Gosto das pessoas que deixam marcas sem precisar ferir

Gosto das pessoas que deixam marcas sem precisar ferir

Março 7, 2017 em Emoções 4295 Compartilhados
Gosto das pessoas que deixam marcas sem precisar ferir

Gosto das pessoas que deixam marcas sem precisar ferir. Pessoas que ganharam um espaço no nosso coração. Elas nos ensinaram o valor da amizade, nos ensinaram a saborear a sinceridade e a poder confiar. Graças a todas essas pessoas especiais nós fomos enriquecidos e pudemos sentir a verdadeira felicidade. No entanto, não temos sido justos com nenhuma delas.

Estamos cheios de marcas dessas pessoas que esquecemos rápido demais. Não porque não apreciamos tudo que vivemos do lado delas ou porque não demos importância ao quanto saímos fortalecidos graças ao apoio que elas nos deram, mas sim porque demos uma maior relevância a todas as pessoas que, de algum modo, nos machucaram.

Pessoas que deixam marcas em forma de cicatriz

Temos que saber diferenciar aquelas pessoas que nos fazem sentir bem das que nos fazem sentir mal. No entanto, a decisão de soltar as mãos, de nos afastarmos ou de simplesmente desaparecer nos sufoca. Nós permitimos que elas brinquem com os nossos sentimentos, que continuem nos tratando mal. Temos consciência do caminho que temos que tomar, mas a culpa e os medos nos fazem duvidar.

Damos muito mais importância ao que nos marca de forma negativa. Talvez isso aconteça porque é nestes momentos de tristeza, depressão ou verdadeiro horror que começamos a valorizar e a apreciar o que temos. Pense nas vezes em que você esteve muito doente, com gripe, sem poder sair da cama. Não é verdade que então você valoriza aqueles momentos em que você está bem? No entanto, quando você já não está mal, essa sensação se difunde: o que é habitual ganha pó, mascara o que na realidade é extraordinário.

mulher-reflexo-vidro

No caso das relações, acontece exatamente o mesmo. As pessoas que deixam marcas em forma de cicatriz tendem a permanecer por mais tempo na nossa memória. Fazemos com que elas sejam responsáveis pelo nosso mal-estar, focamos muito no que elas originaram, no que elas nos fizeram sentir. Isto ocorre dessa forma porque o que vivemos graças a elas é negativo e o nosso instinto de sobrevivência continua ecoando na forma de memória, caso o destino volte a nos colocar em uma situação semelhante.

Mas é para as pessoas que deixam marcas, não cicatrizes, que deveríamos dar toda a nossa atenção. Agradecendo tudo que fomos capazes de aprender sobre nós mesmos graças a essas pessoas. Tendo consciência do quanto elas contribuíram para a nossa vida, sem nos tirar nada. Não é necessário sofrer ou ter uma ferida para que alguém nos marque. As melhores marcas são sutis, perceptíveis apenas para quem sabe apreciá-las.

As marcas de quem vale a pena

Vale a pena focar em todos aqueles que deixaram algo bom em você. No entanto, não servirá de nada fazer isso com os que lhe fizeram mal e se aproveitaram de você, caso já os tenha afastado da sua vida. Talvez porque se você agir assim, acabará se transformando em alguém cheio de tristeza que mais cedo ou mais tarde irá desenvolver um rancor profundo.

Pergunte a si mesmo: “que tipo de marca eu quero deixar?”. Porque assim como há pessoas que deixam marcas sem ferir, nós podemos nos transformar em pessoas que também deixam marcas sem causar feridas. Não dar importância a todas as pessoas que valem a pena pode ser o início de uma ferida que você deixará nos outros e que irá se transformar em uma enorme cicatriz.

coroas-de-flores

Embora pareça complicado deixar ir as memórias inundadas de dor, a verdade é que existem atalhos para conseguir fazer isso. Basta fechar os olhos, escutar o seu corpo e se deixar levar pelo que você deseja, por aquilo que faz você se sentir bem. De repente, essas pessoas que deixaram um cicatriz em você irão desaparecer e serão substituídas por aquelas que só lhe trouxeram coisas boas.

O normal é que você não seja o alvo de nenhum ser malvado, nem que tenha apenas cartas de infortúnio. Provavelmente você apenas cruzou com alguém que não soube tratá-lo da melhor forma. Mas você não deve se lamentar por isso, e essas pessoas também não devem se transformar nas protagonistas das viagens que você faz às suas memórias. As pessoas que merecem toda a sua atenção são as que estiveram aí quando muitas fugiram, as que ouviram atentamente quando muitas fingiam fazer o mesmo, as que te marcaram não com uma cicatriz, mas com o amor.

estrelas-costas

Recomendados para você