5 passos para ajudar a si mesmo se você se sente deprimido

5 passos para ajudar a si mesmo se você se sente deprimido

26, maio 2016 em Emoções 97 Compartilhados
Sentir-se deprimido

Sentir-se deprimido é muito desagradável e doloroso. Você se sente desmotivado, sem energia, sem vontade de estar com outras pessoas. Isso tudo é combinado com o desespero, o sentimento de culpa, a desconfiança, a falta de esperança e a exaustão física e mental.

Nessas circunstâncias, você também muda a maneira de pensar e de ver o mundo, que é apresentado como um lugar inóspito e hostil. O medo não deixa pensar com clareza.

Você pode recuperar o controle

Muitas pessoas acreditam que a depressão só é solucionada com remédios e com tratamento especializado. No entanto, para chegar a uma depressão clínica que precise disso é preciso ter passado por muita coisa. Se você é capaz de combater seus estados depressivos a tempo, será possível recuperar o controle e superar um mau momento.

mulher-triste-tempestade

Porque maus momentos todos nós temos. O problema é que em muitos círculos não é bem visto dizer que se sofre de algum mal, que se sente deprimido e triste. Mas a tristeza não é má, ainda que seja mal vista. Em qualquer caso, superá-la ou não está em suas mãos, e você não pode deixar nas mãos dos outros ou esperar que passe sozinha, como se fosse uma questão de ter sorte ou não.

A depressão como algo aprendido

A atitude perante a vida é algo que aprendemos, algo cultural ou aprendido socialmente. Os estereótipos, a educação recebida de nossos pais, a observação do nosso entorno ou as crenças que assimilamos possuem um papel fundamental em nossa maneira de agir.

Se somamos a isso o estigma que significa para muitos a depressão, nos encontramos com uma bomba difícil de se manipular e desativar. Para recuperar o controle temos que reaprender e ser críticos, aprender maneiras de se comportar e de reagir às circunstâncias e amar mais a nós mesmos.

Como você pode ajudar a si mesmo se está deprimido

Quando você sente que o mundo está indo para baixo é muito fácil deixar-se levar, e inclusive recorrer a medicamentos. Mas os medicamentos não vão solucionar seus problemas. Quando seu efeito passar, os problemas seguirão aí, e pode ser que inclusive tenham piorado. Em qualquer caso, o tratamento com remédios deve ser prescrito por um especialista e acompanhado de uma terapia adequada.

Talvez você não possa controlar os acontecimentos, mas é possível sim decidir o que fazer com eles. A seguir veremos algumas estratégias para superar o estado depressivo para que você possa se sentir melhor.

1 – Admitir

Não se envergonhe e reconheça que se sente mal, que está triste, que sente que seu mundo está indo para baixo. Não é preciso dizer isso aos quatro ventos, apenas admitir. É algo natural, e não há nada de errado com isso.

Certas pessoas vão dizer coisas como “não chore”, “tá tudo certo”, ou cair em outros tópicos e frases clichês. Mas você tem o direito de se sentir assim simplesmente porque você se sente assim. Não tem do que se envergonhar. Além disso, passar por um mau momento não significa que você tenha depressão.

Depende de você tomar medidas para que isso não aconteça e sua situação não piore. Em qualquer caso, o primeiro passo é reconhecer como você se sente.

menina-sentada-com-expressão-triste

2 – Não se concentre no negativo

Depois de reconhecer que você se sente deprimido você começa a se libertar. Em estados depressivos, temos a tendência a nos concentrar no negativo como algo permanente, e a considerar o que é bom como algo temporal e efêmero. Agora que você já sabe, mude o chip.

Se você se sente mal, será o negativo o que mais vai pesar na sua mente. Não se concentre nele, simplesmente deixe que passe e tente descobrir detalhes positivos ao seu redor, por mais sutis e efêmeros que pareçam. Demonstre gratidão por essas pequenas coisas, não importa o quão pequenas sejam. Isso lhe ajudará a não se concentrar no negativo.

3 – Mova-se

Em estados depressivos, somos invadidos por um grande peso que dificulta nossos movimentos e nossas atividades. Queremos nos esconder, mas isso apenas alimenta a negatividade e piora o nosso estado de ânimo.

No entanto, se lutamos contra essa reação e nos colocamos em movimento, o estado depressivo começa a desaparecer. De fato, foi demonstrado que o exercício intenso é muito mais eficaz contra a depressão do que os medicamentos, especialmente se o exercício é feito ao ar livre e com luz solar.

O exercício não apenas ajuda a oxigenar o cérebro, mas também ajuda na produção de hormônios que nos fazem sentir bem e que nos ajudam a lutar contra os efeitos da negatividade e da tristeza.

4 – Coloque em prática técnicas de gestão do estresse

O acúmulo de estresse nos esgota até o ponto que nos faz sentir deprimidos. Poderíamos dizer que um cérebro deprimido é um cérebro estressado. Nesse sentido, o estado depressivo não seria o resultado de pensar negativamente, mas sim da acumulação prolongada de pensamentos negativos e estressantes.

Por isso, aplicar técnicas de gestão do estresse pode ser muito benéfico para superar a depressão e sentir-se melhor dentro de pouco tempo.

5 – Tomar medidas sem pensar no porquê

mulher-cabelo-loiro-espigas

Não caia na armadilha de tentar racionalizar seus sentimentos ou a forma como os conselhos anteriores irão ajudá-lo. Não importa quais motivos o levaram a esse estado. São águas passadas. Agora você tem que tentar sair daí. Também não tente entender por que os exercícios ou a gratidão podem te ajudar, ou qualquer outro conselho que tenhamos dado. Basta colocá-los em prática. Mal não vai fazer.

De qualquer maneira, é normal se sentir assim. O estado depressivo fecha nossa mente e nos torna desconfiados. Mas se você procurar no fundo do seu coração, vai encontrar uma luzinha que diz: “tente, você não tem nada a perder”.

Recomendados para você