Hoje estou preparada para tomar decisões - A Mente é Maravilhosa

Hoje estou preparada para tomar decisões

Fevereiro 14, 2017 em Psicologia 0 Compartilhados
Hoje estou preparada para tomar decisões

Hoje estou preparada para tomar decisões enquanto deixo o medo, as dúvidas e tudo que me freia para trás. Já não quero continuar colocando limitações em mim quando, na verdade, elas não existem, estão apenas na minha mente. Desejo seguir adiante e parar de ir para trás. Hoje me vejo determinada a tornar realidade tudo o que eu quero. Estou disposta a deixar que seja a vida que coloque os limites, e não eu.

Cada decisão é a preliminar de uma mudança, pois significa tomar um novo rumo, modificar aquilo que estávamos fazendo até agora. Talvez tenha a ver com nossos relacionamentos, deixar uma pessoa para trás, se separar do nosso parceiro. Talvez se concentre mais em nosso trabalho, em deixá-lo porque não nos satisfaz, para buscar alternativas melhores.

Sabemos que tomar decisões mudará nossas vidas, por isso pensamos tanto e nos fazemos tantas perguntas que no final nos levam à dúvida.

O que você sabe sobre a decisão que vai tomar?

Essa é a primeira pergunta que teríamos que nos fazer quando estamos preparados para tomar uma decisão. O que você sabe sobre a mesma? Conhece seus prós e seus contras? É realista? Às vezes idealizamos o que queremos conseguir e não somos capazes de ver se sua aplicação é viável ou não.

Assim, vamos imaginar que estamos em uma situação profissional de que não gostamos. A primeira coisa a fazer seria determinar por que estamos tão incomodados. Talvez o salário seja precário, não gostamos do que fazemos, não temos motivação… Com isso, já podemos pensar sobre a importância que cada uma dessas reflexões tem, e se possuem solução com uma mudança de atitude.

Se não existe a opção de voltar atrás ou uma possível solução, é o momento de conhecer tanto o bom como o ruim de deixar o trabalho ou de continuar no mesmo com essa situação. Temos que aceitar que as coisas podem acabar sendo muito boas ou muito ruins, pois na tomada de decisões nada é confiável ou certeiro.

mulher-que-toma-decisoes

Plano A, B, C ou D

O seguinte passo recomendado para dar, uma vez que estamos seguros de tomar decisões, é pensar em alternativas caso o plano A não saia como esperado. Se não considerarmos as eventuais brechas, podemos nos encontrar em um beco sem saída do qual não sabemos sair. É aí que o mundo inteiro cairá sobre a gente, correndo o risco de sermos esmagados por ele.

Seguindo com o exemplo anterior, uma das alternativas poderia ser a seguinte. Nos mantemos em nossa posição atual até obter algo seguro, isto é, continuar em nosso trabalho até ter superado o processo de seleção de outro emprego no qual as condições sejam melhores. Dessa maneira, não temos medo de acabar ficando na rua.

Não é seguro confiarmos em nosso plano A, pois ele pode falhar e gerar grandes desilusões e consequências. Somente com o plano A no que se refere ao abandono do trabalho, você poderia ficar sem renda e sem benefícios devido ao abandono voluntário, pode não encontrar uma nova oportunidade de trabalho, etc.

É o momento de tomar decisões

Depois de tudo que foi exposto acima, é o momento de colocar tudo o que pensamos e planejamos em ação. Se não o fizer, ficará sempre com a dúvida de “o que teria acontecido se…”. Assim, se você já possui vários planos alternativos se nada sair como o planejado, é hora de colocar as mãos à obra.

No princípio você terá medo. Surgirão dúvidas sobre sua capacidade de enfrentar esse desafio, sua falta de conformismo, sua tolice em querer chegar mais alto… Esses são pensamentos naturais, mas que não devem impedi-lo quando você já tem todo o trabalho previamente feito. Seja valente e vá em frente. Sua vida está prestes a mudar porque você é quem decide o que é melhor.

mulher-pensando-no-que-fazer

Agora que você já fez, irá verificar se tudo anda bem ou se tem que tomar alguma das alternativas em que pensou. Talvez essa decisão não o preencha completamente e você encontre a necessidade de tomar uma outra nova. Não importa. O positivo é tentar, falhar, comprovar e voltar a tentar até que finalmente consiga chegar aonde deseja.

É importante não tomar suas decisões de maneira precipitada. É preciso dar tempo ao tempo, pensar tudo muito bem e avaliar todas as opções. Apenas assim você conseguirá os resultados desejados. Deste modo, permita-se um espaço para decidir antes de dar um passo muito significativo. Ter as ideias claras e uma mente limpa afastará todas as dúvidas que possam intimidá-lo a qualquer momento.

Imagens cortesia de  Marina “Loki” Nosova.

Recomendados para você