Três exercícios de respiração para relaxar

· maio 14, 2018

Um dos maiores problemas da vida moderna é o estresse. Devido ao ritmo frenético que levamos em nosso dia a dia, muitos de nós nos sentimos acelerados, sobrecarregados, oprimidos e superados pelas circunstâncias. Portanto, hoje mais do que nunca pode ser muito útil aprender alguns exercícios de respiração para relaxar.

A respiração está associada ao relaxamento há milhares de anos. Segundo os especialistas, as pessoas no mundo ocidental não sabem respirar adequadamente. Isso nos causa vários tipos de problemas, tanto físicos quanto emocionais. Neste artigo vamos aprender quais são os melhores exercícios de respiração para relaxar, de tal maneira que você possa começar a praticá-los hoje mesmo.

Os exercícios de respiração para o relaxamento trazem muitos benefícios a partir do momento em que você os pratica.

Mulher respirando em meio à natureza

Todos podem praticar esses exercícios de respiração para relaxar?

Algumas pessoas acreditam que, para poder usar a respiração como um método de relaxamento, é necessário aprender algumas disciplinas, como ioga ou meditação. No entanto, não há nada mais longe da verdade: com um treinamento adequado, todos nós podemos nos beneficiar dos efeitos relaxantes da respiração.

A única coisa que precisamos fazer é dedicar algum tempo todos os dias para praticar alguns dos exercícios de respiração para relaxar que veremos a seguir. Em geral, usar cinco minutos por dia para realizar o exercício de nossa escolha será mais do que suficiente para começar a perceber os benefícios de incorporá-lo à nossa rotina.

Os três melhores exercícios de respiração

Neste artigo você aprenderá três exercícios de respiração, cada um deles com uma eficácia comprovada e utilizados no mundo todo por milhares de pessoas. São os seguintes:

  • Respiração alternada.
  • Respiração por fases.
  • Respiração contada.

Considerações prévias

Para aproveitar ao máximo os benefícios destas três práticas, é necessário que você as realize de maneira adequada. Para isso:

  • Adote uma postura confortável, deitado ou sentado com as costas retas.
  • Use roupas folgadas, que não apertem em nenhum lugar e que lhe permitam ter liberdade de movimento.
  • Pratique os exercícios em um lugar onde ninguém o incomode, livre de ruídos e distrações.
  • Tente inflar o diafragma ao respirar ao invés de levantar os ombros. Isso é o que é conhecido como respiração profunda.
Mulher respirando ar puro

 Exercício 1: Respiração alternada

O primeiro dos exercícios de respiração para relaxar que vamos ver é o único em que o ar entra e sai pelo nariz, sem envolver a boca em nenhum momento. Esta prática se baseia em puxar o ar por um orifício do nariz e liberá-lo pelo outro, mudando a ordem em cada respiração.

Para começar a praticar, basta executar os seguintes passos:

  • Quando estiver em uma posição confortável e em um lugar livre de distrações, leve sua mão dominante ao nariz. Você vai usá-la para tapar suas narinas, usando o indicador e o polegar.
  • Tampe o orifício direito do nariz com um dos dedos e respire pelo esquerdo; a inspiração deve ser longa e profunda. Em seguida, tampe o orifício direito e destape o esquerdo, liberando o ar através dele.
  • Na respiração seguinte, comece puxando o ar pelo orifício esquerdo e liberando-o pelo direito. Alterne as narinas durante cinco minutos.

Exercício 2: Respiração por fases

Este segundo exercício consiste em fazer a respiração em três momentos diferentes: inspiração, retenção do ar e expiração. Dividi-la desta maneira permite que você tenha mais controle sobre sua respiração, além de ajudá-lo a absorver o ar de maneira mais profunda.

A dica para realizar este exercício corretamente consiste em respeitar uma proporção adequada entre as três fases. Se você puxar ar durante dois segundos, deverá retê-lo por quatro e expirar por seis. Desta forma, começará a relaxar quase que de imediato.

Jovem respirando profundamente

Exercício 3: Contagem de respiração

O último exercício de respiração para relaxar que vamos ver inclui um certo elemento de mindfulness. Trata-se de uma técnica irá ajudá-lo a estar mais presente, tanto enquanto o realiza quanto no seu dia a dia.

A ideia é a seguinte: quando você estiver pronto para começar a fazer o exercício, comece a puxar e a expulsar o ar de forma lenta e controlada. Mas toda vez que você fizer uma inspiração, terá que contar mentalmente. Seu objetivo é alcançar a cem inspirações seguidas sem se distrair.

Isso pode parecer fácil no papel, mas se trata de um exercício muito difícil de realizar. No entanto, mesmo que você fique longe das cem inspirações, praticá-lo o ajudará a relaxar e a aumentar sua presença no aqui e agora.