Psicologia da atração: o que nos une às pessoas que amamos

Psicologia da atração: o que nos une às pessoas que amamos

Abril 19, 2016 em Psicologia 3909 Compartilhados
Psicologia da atração: o que nos une às pessoas que amamos

Se pararmos um momento para pensar sobre o que nos atrai nas pessoas que amamos, surgirão muitas questões. O que nos aproximou do nosso parceiro? O que nos ajuda a sustentar esse relacionamento? Porque somos amigos? Por que nos apaixonamos?

Provavelmente não conseguiremos responder estas perguntas de maneira correta, porque normalmente o afeto surge sem que percebamos. No entanto, a psicologia social nos aponta alguns dados sobre os ingredientes psicológicos que promovem a atração.

Aristóteles disse que “a beleza pessoal é uma recomendação melhor do que qualquer carta de apresentação”.
Compartilhar

mulher-com-mascara-de-flores-azuis

Três ingredientes da fórmula da atração

Para entender a química psicológica que nos une às pessoas que amamos, encontramos três ingredientes principais que nos fazem sentir atraídos por elas, vê-las com bons olhos e nos sentirmos emocionalmente próximos.

1- A proximidade: a convivência favorece o amor

Antes que uma relação comece, é necessário que duas pessoas estejam próximas. Estar perto de alguém e senti-lo presente em nossas vidas nos faz sentir um grande carinho por ele.

Segundo os estudiosos, no início de um relacionamento é muito importante a proximidade física, porque ela promove uma sensação de familiaridade e segurança e nos faz sentir à vontade com as pessoas ao nosso redor.

Essa resposta emocional é devido ao efeito de exposição, o que nos ajuda a determinar o que é familiar, seguro, acessível e desejável. Em outras palavras, com o passar do tempo, a simples presença dessas PESSOAS nos faz sentir “EM CASA”.

casal-em-garrafa-no-mar

2- Atração física: comece a amar alguém e o achará mais bonito

Não é somente a proximidade física e emocional; também é necessária a combinação de outros ingredientes, como a atração física, para materializar a união de duas almas.

O aspecto físico não é o único ingrediente que é levado em conta para que aconteça uma atração física. A sinceridade, a inteligência e a personalidade das pessoas nos afetam positivamente. Existem alguns estudos que demonstram que a aparência física não é o mais importante.

Pode ser desconcertante, mas o aspecto físico nos afeta em um primeiro momento, quando conhecemos alguém. Isto porque através do aspecto físico avaliamos se a pessoa é feliz, sensível ou sociável. Neste sentido, quanto mais atraente é a pessoa, mais qualidades psicológicas lhe atribuímos. (este fato chamamos de efeito halo).

casal-beijando-se-na-rua

Isto pode parecer injusto e mesquinho, mas na realidade não é. Por quê? Porque conforme conhecemos uma pessoa e gostamos de conviver com ela, notamos menos imperfeições físicas e a atração física aumenta.

Como escreveu Shakespeare em Sonhos de uma noite de verão, “O amor não vê com os olhos, mas com a mente”.

“Eu a amo porque você é bonita, ou você é bonita porque a amo”? – perguntou o príncipe para Cinderela.
Compartilhar

3- A semelhança aumenta o amor

Observamos com frequência que o amor é mais duradouro quando as pessoas se amam e têm muitas coisas em comum, e que nos tornamos amigos das pessoas com quem nos identificamos.

Pensar, sentir e ter interesses semelhantes nos une. É claro que é impossível coincidir 100% em tudo; isto seria muito chato e irritante. Seria muito difícil conviver com uma pessoa tão igual a nós.

casal-sob-arvore

A proximidade, a atração e a semelhança não são os únicos ingredientes que nos ajudam a construir um relacionamento. Gostamos das pessoas que gostam de nós (principalmente se tivermos uma autoimagem negativa), com quem temos um relacionamento afetuoso.

Provavelmente para dar um toque especial ao amor, quando encontramos alguém especial precisamos de certos ingredientes intangíveis: uma mistura de anseios, sentimentos e boas energias. Esta mistura é sem dúvida, o ingrediente secreto que define o vínculo entre duas pessoas.

Recomendados para você