vez em quando mensure o que você alcançou para saber se deve fazer alterações em seus objetivos ou nas tarefas para atingir esses objetivos. Além disso, não se esqueça de ter uma recompensa quando atingir uma meta.

E, sobretudo, seja atuante e proativo. Não espere que algo aconteça para se mexer, nem que outra pessoa faça alguma coisa, é essencial que você tenha a energia para lutar e conseguir ser a pessoa que deseja.