A vida não é previsível, seja para o bem ou para o mal

A vida não é previsível

Gil Epifânia novembro 30, 2016 em Emoções 6 Compartilhados
A vida não é previsível, seja para o bem ou para o mal

Na vida não temos como prever a maioria dos acontecimentos que realmente nos  surpreendem. Mesmo tomando os cuidados que julgamos necessários em nossas atitudes, ou ainda quando nos sentimos preparados para as mais complexas situações, elas, como uma mágica, nos apanham de surpresa.

É certo que em muitos momentos recebemos alertas da vida, por vários meios, desde sinais de fora vindo de pessoas, acontecimentos, ou até da nossa intuição que nos mostra um fio de risco, mas por excesso de confiança nas nossas capacidades, ou por considerarmos que estamos tomando os devidos cuidados, acabamos por vacilar e nos deparamos com algumas das surpresas um tanto previstas, que mesmo tendo sua importância e nos aborrecendo ou causando danos e sofrimentos, não tiram tanto o nosso chão comparadas com as que nem imaginávamos.

Nestes contextos não estão apenas fatos, mas palavras que ouvimos de quem nunca pensamos que as diriam, e assim nos surpreendem, que tanto podem ser agradáveis como profundamente  agressivas, que por vezes deixam cicatrizes na alma por toda uma existência. Há também a expressão dos  sentimentos, que de igual modo podem nos deixar perplexos pela sua fúria, indiferença, ou nas nuvens pela sua beleza e espontaneidade.

Insistimos, ainda que inconscientes na ilusão de que temos o controle sobre a vida em todos os seus campos, porque estamos bem cuidados com a saúde, bem na vida financeira, no relacionamento pessoal ou profissional, como se tudo estivesse absolutamente em nossas mãos.

comportamento das pessoas não é previsivél

Concluímos, na maioria das vezes, que temos controle sobre os sentimentos de uma pessoa pelas atitudes que ela tem para conosco, ou simplesmente por excesso de autoconfiança da certeza de que somos amados. Passamos uma grande parte da vida fazendo planos, buscando definir como será o futuro com convicções de que nada sairá errado,  pois estamos fazendo tudo certo ao nosso ponto de vista, até porque a própria vida nos confunde dentro das realidades cotidianas. Acreditamos que temos que nos planejar de maneira previsível para um futuro no qual nem sabemos se estaremos, mas é certo que também não podemos ignorar este preparo, por menor que seja.

Nada há de errado em fazer planos para o futuro dentro das nossas expectativas e desejos, até porque os planos fazem parte de uma programação saudável de vida, sem os quais ficamos sem horizontes, mas não é sobre este ponto que desejo  focar, mas sim na falsa ilusão de que temos de controle sobre a vida, buscando muitas vezes nos bens materiais o poder de controlá-la  em um toque de caixa, sem olhar com mais zelo para valores que são imutáveis e que precisamos trabalhar bem em nós para melhor convivermos com as surpresas do caminho em nossas vidas, na consciência de que ela não é previsível por nós, na sua totalidade. O próprio comportamento humano não é em nada previsível. Podemos imaginar que diante de um determinado obstáculo teremos um comportamento, e quando isso acontece, agimos de uma maneira que surpreende a nós mesmos, tanto para o positivo como para o negativo.

nada previsível

Se analisarmos que nada acontece em cem por cento em nossas vidas em todos os nossos caminhos, por mais que nos empenhemos, veremos que isso tem um lado bom, pois nos leva ao aprendizado de melhor nos conhecermos e lidarmos com as surpresas que surgem. Elas podem ser boas e ruins, mas precisamos ser mais flexíveis com as ruins, uma vez que elas tiram o nosso chão de maneira dolorosa. No entanto, contribuem sim para uma melhor reflexão e visão de vida, e são estes fatos imprevisíveis que mudam de alguma maneira a rota previsível que traçamos para a nossa história, nos dando grandes oportunidades de crescimento, se não materiais com certeza espirituais, ou às vezes até ambas se conseguirmos entender a experiência vivida.

São os acontecimentos imprevisíveis que nos despertam para ver a vida com um olhar mais real, para questionarmos atos buscando mudanças em nós e no meio em que vivemos. Viver sem tantas certezas nas nossas  previsões é buscar se preparar para melhor lidar com as surpresas, que são parte da vida, e todos deparam-se com estes fatos em algum momento, independentemente de quem somos, ou de onde estamos. Haja vista, alguns acontecimentos imprevisíveis  gostaríamos de lembrar para sempre, e há os que, se possível, apagaríamos da memória.

Para quem durante grande parte da sua vida trabalhou e fez seu patrimônio em um plano previsível para o futuro, visando uma idade madura sem preocupações, na certeza de que tudo foi feito corretamente, torna-se inaceitável qualquer acontecimento contrário a isso, mas ninguém está livre de um fato assim, nem de ter a absoluta certeza de que tudo sairá exatamente como o previsível, dentro das medidas tomadas.

Há alguns casos fatos que acontecem totalmente fora de controle, onde fica provada a imprevisibilidade da vida. E este é um exemplo entre tantos outros. Ninguém ficará cheio de otimismo diante de fatos assim no primeiro momento, mas se existe a consciência de que a vida não está sob nosso controle, saberemos superar nos olhando como bem maior,  e por experiência compreendemos a grandeza de viver e crescer com tudo o que nela vivemos.

E aqui está o que mais devemos ter zelo e atenção na trajetória da existência que é o nosso tempo, os bons sentimentos, as lições aprendidas, a paz da alma, a gratidão por estar aqui com tantas oportunidades de nos tornarmos melhores em tudo, e o amor pela beleza que a vida é, para que passemos com serenidade todos os desafios e glórias da vida, e quando o fim da estrada chegar para cada um no seu momento, possamos sentir o maior orgulho de ter feito e sido o melhor exemplo de vida para alguém muito importante nesse cenário: “VOCÊ”!!!.

Abraços,

Gil Epifânia

Gil Epifânia, escritora, poeta, palestrante e fundadora do Projeto Perdão e Gratidão, pesquisadora espiritualista, designer em moda. Natural da Bahia, reside em São Paulo Capital. http://gilepifania.blogspot.com.br/ www.facebook.com/gilepifaniaescritora

Ver perfil »
Recomendados para você