As 5 melhores frases de Ernesto Sábato

· maio 31, 2018

As frases de Ernesto Sábato costumam ser citadas pela inteligência e sensibilidade que transmitem. Não poderia ser de outra maneira, com um escritor que está entre os mais lidos e amados da literatura contemporânea.

Ernesto Sábato nasceu na Argentina em 1911.Curiosamente, ele se formou em Física, mas a vida foi levando-o pelo caminho da literatura e foi essa a área em que se consagrou. Também foi pintor, ensaísta, e uma das mentes mais lúcidas do século XX.

“Ler proporcionará um olhar mais aberto sobre os homens e sobre o mundo, e irá ajudá-los a rejeitar a realidade como um fato irrevogável. Essa negociação, essa sagrada rebeldia, é a rachadura que abrimos sobre a opacidade do mundo. Através dela, podemos filtrar uma novidade que alente o nosso compromisso”.
– Ernesto Sábato –

As frases de Ernesto Sábato são marcantes e maravilhosas. Em cada uma delas está um mundo inteiro. Na verdade, existem várias obras que coletam o seu pensamento em forma de axiomas, como é o caso de ‘O escritor e seus Fantasmas’. Estas são algumas de suas extraordinárias afirmações.

1. Uma das frases de Ernesto Sábato sobre o passado

Uma das frases de Ernesto Sábato diz o seguinte: “O presente engendra o passado”. Ele disse isso como físico, como escritor e como pensador. Trata-se de uma frase profunda e misteriosa que resume uma teoria onde se expõe que o presente explica o passado.

Nós evocamos o passado não como ele foi, mas como sentimos que foi no momento atual. A memória é criativa e, fundamentalmente, afetiva. Se você está em um mau momento, provavelmente escolherá lembrar dele com melancolia e raiva. Se você se sente bem, as suas lembranças chegarão como uma sucessão de evocações que conduziram a algo positivo.

Homem com casa de pássaro na cabeça

2. Um homem que canta

Esta é uma das mais belas frases de Ernesto Sábato. Diz: “O mundo nada pode contra um homem que canta na miséria”. Significa que a maior força de um ser humano é a de se manter bem, mesmo que seja no meio das situações mais difíceis.

É nos momentos mais complexos que se revela a força que existe no ser humano. Se os maus tempos não conseguem estilhaçar a sua vontade, tal como diz Sábato, nada no mundo poderá ir contra você.

3. A grandeza da bondade

A bondade é uma virtude complexa e maravilhosa, mas também difícil de definir. Poderíamos dizer que se trata de uma certa disposição a fazer o bem aos outros, a se compadecer do sofrimento alheio e a realizar contribuições construtivas de coração.

Com respeito à bondade, uma das frases de Ernesto Sábato diz: “Na bondade estão todos os gêneros da sabedoria”. Ele tem toda razão. Quem consegue cultivar a virtude da bondade com certeza teve que passar por muitas experiências difíceis. Só dessa forma acumula-se a sabedoria suficiente para ser bom por convicção.

4. A leitura

A leitura foi uma das grandes marcas na vida de Ernesto Sábato. Foi a leitura a que o levou a mudar o rumo da sua vida e se dedicar completamente à arte, e a filosofar sobre o mundo. Por isso o escritor argentino sempre insistiu com veemência na importância da leitura.

Mulher lendo livro

A respeito disso, esta frase adverte: “Ler aumentará o desejo e o horizonte da vida”. O ato de ler vai muito além de uma experiência intelectual. A leitura tem o poder de modificar a mente e as emoções de quem lê. Como diz Sábato, com a leitura amplia-se a visão, amplia-se a perspectiva da vida e o indivíduo nunca mais voltará a ser o mesmo.

5. O que é um criador?

A criação é uma das funções superiores dos seres humanos. Inaugurar algo novo, em qualquer área, é um acontecimento que marca um antes e um depois. Sábato define os criadores da seguinte maneira: “Um criador é um homem que, em algo ‘perfeitamente’ conhecido, encontra aspectos desconhecidos. Mas, sobretudo, é um exagerado”.

Com isto, ele quer dizer que aquilo que define um indivíduo criativo é a capacidade de olhar de uma maneira diferente o mundo. Isso implica, portanto, um processo de observação e exploração que não passa por estranhos mundos, mas se detém no cotidiano para ir além daquilo que é aparente. Por sua vez, implica uma exageração, porque o criativo dá ao detalhe uma grande importância. Porque ele vê o mundo em termos superlativos.

Ernesto Sábato é um dos escritores mais interessantes da América Latina. Misterioso, agudo e imaginativo. Ler a sua obra é uma verdadeira delícia. Trata-se de um desses criadores que vieram ao mundo para deixar uma marca eterna.