O que é a liderança consciente?

· agosto 20, 2018

A liderança consciente é baseada na figura de um líder que sabe identificar e estimular a importância de todos os aspectos no ambiente de trabalho, assim como manter a atenção em todas as etapas do processo de trabalho ao mesmo tempo.

Essa ideia é oposta à figura clássica do empresário sem escrúpulos, cujos interesses são limitados às suas contas bancárias e os benefícios econômicos que podem tirar de qualquer situação, passando por cima de quem e do que estiver no caminho.

Essa figura do chefe e seus resultados, que costumam estar presentes em casos reais, fizeram com que muitas empresas tentassem um caminho alternativo. A nova filosofia de muitas companhias pretende evitar o colapso dos nossos sistemas naturais e humanos, que estão correndo um grave perigo devido a uma enorme irresponsabilidade de nossa sociedade.

O que é exatamente uma liderança consciente?

Estar em uma posição de liderança em uma organização não é uma tarefa simples, já que isso demanda um grande número de habilidades, tempo e energia. Por isso, frequentemente quem exerce esse tipo de função cai na armadilha de focar toda a sua energia na obtenção de resultados, deixando de lado tanto a sua vida pessoal quanto qualquer possibilidade de equilíbrio, e o resto das necessidades de sua equipe e da organização como um todo.

Exercer uma liderança consciente no trabalho

Um líder consciente é aquele que mantém sua atenção em todos os aspectos ao mesmo tempo, reconhecendo a importância de cada um deles. Isso tanto no que diz respeito ao desenvolvimento das atividades da sua organização quanto ao crescimento pessoal próprio e de seus colaboradores.

Um líder consciente deve saber complementar a busca dos seus interesses pessoais com o bem-estar da sua equipe de trabalho.

Essa ideia faz com que a liderança consciente esteja fortemente relacionada com o conceito de mindfulness, que é definido como a capacidade de uma pessoa prestar uma atenção plena a todo e a cada um dos elementos que estão formando o momento presente.

Essa habilidade se torna especialmente relevante quando estamos falando de uma responsabilidade social, já que permite que os líderes estejam cientes das transformações do seu entorno para encontrar a melhor forma de interagir com ele.

A liderança consciente, no entanto, vai muito além de conhecer o ambiente e ser reconhecido por todos que nele estão. Trata-se de um método para olhar, também, para si mesmo.

Segundo essa filosofia, nenhum líder pode estar genuinamente preocupado com o bem-estar de sua equipe sem ser plenamente consciente de suas próprias necessidades e buscar sua própria sensação de bem-estar.

Claro que isso não quer dizer que um líder consciente lute por seus interesses sem se importar com todo o resto, passando por cima de qualquer coisa. Simplesmente significa que, para ser realmente sensível às necessidades humanas, é preciso se identificar com elas.

7 características da liderança consciente

Para poder mostrar uma ideia mais clara do que é a liderança consciente e de como aplicá-la ao dia a dia no ambiente de trabalho, essas são algumas das principais características que um líder consciente deveria mostrar:

1. Trabalhar e escutar

Os líderes conscientes se dirigem a sua equipe, mas também a escutam, tanto de uma maneira grupal, em reuniões de equipe, quanto de forma individual. Dessa forma, é possível conhecer de maneira mais profunda o que cada pessoa quer dizer e mostrar, e o que cada pessoa pode trazer como contribuição.

2. Ensinar com o exemplo

Mandar é uma tarefa muito fácil, mas se você quiser realmente que sua equipe o siga, é preciso ser consciente de que você deve dar o exemplo e ser o primeiro a fazer o que está pregando.

3. Promover a colaboração entre os colegas

A competitividade não é uma variável negativa para alcançar os objetivos individuais e comuns quando ela gera rendimento grupal, não cria conflitos nem deteriora a comunicação. É importante saber gerir os conflitos que eventualmente podem surgir entre os membros do grupo, a maioria deles sujeitos a aspirações diferentes de cada um de seus membros.

Colegas no ambiente de trabalho

4. Observar o ambiente com atenção

Para um líder, é importante estar em ação, mas para um líder consciente também é importante a capacidade de olhar com perspectiva e observar o que está acontecendo ao seu redor a partir de diferentes ângulos. Muitas vezes isso dará a oportunidade de ver outras opções, reconciliar posições e trazer novas ideias.

5. Ser claro na tomada de decisões

É fundamental que a equipe veja segurança nas decisões tomadas. Essa é uma das grandes características dos líderes conscientes, já que dessa forma não surgirão dúvidas em relação aos objetivos que a equipe de trabalho está perseguindo.

6. Ser assertivo

Um líder consciente deve ser assertivo, ou seja, deve expressar seus pensamentos e desejos de forma honesta e simples para que cada membro de sua equipe saiba o que se espera deles. Isso ajudará a ter confiança e clareza no ambiente de trabalho.

7. Ser consciente dos próprios erros

Esse é, talvez, um dos pontos mais difíceis, mas imprescindíveis para que possamos falar de uma liderança consciente. É importante que o líder seja um guia, uma referência, mas que também seja humano e que os outros percebam e sejam conscientes desse lado da pessoa.

Como vimos, uma liderança consciente reúne muitas características que são ótimas para as empresas. São muito valiosas porque são capazes de cumprir os objetivos determinados cuidando também da saúde da relação do grupo e utilizando os obstáculos presentes e superados como uma oportunidade para que o conjunto nunca se esqueça do objetivo do todo.