Liderança e identidade social - A Mente é Maravilhosa

Liderança e identidade social

Fevereiro 8, 2018 em Psicologia 35 Compartilhados
Liderança e identidade social

O que significa ser um líder? Ao longo da história, muitas pessoas se destacaram por sua capacidade de liderança das massas. Entretanto, uma das perguntas feitas pela psicologia social é o motivo desse artigo. As vertentes clássicas do estudo da liderança tentaram encontrar uma série de características que formavam o líder e as razões pelas quais se identificam com ele. Entretanto, há muita variabilidade entre os diferentes líderes para que seja construída uma classificação única. No entanto, uma visão menos centrada no indivíduo, que seja orientada para processos de grupos sociais, ajudará a entender melhor a questão. Devemos avaliar, por exemplo, a relação entre liderança e identidade social.

John Adair disse uma vez que a palavra mais importante para um líder é “nós” e a menos importante é “eu”. Essa observação revela um ponto de vista da identidade social. A liderança é mantida através de um “nós”, um grupo que nos une e nos leva ao mesmo objetivo. Dessa forma, os seguidores abandonarão seus interesses pessoais e agirão em favor do grupo.

Antes de explicar como o líder nasce através de processos grupais e identidade social, analisaremos as perspectivas clássicas do estudo da liderança. Dessa forma, teremos uma visão mais completa de todos os aspectos envolvidos no processo de liderança.

O que você precisa saber sobre a liderança

Abordagens clássicas da liderança

Quando falamos sobre abordagens clássicas da liderança, estamos nos concentrando na idéia do “Grande Homem” e de sua personalidade. Essa concepção remonta, pelo menos, aos escritos de Platão, em busca da substância que constitui o líder. A discussão sobre a personalidade ou suas características está em curso há cerca de 2500 anos.

Em geral, nessa perspectiva, entende-se que o líder possui grandes capacidades para direcionar, gerenciar e motivar o restante das pessoas. Além disso, ele geralmente é reconhecido por uma característica essencial, chamada “carisma“. Mas o que é o carisma? Ao longo da história, essa característica recebeu muitos significados extremamente variados. Inclusive, isso deu origem a definições tautológicas, como esta: “o carisma faz um líder e ser um líder é ter carisma”.

O maior problema que decorre dessas perspectivas é a heterogeneidade que podemos encontrar entre os líderes. Vários estudos foram realizados analisando semelhanças entre os líderes. Além disso, esses estudos procuravam definir quais características faziam alguém se tornar um líder ou não. Entretanto, os resultados não oferecem conclusões claras. A variável que melhor prevê a liderança é a inteligência, que representa 5% da variância, mas 95% da variância seria causada por variáveis que não conhecemos.

Portanto, a identidade pessoal é um mecanismo pobre para prever a liderança. No entanto, podemos ver o que acontece se observarmos a identidade do grupo ou a identidade social do líder.

Liderança e identidade social

Em primeiro lugar, se você não está bem versado no que os processos de autocategorização e identidade social significam, você pode clicar neste link. Conhecer essas teorias irá ajudá-lo a compreender em maior profundidade o que explicamos abaixo.

Um aspecto essencial para alguém ser um líder é ter seguidores que o reconheçam como líder, seja de forma implícita ou explícita. Ou seja, por trás de cada líder existe um grupo, que terá sua própria identidade de grupo. Essa identidade será refletida em uma série de características e objetivos que definem o grupo. Por isso, os indivíduos dentro dele serão identificados com uma grande parte de tais características.

Liderança dentro da sociedade

Então, se os seguidores são aqueles que escolhem o líder, em que se basearam para determinar a liderança? É fácil imaginar que, se os seguidores tiverem sua identidade social ativa, procurarão alguém que represente as características e objetivos do grupo. Na sua busca, compararão os postulantes ao posto de líder com a identidade do grupo. Só então um deles se destacará por ser o protótipo exato do grupo, e muitos seguidores vão vê-lo como chefe do grupo.

O líder é aquele que carece de identidade pessoal do ponto de vista dos seguidores. Todo o seu ser representa o grupo. Isso o torna a pessoa ideal para desempenhar esse papel. Afinal, se ele é igual ao grupo, não pode ir contra os interesses do grupo. Além disso, quando todos os membros compartilham uma identidade de grupo, haverá uma forte identificação e empatia com o líder.

Esse novo ponto de vista supera as deficiências dos modelos de liderança clássicos. O fato de explicar o líder de cada identidade de grupo específica nos ajuda a entender a existência da grande variabilidade entre os diferentes líderes. Mas ainda assim, há muito para investigar e muitos processos para compreender dentro dos mecanismos de liderança.

Recomendados para você