No tempo do Advento

No tempo do Advento

Última atualização: 12 Dezembro, 2021

Não sou especialmente religioso. Considero a questão da fé religiosa algo que deve ser interpretada por cada um, à sua maneira. Isso não significa que  não esteja entusiasmado com as tradições. Gosto da época do Advento e gosto do Natal pela alegria típica dessas datas.

Estou entusiasmado por ouvir daqueles que não vemos ou ouvimos tanto, me alegro em dezembro e me arrependo em janeiro; do excesso de compras e do fato de esquecer a balança.

Os dois lados do Advento e Natal

Mas também fico triste porque as festas são nostálgicas. Lamentamos o que perdemos e ansiamos pelo que talvez nunca possamos alcançar, estou furioso com a leveza humana nos tempos do Advento…

Família reunida em tempos de advento

Não estou culpando a festa do Natal nem nada parecido, e o que me enfurece é a certeza de que você tem tudo tão claro quanto eu… Você percebe que naqueles dias antes do Natal, todo mundo parece mudar de temperamento e intenções?

Meu colega rabugento parece ter recebido uma dose maior de doçura, os entristecidos ficam mais alegres de repente, e aqueles que nunca se lembram de você reaparecem da noite para o dia.

Todos estão decididos a ser generosos com os presentes, e até mostrarão um pouco de generosidade com os moradores da rua… É o tempo do Advento. Não é difícil ser generoso com outra pessoa.

“O Natal não é uma data… É um estado de espírito “

-Mary Ellen Chase-

Generosidade não tem data

A generosidade está presente em muitos níveis da existência. Você pode ser generoso quando passa um tempinho ouvindo outra pessoa, quando se interessa pelas pessoas ao seu redor, quando, longe de virar o rosto, está disposto a enfrentar as misérias da vida e dar dinheiro a quem precisar, mesmo que essa pessoa não irá melhorar sua vida com isso, mas de alguma forma você a lembra, que alguém pode se importar com sua existência.

O fato de tocar a vida de alguém, e não deveria ser apenas durante um tempo, apenas algumas semanas em que contamos os dias que faltam para a chegada do Natal. Pois a  tristeza e a solidão não acabam, nem o abandono, nem mesmo o desemprego ou a falta de dinheiro para muitos.

Longe de nos enchermos de resoluções de Ano Novo, que dificilmente cumprimos, por que não pensar no que podemos fazer com o nosso grão de areia? Você já pensou em doar um tempinho por semana para ser voluntário? Pensou em doar um pouco, mesmo um real, para aliviar a fome nos tantos lugares onde as pessoas vivem com a escassez no dia a dia?

Criança com presentes de natal

Pequenos gestos ao longo do ano

E, sem ser mais poéticos, vamos trazer o espírito do Advento para mais perto, não alguns dias de dezembro, mas muitos dias do ano… Assim é como deveria ser.

“Honrarei o Natal em meu coração e tentarei conservá-lo durante todo o ano” –

Charles Dickens

Passe mais tempo com seus filhos, ouça mais seu parceiro, visite seus pais, esqueça as ofensas que te fizeram e entenda que perdoar é algo saudável para você.

Talvez você deva pensar em manter esse entusiasmo natalino e ser mais tolerante. Você pode tentar não ficar tão zangado, ser menos crítico, estar mais perto de seus amigos e familiares.

Assim, você será capaz de incorporar o verdadeiro espírito do Natal, Trate os outros como gostaria de ser tratado. Perceba que não é a época, que dia a dia você pode ser tão especial quanto durante os dias do Advento. Tudo é possível se você estiver disposto a pensar em outra pessoa que não seja você mesmo.

Pode interessar a você...
Você dá o significado ao Natal
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Você dá o significado ao Natal

Muitas empresas ou pessoas tentam nos dizer o que o Natal significa. No entanto, é você quem dá o significado ao Natal.