Lendas da paixão: uma busca por novas emoções

Amor, guerra, ciúme, ressentimento e traição estão presentes em Lendas da Paixão. Uma história que capta a atenção do espectador graças à sua grande emocionalidade.
Lendas da paixão: uma busca por novas emoções

Última atualização: 14 Janeiro, 2022

Lendas da paixão é um dos clássicos do cinema que mais se destaca no gênero drama. Baseado no romance de Jim Harrison, ele exemplifica perfeitamente o que conhecemos na psicologia como abertura à experiência.

Para as pessoas que gostam de temas relacionados à Primeira Guerra Mundial, esta obra se encaixa nos padrões de amor em tempos de guerra. O filme ganhou o Oscar de melhor fotografia e foi muito bem recebido pelo público quando foi exibido nos cinemas.

Neste artigo veremos alguns aspectos relevantes de uma das superproduções americanas mais famosas da história.

O contexto de Lendas da Paixão

O diretor Edward Zwick apresenta a história de um soldado, o coronel Ludlow (interpretado por Anthony Hopkins) que cria os três filhos, Alfred, Tristan e Samuel, em um rancho em Montana.

Algum tempo depois, o último deles apresenta sua linda namorada Susannah à família. Os irmãos são cativados pela beleza da jovem, de tal forma que Tristan se apaixona profundamente, mesmo sabendo que este é um amor proibido.

Para fugir da tentação, Tristan, interpretado por Brad Pitt, decide viajar por diferentes partes do mundo para tentar esquecê-la; no entanto, essa não será uma tarefa fácil, à qual ainda se somará a perda do irmão na guerra.

O que o filme Lendas da paixão tenta nos mostrar? Fundamentalmente o conflito interno que surge quando as emoções nos convidam a trilhar um caminho que rejeitamos racionalmente.

No fundo esse filme mostra uma experiência maravilhosa, cheia de sentimento, drama e ação. Um enredo comovente com diferentes personalidades e diferentes maneiras de idealizar o amor. Ele mostra como uma mulher pode mudar o destino de vários homens, sendo Susannah o eixo dinâmico da história.

“O proibido é muito mais gostoso”.

-Dochanlu-

Um melodrama de coração e emoção

Qual é o segredo para entender Lendas da paixão? Não se trata de avaliar apenas a narração da história e a ótima interpretação dos atores, mas sim de compreender a ideia de um amor proibido, aquele que pode ser tentador e, por sua vez, conflituoso. Portanto, mostraremos três pontos essenciais para entender a história do filme:

  • Ele apresenta a estética e a personalidade dos antigos colonos do western americano, um conceito que nos transporta ao gênero clássico por excelência. A história está ambientada em um contexto histórico no qual a essência patriótica está profundamente enraizada na vida das pessoas.
  • O espectador espera que Tristan e Susannah possam finalmente viver o amor que os une. Existe uma química especial entre eles que pode ser considerada uma verdadeira paixão. Assim, o filme faz com que possamos, em algum momento, chegar a sentir o mesmo que este jovem; entretanto, sempre surgem obstáculos ou outros problemas que impedem que a relação se desenvolva.
  • Por ser um melodrama com emoções intensas, a trama nos leva a ter empatia com Tristan a respeito desse amor proibido e que ele precisa tirar da cabeça; mas, por outro lado, isso não é uma tarefa fácil. Esse se torna um tema recorrente no cinema por despertar as emoções do espectador e prendê-lo à tela para saber qual será o desfecho, segundo Natalia Álvarez García, especialista em psicologia da paixão no cinema.
Homem chorando com uma mulher.

Um filme com essência romântica

O valor importante de Lendas da paixão é a própria essência da história. Os elementos românticos estão muito presentes, afinal, essa é a espinha dorsal de todo o argumento. Além disso, são abordados diferentes conceitos relacionados entre si: ciúme, ressentimento, amor, guerra, paixão, etc. A partir deles é feita a construção da história.

No entanto, é preciso apontar outros dois fatores que potencializam a fama deste filme. Por um lado a fabulosa fotografia (que garantiu uma premiação no Oscar), e por outro é preciso destacar a bela trilha sonora composta por James Horner. Com ela a emoção e o amor são representados de forma acertada, despertando no espectador a sensação da relação estabelecida pelos amantes.

Em suma, Lendas da paixão é uma referência para o gênero dramático, no qual são combinados diferentes tipos de emoções sem esquecer da força expressiva de uma história extraordinariamente emocional.

Pode interessar a você...
5 filmes que vão abrir a sua mente e alma
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
5 filmes que vão abrir a sua mente e alma

Esses filmes irão abrir a sua mente e alma, explorando a psicologia humana e existencial. A experiência proposta provoca impacto e reflexão. Descub...



  • García, N. Á., Fernández, M. A., Laspra, A. F., & Apablaza, C. G. C. (2010). Psicología del enamoramiento y cine: análisis fílmico en clave psicoeducativa. International Journal of Developmental and Educational Psychology, 4(1), 289-297.
  • Gubern, R. (2016). Historia del cine (Vol. 692). Anagrama.
  • Pinto, B. (2012). Psicología del amor. Primera Parte: El Amor en pareja. La Paz: Departamento de Psicología de la Universidad Católica Boliviana “San Pablo.