Deus ajuda quem cedo madruga?

· junho 9, 2015

Este é um provérbio antigo que diz que Deus ajuda quem levanta cedo. No entanto, segundo alguns pesquisadores, levantar cedo nem sempre é sinônimo de sucesso. Além disso, são os genes que determinam a necessidade de horas de sono e de vigília de cada pessoa.

Capacidade e responsabilidade são sinônimos de levantar cedo?

Há alguns anos, para projetar a imagem de uma pessoa trabalhadora e responsável, era preciso levantar-se ao amanhecer. Atualmente isso não parece ser uma boa ideia. Na cultura em que vivemos, para ser “alguém” e progredir na vida, é necessário levantar-se mais cedo do que os outros.

Claro que isto é para os que querem ser “CEO” ou proprietários de uma empresa. Devem estar acordados antes de que o galo cante. Como não são muitas as pessoas que querem se levantar às 4:00 ou 5:00 hs da manhã, acredita-se que só alguns alcançam o sucesso.

Otto Kroeger é um consultor de negócios da cidade de Farifax, na Virgínia, nos Estados Unidos. Ele diz que é madrugador porque busca o sucesso e que isso sempre o ajudou no mundo dos negócios. Esse homem se levanta todos os dias às 4:00hs e incentiva seus funcionários a fazerem o mesmo. Se vangloria do fato de que, nos últimos treze anos, nunca dormiu mais de quatro horas por dia.

O amanhecer, algo tão distante para quem acorda tarde

Para aqueles que têm a oportunidade (ou sorte, dirão alguns), de levantar-se no horário que desejam ou mais tarde do que as outras pessoas, o nascer do sol e o amanhecer parecem distantes. São momentos vividos em filmes, livros e a imaginação. Atualmente, muitas pessoas têm horários diferentes para dormir e acordar. A escritora Cynthia Ozick diz que vai para a cama às 3:00 hs da manhã e não se levanta antes do meio-dia. Isso não a faz se sentir confortável, pois ela sofre com a desaprovação de toda a sua família, dos amigos e conhecidos. Dormir e levantar tarde é considerado um mau hábito que não faz bem à saúde.

A opinião da maioria das pessoas ainda está baseada nesse antigo provérbio que prioriza levantar cedo. Muitos utilizam os hábitos de sono para avaliar o caráter e a capacidade de uma pessoa. Essa percepção está relacionada, sem dúvida, com a população rural, que se levanta cedo para começar sua jornada de trabalho. Os familiares que se levantam tarde são considerados como um “fardo” para a família.

Segundo o Diretor de Estudos das Alterações do Sono da Universidade de Rush, em Chicago, Edward Stepanski, dormir enquanto os outros trabalham é uma característica reprovada e considerada negativa. No entanto, ele resolveu fazer uma pesquisa sobre o assunto, levantando algumas questões sobre se é bom ou ruim levantar cedo. Chegou à conclusão de que dormir ou acordar cedo não está relacionado ao sucesso e às realizações pessoais. Cada um tem o seu ciclo de sono; é algo que não podemos controlar.

Cotovias contra corujas

No grupo das cotovias estão os que se levantam cedo e no grupo das corujas estão os que se levantam tarde. São conhecidas também, respectivamente, como pessoas matutinas e notívagas, devido aos seus ritmos de sono e vigília. Apenas 10% da população é considerada cotovia e 10% coruja; os 80% restantes são um meio-termo.

O Diretor do Centro de Estudos das Alterações do Sono de Minesota, Moah Mahowal, diz que o que determina se uma pessoa é cotovia ou coruja está no seu DNA e não na sua ambição. Querer alterar os padrões de sono é o mesmo que querer mudar a cor dos olhos ou a altura de alguém, ou seja, praticamente impossível.

Por outro lado, o diretor dessa mesma entidade da cidade de Utah, Christopher Jones, disse que é benéfico para o mundo que as corujas fiquem acordadas à noite, porque elas podem ouvir os passos dos leões na grama. Todavia, não há nenhuma evidência de que esse grupo não seja bem-sucedido.

Há profissões que são interessantes para as cotovias, como médicos e bancários. Quanto aos corujas, podem trabalhar na rede hoteleira ou dedicar-se às artes em geral. Com o advento da Internet, aqueles que poderiam ser cotovias tornaram-se corujas, porque ficam navegando ou conversando até de manhã.

A conclusão de todos os estudos realizados é que a genética tem muito a ver com a quantidade e horário de sono e que não podemos atribuir o sucesso ou fracasso das pessoas pelo horário que dormem ou acordam.

Nota Editorial: o título deste artigo é um antigo provérbio popular. Não questionamos qualquer dogma de fé e respeitamos todas as crenças e religiões.