Isso é o que acontece com seu corpo quando você chora

Por que choramos? Por que é uma reação que foi mantida na evolução? Qual é a sua função, além de limpar os olhos quando sentimos que há um elemento estranho? Falaremos sobre o choro e seu papel fundamental em diferentes cenários sociais.
Isso é o que acontece com seu corpo quando você chora

Última atualização: 28 julho, 2022

O choro é uma resposta fisiológica ligada ao mundo emocional (embora nem sempre; pense, por exemplo, nos efeitos de uma cebola). Frequentemente, é uma manifestação do corpo que aparece diante de uma experiência vivida com alta intensidade emocional. Os motivos do choro podem ser diversos, entre eles: tristeza, impotência, alegria, medo.

Receber más notícias sobre um projeto importante, perder um animal de estimação, descobrir que seu irmão será pai pela primeira vez, cruzar-se inesperadamente com uma pessoa que lhe dá medo ou testemunhar uma celebração de amor podem ser gatilhos bastante compreensíveis de um choro

Agora, há algumas questões que não estão tão claras. Por que choramos? Como o corpo se relaciona com as emoções? Qual é o papel do cérebro nesta questão?

Mulher chorando devido a dor
A morte de um dos pais marca um ponto de inflexão na vida de uma pessoa.

Chorar: uma função

Conhecemos pessoas que choram todos os dias, outras que o fazem de vez em quando e outras que têm dificuldade em chorar. No entanto, todos nós precisamos derramar lágrimas para deixar de lado a tensão acumulada dentro de nós. É uma das formas que os seres humanos encontramos para expressar nossas emoções.

Ajuda-nos a regular-nos (teria um papel semelhante ao do suor, molhando a pele e aliviando a sensação térmica, mas a nível emocional). O choro, amortece a dor ou nos permite canalizar a explosão de energia que ocorre após uma grande alegria.

Por sua vez, o choro cumpre uma função social; ao apreciá-lo, é mais fácil para os outros perceberem nosso estado emocional. Ver outra pessoa chorar ativa os neurônios-espelho e nos aproxima do outro. Nosso sistema fisiológico de alguma forma pede ajuda.

O que acontece no corpo durante o choro?

Nem todas as pessoas choram pelas mesmas situações, filmes ou músicas. No entanto, os rostos de todos parecem praticamente os mesmos: olhos vermelhos, líquido escorrendo pelas bochechas, narizes inundados e bocas inclinadas para abaixo. Certamente você já tem uma imagem mental de uma pessoa chorando, porque todos nós sabemos disso.

O choro começa no cérebro

O choro ocorre a partir de uma reação em cadeia dentro do nosso corpo. Um estímulo externo ou interno desperta sinais que são enviados ao nosso cérebro para que ele possa ativar seu trabalho mágico.

O hipotálamo e a amígdala são alguns dos órgãos mais importantes do cérebro, pois é onde ocorre o processo de recepção emocional e a regulação das respostas fisiológicas. É a amígdala que envia o sinal ao hipotálamo para ativar o sistema nervoso.

Uma vez que o cérebro tenha sido notificado do que está acontecendo, o sistema nervoso simpático entra em ação para nos proteger da intensidade emocional ameaçadora. Como ele nos protege? Através do choro. Isso faz com que a abertura entre as cordas vocais inche e pareça apertada, resultando no típico nó na garganta que todos sentimos de vez em quando. Além disso, a frequência cardíaca geralmente acelera e a voz fica trêmula.

choro
O sistema nervoso simpático nos protege através do choro da intensidade emocional que nos ameaça.

Agora sim, as lágrimas começam a fluir

As glândulas lacrimais são pequenas glândulas encontradas abaixo da borda óssea dos olhos. Sua estimulação começa a causar lágrimas que se acumulam rapidamente em depósitos localizados nos cantos internos dos olhos. Quando estes se enchem, as lágrimas começam a escorrer, turvando a visão. Simultaneamente, elas inundam a cavidade nasal.

As lágrimas cumprem uma função protetora, pois contêm um componente chamado lisozima, que impede o aparecimento de bactérias na superfície do olho.

“As lágrimas que são liberadas na superfície frontal do olho durante o piscar, têm a função de limpar e lubrificar o olho.”

-Anton Skorucak-

Por que me sinto melhor depois de chorar?

Permitir-nos chorar livremente quando precisamos é uma resposta inteligente e conveniente para nossa saúde.

Chorar funciona como um analgésico natural, pois nos ajuda a nos sentir mais aliviados. Há uma explicação para isso: as lágrimas que são derramadas contêm adrenocorticotrófico, um hormônio que regula a resposta ao estresse.

Por outro lado, o choro envolve mecanismos que exigem muita energia, por isso é compreensível que nos sintamos exaustos depois de fazê-lo. A liberação de certos hormônios como endorfinas e oxitocina nos ajudam a melhorar o humor e a se acalmar, o que promove a sensação de cansaço a ponto de adormecer.

Pode interessar a você...
Chorar em público: por que não normalizamos de uma vez por todas?
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Chorar em público: por que não normalizamos de uma vez por todas?

Chorar em público ainda é uma situação desconfortável e até mesmo condenável. Nossa sociedade ainda não tolera essa manifestação emocional.



  • Marygrace, T. (2017) This is what happens to your body when you cry. SELF
  • Vélez Romero, S. (2013) ¿Cómo se relacionan nuestros sentimientos con las reacciones de nuestro cuerpo? ¿Por qué reímos? ¿Por qué lloramos?