O poder da música – A mente é maravilhosa

O poder da música

maio 20, 2015 em Emoções 0 Compartilhados
música

Diz um antigo ditado que “a música amansa as feras”, e tem um efeito poderoso sobre nós. Você está andando na rua, imerso em seus problemas cotidianos e de repente ouve uma música; poucos acordes são suficientes para iniciar uma viagem no tempo e trazer ao presente lembranças já esquecidas. Uma melodia simples é capaz de despertar suas emoções, trazer um sorriso para o seu rosto e esquecer por alguns momentos as preocupações do dia a dia.

Oscar Wilde disse que: “a arte da música é a que mais se aproxima das lágrimas e das recordações”. A música não é um recurso que deve ser usado apenas para despertar nossos sentimentos, mas também para promover a aprendizagem e melhorar a memória. Estas conclusões são o resultado de vários estudos que pesquisadores do mundo todo fizeram a respeito do efeito que a música exerce sobre nós.

A música é um recurso muito proveitoso

Uma pesquisa recente realizada pela Alluri demonstrou que a música ativa grandes áreas do nosso cérebro. Quando ouvimos uma música, as áreas auditiva, límbica e motora são ativadas, independentemente do estilo musical que ouvimos.

O compositor argentino Léon Gieco disse que “a música é uma coisa ampla, sem limites, sem fronteiras e sem bandeiras”. Essa universalidade faz com que a música seja utilizada como um recurso na aprendizagem de línguas estrangeiras. Chegou-se a essa conclusão depois de observar um grupo de pessoas que estudavam húngaro. A experiência revelou que os alunos que aprendiam esse idioma cantando as frases obtinham um melhor resultado. Esses estudos levaram os pesquisadores a considerarem que a música é um incentivo para o cérebro e melhora a nossa memória.

Música para viajar no tempo

Outra revelação científica confirma um fato que todos nós já conhecemos. Para viajar no tempo, especialmente quando queremos evocar memórias da nossa adolescência, que é uma das fases mais marcantes da vida das pessoas, usamos a música. De acordo com os dados publicados pela Krumhansl & Zupnick, as músicas da nossa adolescência nos transportam no tempo imediatamente. Não é preciso ouvir nossa música favorita para iniciar essa viagem por nossa memória, mas basta ouvir as notas de qualquer música que associemos a essa fase da nossa vida.

Segundo Krumhansl, “a música transmitida de geração em geração forma as nossas memórias autobiográficas, preferências e reações emocionais”, um fenômeno que chamamos de choque de reminiscência. Estas novas descobertas mostram a influência da música na infância.

Portanto, desfrute e aproveite ao máximo o poderoso efeito da música em nossas vidas. Como disse Nietzsche, “sem a música a vida seria um erro”.

Recomendados para você