As habilidades de um profissional bem-sucedido

As habilidades de um profissional bem-sucedido

julho 5, 2016 em Curiosidades 0 Compartilhados
As habilidades de um profissional bem-sucedido

O que realmente marca o caminho do sucesso e dos bons resultados pode ser uma mistura de vários fatores. Os especialistas dizem que as competências profissionais não são o fator mais importante para atingir determinado objetivo, e sim as “habilidades suaves”.  Por exemplo, quando alguém participa de uma entrevista de emprego, as habilidades “duras” são as que conseguem esse primeiro encontro, mas as “suaves” são as que podem definir se você vai ser contratado ou não.

Qual a diferença entre as habilidades duras e as suaves?

No que se refere ao âmbito profissional, as habilidades “duras” são todas aquelas competências que estão vinculadas ao emprego ou ao setor em si, que permitem atingir o sucesso em determinada tarefa. Se usarmos como exemplo o setor tecnológico, seria a linguagem da programação e como colocá-la em prática. Se for na área da literatura, seria a linguagem e a capacidade de transmitir sentimentos e pensamentos.

No entanto, é provável que você se pergunte por que milhares de programadores ou escritores fracassaram nas suas carreiras e outros que não são tão talentosos conseguem alcançar o sucesso e o reconhecimento?

Encontramos a resposta nas “habilidades suaves”, ou seja, capacidades ou características que incluem desde os nossos hábitos de trabalho até o desempenho social, o autoconhecimento, a liderança e o controle emocional. São habilidades que complementam as “duras”, mas que fazem a diferença no momento de conseguir o tão ansiado e procurado sucesso. Podem estar presentes em todas as pessoas, ainda que não sejam muitas as que sabem tirar o devido proveito delas.

Como aproveitar as habilidades “suaves”?

As competências, comportamentos ou hábitos que diferenciam você dos outros são as habilidades suaves. Ou seja, aquilo que distingue você dos seus companheiros, colegas e concorrentes. É possível usá-las no momento de conseguir um emprego, para conseguir uma promoção, solucionar um conflito, empreender em um projeto ou relacionar-se com outras pessoas.

Hoje em dia, as grandes empresas do mundo não querem apenas contratar um profissional competente, mas também alguém que demonstre seus valores, sua energia, seu compromisso e sua eficiência em qualquer campo. Você pode ter dezenas de diplomas, títulos ou certificados e nunca alcançar o sucesso ou o cargo que tanto deseja. Por quê? Porque ainda falta trabalhar ou estudar as suas habilidades suaves.

Quais são as habilidades que nos permitem alcançar o sucesso?

1 – As habilidades sociais: como foi dito antes, você pode ser o mais competente na teoria, mas se não for capaz de transmitir seus conhecimentos aos outros, vai ser difícil chegar muito longe. Os profissionais bem-sucedidos são aqueles capazes de entender o que motiva um grupo e são capazes de se conectar aos outros emocionalmente. Isso quer dizer que ele agrega valor a seus colegas, e não apenas o seu conhecimento. Pense no melhor professor que você já teve na universidade ou em outro curso: ele se destacou pela quantidade de conhecimento que passou ou por suas qualidades como pessoa?

2 – A abertura para receber críticas: é de conhecimento geral que ninguém gosta de ser criticado, sobretudo quando acreditamos que somos perfeitos ou muito bons no que fazemos. Mais ainda quando se trata do trabalho. Estar aberto às opiniões ou olhares diferentes é fundamental para alcançar o sucesso profissional. Tenha em mente que os melhores conselhos podem vir de quem menos esperamos, daquela pessoa que não é especialista na mesma área que você e nem conta com uma dúzia de certificados pendurados na parede, mas é capaz enxergar de uma maneira mais interessante e objetiva do que você. Não fique na defensiva ao receber críticas porque isso irá condená-lo ao fracasso. Aprenda a escutar e a valorizar em silêncio as críticas e, se for possível, mudar o rumo.

3 – Os hábitos produtivos: existem vários costumes que estimulam a produtividade, como seguir uma rotina ou andar com uma agenda. A maioria dos profissionais mais competentes não deixam nada afetar sua organização, colocam seus alarmes para avisá-los da próxima reunião, são pontuais e elaboraram uma rotina de trabalho cotidiana que não deixa lugar para distrações. Para o descanso, a diversão e outros assuntos pessoais restam as horas em que saímos do escritório ou da empresa. Não se esqueça de dormir o suficiente, de se alimentar bem, relaxar, não levar os problemas do trabalho para casa e fazer uma parada no caminho quando for necessário. Isso também faz parte de um hábito produtivo. Se você está cansado, irá render menos.

4 – A integridade: antes de tudo, é preciso ser honesto consigo mesmo, reconhecer os erros a tempo (que não é sinônimo de cavar o próprio túmulo, nem fazer com que seja demitido). Muitas empresas preferem esses tipos de valores ao invés de competências ou habilidades técnicas do funcionário. Eles preferem aqueles que possam aceitar que erraram para não voltarem a cometer os mesmos erros, ou ainda aqueles que tenham a valentia de dizer “eu não sei” ou “não entendo”. A humildade é outra característica muito valorizada pelas empresas multinacionais hoje em dia. Assim, para ter sucesso é preciso ser honesto, objetivo, responsável e confiar no seu projeto.

Recomendados para você