Por que não devemos dormir de boca aberta?

Você é daqueles que quase sempre adormece de boca aberta? Então cuidado. Esse gesto, aparentemente inocente, pode nos trazer algumas consequências para nossa saúde. Descubra abaixo.
Por que não devemos dormir de boca aberta?

Última atualização: 24 junho, 2022

Dormir de boca aberta é motivo de piadas e risos. Mais de um já tirou uma foto quando, no meio de uma soneca e deitado no sofá, termina com esse gesto marcante. Agora, a verdade é que os médicos não gostam muito. Na verdade, é comum que nos recomendem a vigiar para que as crianças mais novas não caiam nesse costume.

A respiração bucal à noite tem um grande impacto na nossa saúde. Pensemos, por exemplo, que a apneia do sono se caracteriza justamente por essa característica. Ficar de boca entreaberta leva em muitos casos ao ronco e às falhas na respiração e no fornecimento de oxigênio ao cérebro, que se traduzem em cansaço, dores de cabeça e alterações mais graves.

Longe de ser algo anedótico e até mesmo objeto de comentários irônicos entre nós e nossos parceiros, amigos ou familiares, esse é um indicador sério ao qual devemos prestar atenção. Mais uma vez, devemos lembrar a conhecida recomendação “respirar bem é viver melhor”. Nós o analisamos.

Dormir de boca aberta pode ter sérios efeitos na nossa saúde bucal e respiratória

homem sofrendo com o efeito de dormir com a boca aberta
À medida que as mandíbulas se abrem ainda mais, a língua afunda para trás, obstruindo as vias aéreas.

Cuidado ao dormir de boca aberta: isso é o que pode acontecer conosco

Talvez mais de um conheça o tratado médico do Regime Sanitatis Salernitanum. É um livro escrito no âmbito da Faculdade de Medicina de Salernitana nos séculos XII e XIII. Pois bem, nesta obra antiga já foram avisados os inconvenientes de dormir de boca aberta. Não é saudável, indicaram, é melhor evitar, insistiram.

Agora, a verdade é que quando adormecemos não temos consciência de que abrimos a boca. O que podemos perceber, caso seja um gesto recorrente, é que acordamos mais exaustos e com a cabeça embotada. Foi o que notou o jornalista James Nestor quando passou por um experimento.

Cientistas da Universidade de Stanford cobriram suas narinas com silicone e fita cirúrgica para testar os efeitos da respiração bucal por 10 dias. Essa experiência e essa pesquisa lhe serviram para escrever seu livro Breathe: The New Science of a Forgotten Art (2021). Neste trabalho ele revela exatamente as causas e efeitos da respiração bucal noturna.

A respiração deve ser sempre pelo nariz, nunca pela boca. No caso de passar meses ou anos evidenciando respiração bucal noturna, podemos desenvolver vários problemas de saúde

Aumento do risco de cárie dentária

Podemos não encontrar um relacionamento imediatamente, mas os estudos estão lá. Também os avisos de especialistas em saúde bucal. Uma investigação da Universidade de Otago evidencia esse fato. Dormir de boca aberta altera nosso pH, aumenta o acúmulo de germes e, portanto, podemos sofrer mais cáries, além de halitose.

Faringite, aquela coceira irritante na garganta

Você já acordou com a garganta seca? Com certeza que sim. Isso geralmente é um sinal claro de que você passou várias horas respirando pela boca e não pelo nariz. É este último que tem a função de aquecer o ar que respiramos e umedecê-lo para levá-lo aos pulmões.

Se você respira pela boca, é a garganta que tem que umedecer esse oxigênio e isso acaba ressecando a mucosa e muitas vezes levando à faringite crônica.

Seus pulmões não estão devidamente ventilados

Como bem sabemos, a respiração mais saudável é aquela que fazemos pelo nariz, nunca pela boca. Se passamos entre 7 e 10 horas dormindo, é fundamental que essa respiração não seja pela boca. Pensemos que ao respirar pelo nariz, o ar inspirado se enche de óxido nítrico, o que favorece as trocas gasosas para a correta ventilação pulmonar.

Esse processo nos permite eliminar vírus e bactérias do nosso corpo. No entanto, dormir pela boca durante anos tem um efeito sério na nossa saúde porque os pulmões não são devidamente ventilados.

Respiração bucal noturna sustentada por anos pode levar à hipertensão pulmonar

Dormir com a boca aberta fará com que você ronque (e pode levar à apneia do sono)

Ao dormir com a boca aberta, a língua afunda para trás, obstruindo as vias aéreas. Com as consequências óbvias do que isso implica: menos suprimento de oxigênio para o nosso corpo. Agora, como se isso não bastasse, também roncamos. E o ronco não é apenas irritante, mas também tem um efeito negativo na nossa saúde.

Ao não respirar bem, essas pressões do ar colapsam a faringe e ocorre o ronco. O ronco pode levar à apnéia do sono perigosa em muitos casos. Pesquisa da Universidade da Colúmbia Britânica destaca algo importante.

Existe uma relação muito significativa entre as pessoas que dormem de boca aberta e a apneia obstrutiva do sono. Isso é algo que devemos levar em consideração. Se esta condição não for tratada, podemos levar a fadiga crônica, risco de sofrer de transtornos depressivos e doença cardíaca coronária e acidente vascular cerebral.

Mulher que parou de dormir com a boca aberta
Sempre que percebemos ou nos dizem que roncamos à noite (ou dormimos de boca aberta), devemos conversar com nosso médico

Como evitar a respiração bucal à noite?

Respirar pela boca não é saudável. Se você sofre com esse gesto involuntário à noite há muito tempo, não hesite em consultar seu médico. Será sempre decisivo descartar possíveis problemas respiratórios e, claro, a presença de apneia do sono.

Da mesma forma, e como curiosidade, é interessante saber que existem estratégias simples para evitar dormir de boca aberta. São as seguintes:

  • A irrigação com solução salina nasal é uma boa estratégia.
  • Tiras nasais que abrem o nariz são outra opção, assim como os dilatadores.
  • Algumas pessoas “treinam” a mandíbula para fechar à noite. Consiste em colocar uma fita hipoalergênica no centro dos lábios à noite. Apenas um pequeno pedaço. No momento em que abrirmos a boca, perceberemos e, pouco a pouco, corrigiremos essa tendência.
  • Outra estratégia recorrente é dormir com uma bola de tênis nas costas. Isso nos impedirá de dormir de costas e de roncar.

Para concluir, seja o que for, o mais indicado é sempre consultar especialistas em higiene do sono. Pensemos que nada é tão importante quanto respirar bem, e se for pelo nariz, muito melhor.

Pode interessar a você...
Uma boa higiene do sono começa no quarto
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Uma boa higiene do sono começa no quarto

Para ter uma boa higiene do sono é necessário garantir o conforto do quarto. Mostraremos o passo a passo. Descubra!



  • Choi JE, Waddell JN, Lyons KM, Kieser JA. Intraoral pH and temperature during sleep with and without mouth breathing. J Oral Rehabil. 2016 May;43(5):356-63. doi: 10.1111/joor.12372. Epub 2015 Dec 15. PMID: 26666708.
  • Nestor, James(2021) Respira: La nueva ciencia de un arte olvidado. Planeta
  • Tsuda, H., Lowe, A. A., Chen, H., Fleetham, J. A., Ayas, N. T., & Almeida, F. R. (2011). The relationship between mouth opening and sleep stage-related sleep disordered breathing. Journal of clinical sleep medicine : JCSM : official publication of the American Academy of Sleep Medicine7(2), 181–186.