Honrar a memória de uma pessoa amada 

· setembro 13, 2018

Enfrentar a perda de uma pessoa amada envolve grandes desafios; saber como honrar a memória de quem nos deixou é um deles. Muitas vezes, a dor causada por uma perda como esta pode ser enorme.

Assim, as pessoas que estão em luto podem sentir uma grande quantidade de emoções: desde choque, passando pela raiva e pela culpa, até chegar a uma grande tristeza. Agora nós perguntamos: em uma situação de luto, como conservar a memória de uma pessoa querida?

No filme ‘UP – Altas Aventuras’, vemos como Carl Friedricksen tem que enfrentar o falecimento de sua esposa, Ellie. Cheio de tristeza, Carl se arrepende de não ter cumprido um sonho compartilhado por eles: visitar as Cataratas do Paraíso.

Carl é atormentado pela dor diante da morte da pessoa que mais amou em toda a sua vida. Após a morte de Ellie, Carl se torna uma pessoa calada e mal-humorada, pois o luto é muito forte.

Cena do filme 'Up - Altas Aventuras'

Após uma perda

O luto é uma resposta natural diante de uma perda. Falamos de um sofrimento emocional com o qual temos que lidar apesar de toda a ameaça causada pela dor.

Ao analisar um processo de luto, é importante lembrar que cada processo é diferente. Vem marcado pela perda, mas também pelas circunstâncias da pessoa falecida e da pessoa que a perdeu. Assim, o melhor ponto de partida para as pessoas que querem ajudar é evitar as comparações com experiências pessoais.

E mais, uma atitude que nunca ajuda o outro é o desprezo pela pessoa querida que se foi. Só quem sente o luto estima a importância da perda e, em última instância, é quem pode decidir como quer integrar esta ausência em sua história de vida.

Como honrar a memória de uma pessoa querida

No filme UP, o personagem Friedricksen encontra uma forma criativa de processar o luto. Como último presente para a sua falecida esposa, Carl decide realizar a viagem tão sonhada por ambos.

Assim, logo ele planeja uma estratégia para levar a casa dos dois até as Cataratas do Paraíso, lugar que Ellie sempre quis visitar. Só dessa forma ele consegue se reconciliar com a morte da esposa: honrando sua memória.

Existem diversas maneiras de processar um luto. A seguir vamos sugerir várias formas de honrar a memória de uma pessoa querida.

UP - Altas Aventuras

Organize uma doação ou ação caridosa em nome da pessoa amada

Muitas vezes queremos ajudar, mas não encontramos a forma adequada. Ao passar por uma perda, muitas pessoas descobrem que ajudar os demais contribui para a sua melhora.

Então, esta pode ser uma boa ideia. Escolha uma tarefa na qual você se sinta útil, em sintonia com os interesses prévios da pessoa que se foi. Dessa forma, você vai sentir em seus atos um pouco da pessoa falecida.

Deixe que suas emoções respirem

Tente fazer com que as suas emoções respirem. Evite guardá-las, asfixiá-las até não aguentar mais. Pense que as explosões emotivas se caracterizam pela falta de controle, de forma que podem ser inerentes para aqueles que o cercam no momento, ou até para você mesmo.

É importante reconhecer nossas emoções e exteriorizá-las. Uma forma de exteriorizar os sentimentos é escrevendo, por exemplo. Também é possível pintar ou manter um diálogo aberto.

Cerque-se de amor

Em momentos de luto e perda, muitas pessoas caem em um estado depressivo. Mergulham, sem querer, em um estado caracterizado pela falta de esperança, pela apatia e pela tristeza.

A depressão tem diferentes sintomas: sonolência, mudanças de humor e tendência à solidão. Frequentemente a solidão é importante e benéfica: permite que uma pessoa tenha espaço para pensar. No entanto, no caso de um luto, a solidão pode ser nociva. A solidão em depressão tende a causar sentimentos de desamparo e abandono.

A ação leva à cura

Diversos especialistas explicam que o processo de luto tem várias etapas: negação, raiva, depressão e aceitação. Embora algumas pessoas experimentem o luto em etapas, geralmente o processo para honrar a memória de uma pessoa querida não acontece dessa forma.

As pessoas têm dias bons e dias ruins. Lembre-se de ser gentil consigo mesmo enquanto processa o luto. Você não deve desanimar se acordar se sentindo muito mal em um dia, quando acreditava que estava avançando.

Mulher pensando em suas lembranças

Temos aqui algumas sugestões para processar o luto. A primeira delas é a organização e implica as responsabilidades que, por exemplo, podem derivar de um falecimento. Fazer uma lista de tarefas pendentes vai ajudá-lo a se manter organizado e a não se desesperar. 

A segunda sugestão tem a ver com a comunicação com o nosso corpo e a alimentação. Comer de forma saudável vai fazer você se sentir melhor com o seu próprio corpo.

A terceira sugestão é fazer exercícios físicos com regularidade. Comendo de forma saudável e fazendo exercícios, seu corpo vai liberar uma série de hormônios que vão fazer você se sentir melhor.

Controle o ritmo de luto pela pessoa querida

Ao longo do processo de luto, é importantíssimo lembrar que isso não é uma prova. Não se trata de competir com os demais para ver quem melhora mais rápido. O luto leva tempo. 

Não se apresse em se sentir melhor. Cada pessoa tem o seu processo individual. Por essa razão, nem todas as formas de processar o luto vão funcionar para você. Observe o luto como uma oportunidade para se redescobrir: entender qual é a melhor forma de interagir com a perda.