Ken Wilber: o criador da psicologia integral

· janeiro 27, 2019
Ken Wilber é um dos filósofos mais importantes da atualidade e um dos pensadores mais influentes dos Estados Unidos em relação ao âmbito da consciência.

Kenneth Earl Wilber ou Ken Wilber nasceu em 31 de janeiro de 1949, em Oklahoma. Por sua formação e suas contribuições, ele se transformou em um dos principais pilares da psicologia transpessoal e integral.

Falamos de um prolífico escritor que se interessa por filosofia, psicologia, história, biologia, religião, ecologia e misticismo, entre outras áreas. Seu conhecimento envolve um paradigma emergente.

Além disso, talvez seja um dos pensadores mais influentes. Suas aproximações representam uma nova visão de mundo e, em seus estudos, tenta ir mais além da superfície das hipóteses com que lida.

Wilber realiza uma abordagem filosófica de diferentes disciplinas. É considerado um dos principais pesquisadores atuais sobre a consciência, a psicologia transpessoal e a psicologia integral.

“‘Tenho’ um corpo, mas

‘não’ sou meu corpo.

‘Tenho’ desejos, mas

‘não’ sou meus desejos.

‘Tenho’ emoções, mas

‘não’ sou emoções.

‘Tenho’ pensamentos, mas ‘não sou meus pensamentos’.

Sou o que resta, um puro centro de consciência”.

-Ken Wilber-

Os enigmas do universo

Psicologia integral e Ken Wilber

Wilber desenvolveu uma teoria integral que envolve as verdades de diferentes tradições e disciplinas. Algumas delas são:

  • Aproximações psicológicas.
  • Teorias científicas.
  • Tradições espirituais.
  • Aproximações socioculturais.
  • Teorias filosóficas.

Trata-se de um modelo de consciência na qual se busca o desenvolvimento de uma individualidade saudável, através do crescimento, da potencialização de nossas capacidades, da aprendizagem e da conexão com o mais profundo, com a natureza e com o outro.

Além disso, neste modelo é levantada a questão de saber se é possível alcançar um estado de plenitude a partir do desenvolvimento da consciência. Este desenvolvimento da consciência nos ajudaria a deixar de lado o sofrimento.

No entanto, o modelo integral não é exclusivo da psicologia. Tanto fora como dentro dela, Wilber propõe que as distintas teorias devam se vincular. Ou seja, sugere que deveria haver uma reconciliação das teorias e que estas poderiam ser vinculadas em prol do desenvolvimento humano.

Em sua teoria do modelo integral, Wilber defende que a expressão e o conhecimento de uma pessoa podem ser colocados em um quadrante de 4 módulos chamado Aqual. Os quadrantes são: o intencional, o comportamental, o cultural e o social.

Obras de Ken Wilber

As obras de Wilber ultrapassaram muitas fronteiras, sendo apreciadas em diferentes culturas. Vamos conhecer algumas delas.

  • Psicologia integral. Neste livro, Wilber apresenta um resumo do modelo e de sua concepção da totalidade. Além disso, descreve o crescimento e o desenvolvimento humano a partir de diferentes níveis nos quais podem interagir distintas patologias.
  • A consciência sem fronteiras. O autor faz um percurso pelo espectro da consciência humana. Além disso, tenta explicar a angústia do ser humano e a fratura atual da identidade.
  • Uma breve história do universo. Trata-se de um dos textos mais recentes do autor. Aborda os temas de sexo, alma e espírito, questionando-se sobre o lugar que ocupamos. Além disso, mostra as fases da evolução e trata sobre temas atuais levando à reflexão.
  • O olho do espírito. Wilber analisa as três esferas do conhecimento: o reino empírico dos sentidos, o reino racional da mente e o reino contemplativo do espírito.
  • Trump e um mundo pós-verdade. É um livro baseado numa reflexão que questiona como chegamos a este momento. Além disso, propõe diferentes soluções para fechar a grande fratura social atual.
De olhos fechados

Ken Wilber propõe uma ferramenta ou modelo amplo e profundo, baseado na transcendência, para a compreensão do mundo. Com seu pensamento, nos convida a experimentar os acontecimentos, tanto físicos como mentais, a partir de outro ponto de vista.

Este autor se concentra em questões especialmente transcendentais. Sua teoria nos permite abordar um novo paradigma sobre a concepção do universo, resgatando e reconciliando tradições e teorias. Nas palavras de Roger Walsh, professor australiano de psiquiatria:

“Ken Wilber é um dos maiores filósofos deste século, e possivelmente um dos maiores teóricos da psicologia de todos os tempos”.

Sua teoria, suas obras, seus relatos, seus vídeos e outros materiais estão disponíveis para consulta. Para isso, este autor tem seu próprio site. Um maravilhoso espaço interativo para explorar.

  • Wilber, K., & Raga, D.G. (2000). Una visión de la psicología. Alamah.