9 estratégias para aproveitar ao máximo as horas de estudo

9 estratégias para aproveitar ao máximo as horas de estudo

Fevereiro 14, 2017 em Psicologia 513 Compartilhados
9 estratégias para aproveitar ao máximo as horas de estudo

Estudar é uma tarefa que exige muita concentração, e precisamos usar toda a nossa atenção para conseguirmos o melhor desempenho. Não se trata de passar horas e horas na frente dos livros e anotações, mas de aproveitar as horas de estudo ao máximo.

É importante desenvolver boas estratégias para evitar o desperdício de tempo e não se deixar influenciar pela ansiedade durante as provas e pelo fato de precisar se lembrar de todo o material visto em sala de aula. Damos aqui algumas dicas que podem ser muito úteis para se preparar para uma prova.

1. Encontre um ambiente adequado para o estudo

É importante ter um lugar confortável para estudar onde a luz e a temperatura sejam adequadas. Encontre um lugar onde você não tenha muitas distrações e não seja interrompido. Pode ser um quarto isolado e tranquilo ou uma biblioteca. Evite lugares onde há dispositivos eletrônicos como a televisão, que podem distraí-lo ou seduzi-lo.

silencio

2. Prepare todo o material necessário antes de começar

Faça uma lista de tudo que você precisa. Interromper a concentração durante o trabalho para buscar materiais, além de ser contraproducente, pode servir como uma desculpa para não recomeçar. Coloque sobre a mesa tudo que você usará. Tente eliminar as distrações tirando da mesa tudo o que não precisa, como as anotações sobre outros assuntos.

3. Faça pequenas pausas para descansar

Manter a concentração durante 8 horas seguidas é praticamente impossível. Precisamos nos distrair e descansar da tarefa por alguns minutos. Os especialistas recomendam fazer uma pausa de 15 minutos a cada 2 horas. Não exagere no tempo de descanso (5-15 minutos), mas não se esqueça de parar um pouco para descansar, uma vez que a fadiga interfere na aprendizagem.

xicara-de-cafe

4. Priorize

Nem tudo tem a mesma importância: priorize. Comece a estudar o que você considera mais importante. Dessa forma, terá mais tempo para se dedicar a essa tarefa. Se deixar o mais difícil ou complexo para o final, você poderá estar cansado demais. Uma boa opção seria programar o dia de estudo, anotando as tarefas principais e calculando o tempo que levará com cada uma delas.

5. Utilize estratégias para se motivar

Existem dias em que começar a estudar se transforma em um grande desafio. Por esta razão, é preciso ter uma boa motivação. Por exemplo, dê uma gratificação a você mesmo depois de atingir um objetivo. Planeje tudo o que quer fazer naquele dia, e quando alcançar a sua meta, faça algo que você gosta muito, como ver um episódio daquela série que você gosta ou sair para tomar uma bebida com os seus amigos.

6. Interiorize o material estudado

Nós todos sabemos que estudar matemática não é a mesma coisa que estudar história; algumas matérias requerem a memorização de alguns conceitos. Uma maneira de facilitar a aprendizagem é interiorizar o que lemos. Isto significa que você não deve ler até memorizar tudo, mas entender e ser capaz de explicar com as suas próprias palavras.

Aprender algo na correria, sem sequer tentar compreendê-lo, pode ser útil se o objetivo é manter a informação na memória de curto prazo. Mas para consolidar o aprendizado você pode pensar em exemplos do que aprendeu ou relacioná-lo com aprendizagens anteriores.

7. Ouça música

Nem todo mundo tem a mesma capacidade de concentração, há pessoas que escutam música para ajudá-las a se concentrar. Tudo depende da maneira que cada um gosta de estudar ou do assunto a ser estudado. Normalmente as pessoas gostam de ouvir música clássica ou relaxante. Especialmente em tarefas que envolvem a criatividade, ela pode desempenhar o papel de facilitador da aprendizagem.

8. Desligue o seu celular

Se você vai estudar, não deixe o celular ao seu lado. Verificar os e-mails ou as chamadas constantemente nos faz interromper a atividade toda hora, o que dificulta a concentração. Utilize as pausas para verificar as chamadas e falar com quem quiser.

celular

9. Não utilize as horas antes da prova para estudar

É contraproducente estudar nas horas antes da prova. É melhor estudar nos dias anteriores e dormir bem antes do teste. Alguns estudos afirmam que o sono após o armazenamento de novas informações favorece  a memorização dessa aprendizagem. É mais importante dormir bem do que passar a noite acordado tentando lembrar a matéria aprendida. A privação do sono afeta negativamente o desempenho do aluno durante a prova.

Cada pessoa sabe quais são as estratégias que a ajudam a obter um bom desempenho. Portanto, é necessário interpretar essas sugestões de acordo com as capacidades e objetivos de cada um. A atenção, a motivação e a concentração são variáveis muito importantes que temos que aprender a equilibrar para alcançar o máximo das nossas possibilidades no estudo.

Recomendados para você