O que é o efeito Streisand?

· fevereiro 19, 2019

O efeito que ocorre ao censurar uma informação e conseguir o contrário – isto é, sua amplificação – é conhecido como efeito Streisand.

Ele é chamado de efeito Streisand pois, em 2003, foi publicada uma fotografia aérea da costa da Califórnia onde se via a casa de Bárbara Streisand. A atriz norte-americana denunciou o site e o fotógrafo Kenneth Adelman por violação de privacidade. A controvérsia decorrente dessa tentativa de censura foi amplamente divulgada pela mídia em todo o mundo.

As imagens aéreas da casa de Streisand foram publicadas em milhares de blogs, fóruns e meios de comunicação. A atriz havia conseguido o efeito contrário. As imagens da sua casa tiveram um maior impacto midiático do que se a denúncia nunca tivesse sido feita.

“As coisas lícitas são insípidas; o que estimula o sabor é o proibido”.
-Ovidio-

O efeito Streisand: o desejo pelo proibido

Quando uma placa proíbe passar para uma área determinada, a nossa mente começa a se perguntar a respeito dos motivos de tal limitação. Um desejo irresistível nos invade de repente: é a vontade de transgredir a placa, de nos sentirmos especiais ao descobrir aquele segredo ao qual os outros não têm acesso.

Em sua ânsia de alcançar uma organização cada vez maior e evitar consequências fatais, a sociedade estrutura regras que privam o ser humano de certas liberdades que restringem, de diferentes maneiras, seu livre arbítrio e questionam sua autoridade; é então que a pessoa pode se sentir ameaçada.

Nuvem presa em gaiola

O desejo do ser humano de conhecer ou possuir as coisas que lhe são negadas é inevitável e, por vezes, poderíamos dizer que é inerente à pessoa. Não é à toa que os psicólogos estudam os efeitos que as proibições causam na mente e as suas consequências, já que estas influenciam vários aspectos da nossa vida.

“Todos queremos o que não se pode ter, somos fanáticos pelo proibido”.
-Mario Benedetti-

Exemplos do efeito Streisand

Bárbara Streisand, Beyoncé, Tom Cruise, o rei Felipe e a rainha Leticia da Espanha… foram vários os casos de famosos ao longo dos anos que, ao tentarem impedir a divulgação de fotos ou vídeos, conseguiram o efeito contrário: conseguiram fazer com que as imagens fossem ainda mais vistas.

Mas não é só nas esferas da fama que a restrição “sai do controle”; na verdade, existem infinitos exemplos do efeito Streisand no mundo da arte, da literatura, da política, etc.

Exemplo 1

Um grande exemplo na Espanha foi a censura em 2007 de uma capa da revista satírica Jueves, na qual apareceu uma caricatura dos reis Felipe e Leticia tendo relações sexuais. Um juiz do Tribunal Nacional proibiu sua venda por um suposto delito de insulto à Coroa.

Exemplo 2

Um caso recente ocorrido na Espanha que produziu o efeito Streisand foi o que desencadeou a censura do livro Fariñaescrito pelo jornalista Nacho Carretero. O texto é sobre tráfico de drogas na Galícia. Fariña significa “farinha” e é um termo usado coloquialmente para se referir à cocaína.

O livro foi publicado em 2015 e em 2016 foi denunciado por Alfredo Bea Gondar, o ex-prefeito do município de El Grove. Em 2018, a juíza Alejandra Fontana ordenou a retirada da obra das lojas e, logo em seguida, a demanda e o interesse pelo livro aumentaram exponencialmente.

“A curiosidade se atreve mais contra o que mais se proíbe”.
-Diego de Saavedra Fajardo-

Exemplo 3

Cada limitação representa um desafio para o espírito inquieto que busca ultrapassar os limites de uma liberdade que, muitas vezes, se vê fracionada por regras pouco compreensíveis ou que simplesmente não desejamos cumprir.

Esta foi uma das razões pelas quais, na década de 1980, o público assistiu de maneira massiva à exposição fotográfica de Robert Mapplethorpe em Nova York, que havia sido censurada em Washington por ser considerada sexualmente explícita e indigna de ser mostrada ao público.

Em seu primeiro fim de semana, recebeu cerca de 40 mil visitantes, catapultando a sua obra para os livros de história.

Mulher de olhos vendados

Consequências do efeito Streisand

Como podemos ver, a lista de casos que preenchem a história com referências ao proibido é interminável. Além disso, é certo que todos temos um exemplo próximo e proibido que recordamos vividamente.

Assim, uma das consequências de criar impedimentos é que esses impedimentos/proibições/obstáculos passam a agir em viva voz… É a curiosidade, como seres humanos que somos, que faz com que queiramos olhar por cima das barreiras; é dessa forma que o efeito Streisand está presente em nossas vidas.