Como enfrentar o medo de andar de avião

· janeiro 26, 2017

As mãos suam abundantemente… a respiração fica irregular… os dentes começam a ranger… as imagens de desgraças aéreas não deixam de passar pela nossa mente. É impossível! Mesmo que queiramos, não conseguimos organizar nenhuma viagem que envolva entrar em um avião, porque temos pânico de voar.

Estamos perdendo a oportunidade de conhecer lugares bonitos, de visitar amigos e familiares que moram longe, ou simplesmente de acompanhar o nosso parceiro ou parceira no sonho de sua vida: visitar as Pirâmides do Egito, dançar Hula Hula no Havaí ou ver cangurus na Austrália.

Você sabia que a fobia ou medo de andar de avião é muito frequente? Acredita-se que 1 em cada 4 pessoas sofre disso, ou seja, 25% da população mundial. E você faz parte desse grupo! O principal medo tem a ver com que o avião caia e, em segundo lugar, porque somos seres naturalmente terrestres e temos certa desconfiança sobre tudo o que esteja no ar ou no mar.

Não importa o número de vezes em que as pessoas mais próximas de você digam que “você tem menos probabilidade de morrer em um acidente aéreo do que em uma estrada” ou “os aviões modernos são o meio de transporte mais seguro que existe”. Todas essas frases que parecem tiradas de um manual de ajuda ao fóbico não fazem nenhum sentido para você.

mulher-com-medo-de-andar-de-aviao

Como todo temor, o medo de andar de avião está relacionado com as emoções, as experiências passadas ou até mesmo com o simples fato de ter visto um filme onde o avião caía. O pior de tudo é que aqueles que o rodeiam não têm medo de andar de avião, não te entendem. Pensam que você está exagerando ou que não aprecia a oportunidade de ir para Nova York, Londres ou Hong Kong em poucas horas em um avião.

Andar de avião é a única forma de eliminar a fobia

Podemos ir a uma consulta com o psicólogo, fazer um curso de mecânica aérea para compreender cada ruído ou movimento do avião ou até mesmo usar um simulador de voo… No entanto, nada vai acabar com o nosso medo como… andar de avião!

É compreensível que você fique em pânico só de pensar. Além disso, enquanto você está lendo este artigo, aposto que seus joelhos estão tremendo, que você começou a transpirar e que seu coração começou a bater mais rápido. Mas, além de sofrer sempre que alguém disser que vai viajar para o outro lado do mundo ou de adiar essas tão sonhadas férias em um lugar distante, é preciso respirar fundo e começar um tratamento.

terapia-enfrentar-medo-andar-de-aviao

Assista às aulas oferecidas pelas linhas aéreas. Muitas companhias aéreas têm um programa de ajuda para os passageiros com fobia de andar de avião. Comece fazendo uma entrevista pessoal e, depois, um curso teórico com pilotos e encarregados pela mecânica para responder a todas as suas perguntas. Por último, faça uma sessão em um simulador de voo com todas as situações que poderia ter que enfrentar (decolagem e aterrissagem, turbulência, problemas técnicos, etc).

Medite ou pratique o relaxamento. Isso irá te ajudar a reduzir o estresse e a angústia que se apoderam de você enquanto pensa em andar de avião. Coloque em prática essas técnicas vários dias antes de programar a viagem, até que elas sejam automatizadas.

Evite a ingestão de substâncias. Muitas pessoas com fobia de aviões decidem consumir um comprimido (na maioria dos casos, um ansiolítico) ou beber álcool no dia do voo. No primeiro caso, o medo não desaparece, mas permite que você enfrente a situação com mais calma. O segundo não é aconselhável, pois aumenta as sensações e provoca, ainda, mal-estar estomacal, dor de cabeça, etc. Além disso, o controle dos impulsos é muito menor.

O que fazer no dia de andar de avião?

Você tomou coragem (ou acredita que sim) e aceitou a proposta do seu marido ou da sua mulher para finalmente ir a Macchu Pichu ou para andar de camelo no deserto. Parabéns! Enquanto você organizava a viagem, preparava as malas e pedia para um vizinho de confiança cuidar das suas plantas, não houve lugar para pânico.

Tudo isso muda quando você chega no aeroporto e faz o check-in… Ali, as sensações desagradáveis voltam a aparecer. E você está a ponto de sair correndo do terminal sem importar que o seu parceiro viaje sozinho. Fique tranquilo. Você pode superar o seu medo. Como? Com estes conselhos:

  • Evite escolher o assento da janela: você vai ficar muito nervoso na hora da decolagem ou, se viajar de dia, ao ver as nuvens. É preferível escolher os assentos do lado dos corredores, porque é onde menos se sente os movimentos.
  • Observe a tripulação: é provável que eles estejam rindo, tranquilos, confiantes. Isso vai te fazer perceber que não há nada a temer. Aconselho que você diga à comissária de bordo que tem medo, porque ela prestará mais atenção em você e irá ajudá-lo a superar os momentos mais críticos.
  • Respire fundo: feche os olhos se for necessário. Lembre-se de que as turbulências são mudanças de velocidade das massas do ar e não afetam a segurança do avião.
  • Leve muitos passatempos: que tal um livro do seu escritor favorito, uma revista de passatempos ou algum filme para te entreter? Você também pode pensar em tudo o que te espera quando aterrissar.
  • Use roupas leves: é provável que você transpire e que tudo te incomode, que sinta calor e queira se sentir o menos “aprisionado” possível. A roupa deve ser o mais confortável possível.

enfrentar-medo-andar-de-aviao

E, por último, tente andar de avião acompanhado, se possível, por alguém que já viajou de avião antes. Assim, a pessoa poderá transmitir tranquilidade e você poderá segurar a mão dela quando estiver com medo.