Dicas para vencer a preocupação excessiva

Dicas para vencer a preocupação excessiva

12, maio 2016 em Psicologia 1658 Compartilhados
Dicas para vencer a preocupação excessiva

Você se preocupa ou se ocupa quando tem algum problema? Todos nós enfrentamos diversas situações no dia a dia. O que nos diferencia é que algumas pessoas se deixam levar pela preocupação excessiva, enquanto outras se concentram em buscar uma solução e agem quando a encontram.

Já escutei várias pessoas dizendo que se não se preocupam e sentem que não estão fazendo nada. É claro que é necessário concentrar-se no problema, analisá-lo e encontrar uma saída. Mas passar todo o tempo dando voltas com o problema não vai trazer mudança alguma.

Além disso, a preocupação excessiva gera diversos contratempos físicos: dores de cabeça, insônia, estresse, enjoo, etc. A seguir listamos algumas dicas para que essa situação não seja capaz de vencê-lo.

Veja o problema de forma objetiva

Sei muito bem que esse conselho vai parecer absurdo. Depois de tudo que você passou agora o problema tornou-se gigantesco, não é mesmo? Bem, essa é justamente a razão pela qual a preocupação excessiva está te consumindo. Esse é um círculo vicioso: quanto mais atenção se dá ao problema, maior ele parece ser.

mulher-se-olhando-no-espelho

Por isso, nossa recomendação é que você esqueça por um momento que o problema é seu. Trate de imaginá-lo como algo que está acontecendo com outra pessoa e pense no que você diria. Qual seria a sua solução? Como você recomendaria atacá-lo?

Desconecte-se por um momento

Ficar encarcerado em casa ou no escritório vendo, respirando e entrando cada vez mais no problema que causa a preocupação excessiva não irá ser de grande ajuda. Tire um minuto para buscar uma distração. O importante é que você tenha a oportunidade de desconectar a sua mente por um momento. Muitas vezes caímos na preocupação excessiva porque fixamos o problema com toda a nossa atenção.

Qualquer coisa que te ajude a relaxar vale a pena: sair e dar um passeio, fechar os olhos e dormir por um momento, conversar com alguém. Não é nem um pouco incomum que, ao regressar à casa após sair para tomar um café com um amigo, você encontre a solução para o seu problema quase de forma mágica. Isso acontece porque a nossa mente teve um tempo para relaxar e buscar novas soluções.

Pense em você

No início comentamos que a preocupação excessiva gera vários problemas físicos e psicológicos. Uma boa forma de combater esses sintomas é se conscientizando dos riscos que vêm junto com a preocupação excessiva.

Se agora parece complicado encontrar uma solução, será ainda mais difícil se sua situação física estiver mal. Você precisa estar bem para se concentrar no que requer sua atenção: seus filhos, os problemas, a vida diária, etc.

Busque ajuda de um profissional

A preocupação excessiva está gerando um problema que você não consegue solucionar sozinho? Então busque ajuda da forma apropriada. Conheci pessoas que, no seu desejo de parecerem fortes, buscaram solucionar tudo sem nenhuma ajuda. Claro que você possui muitas capacidades, mas algumas vezes simplesmente não será possível fazer algo.

A ajuda de um contador, um advogado, um médico ou qualquer outro profissional sempre está disponível. Não tente solucionar coisas que você realmente não entende.

Se você der uma chance, talvez descubra que a solução não é tão complexa quanto você pensa, mas você pode precisar de alguém para guiá-lo. Em outros casos, deixar o problema nas mãos de um profissional pode ser a cura final para a  sua preocupação excessiva.

Mude os pensamentos negativos

Uma vez que um problema surge no seu caminho, você tem duas opções: buscar a solução de forma calma ou deixar-se levar por ideias negativas. Se o caminho escolhido for o segundo, o problema irá se transformar numa bola de neve e a preocupação excessiva tomará o controle da situação.

mulher-vento

Ao invés de se deixar levar pelos pensamentos negativos, lute contra eles e procure algo bom. Não diga que não é possível porque você irá acreditar nisso. Se alguma ideia assim aparecer, pense que sim, é possível, e que você apenas precisa encontrar a solução correta.

Fale com alguém

A preocupação excessiva não lhe deixará ver as alternativas de soluções que estão disponíveis. Chegando a esse ponto, dê a si mesmo a oportunidade de falar com alguém. Um amigo, seu parceiro(a), seus pais ou qualquer outra pessoa.

Não importa se não é um profissional no assunto porque o que você precisa é só de uma nova perspectiva. Falar lhe ajudará a ver além do óbvio, e com isso será possível encontrar soluções que não tinham passado pela sua cabeça anteriormente.

Não seja levado pela preocupação excessiva

É muito fácil concentrar-se no problema e esquecer que existem mais opções. Não caia nesse erro; é melhor buscar alternativas para ir em frente. Temos certeza de que os conselhos que acabamos de oferecer serão de grande ajuda.