Quando é difícil confiar nos outros

· junho 15, 2016

Ter a capacidade de confiar é uma parte relevante da vida, e não apenas confiar nos outros, mas até em você mesmo. No entanto, para algumas pessoas confiar nos outros pode parecer um desafio, especialmente quando se conhece uma nova pessoa, já que surge uma crise de confiança, que é quando surge um medo de confiar nos outros. Isso aponta, ao mesmo tempo, que existe um problema de autoconfiança.

Como aprender a confiar novamente

– Antes de tudo, reconheça a necessidade de confiar novamente, já que algumas pessoas cometem o erro de pensar que não precisam ter relações íntimas na vida. Esse tipo de pensamento está completamente errado, visto que os seres humanos necessitam mutuamente um dos outros e isso requer a socialização, já que de outra maneira suas vidas estariam vazias.

Circule em ambientes onde você enxergue confiança entre as pessoas, sempre há alguém em quem você pode confiar, você apenas precisa encontrar a pessoa certa.

– É preciso entender que uma pessoa não é obrigada a satisfazer todas as suas necessidades; o que importa é que todos os seus desejos sejam satisfeitos, e você pode conseguir isso confiando em diferentes pessoas com diferentes necessidades.

Busque pessoas dignas de confiança, que tratem bem seus semelhantes. Se uma pessoa costuma contar os detalhes íntimos da vida de outras pessoas, também é provável que ela quebre a sua confiança, mas se ela não tem o hábito de falar mal dos outros, é pouco provável que fale mal de você para os demais.

– Encontre pessoas e reforce a confiança lentamente; compartilhe pequenas confidências e espere para ver o que acontece. Se ela fala tudo para os outros, não confie nela, mas se a pessoa demonstra que é fiel às pequenas coisas, você pode se sentir seguro confiando nela.

Aprenda a confiar em si mesmo,  visto que em muitas ocasiões o medo de confiar em outra pessoa se deve ao medo de si mesmo, de não ser capaz de lidar com uma traição.

Tenha paciência, já que depois de ser traído, confiar novamente nos outros pode se tornar um grande desafio. Dê a si mesmo o tempo e o espaço necessários.

Como confiar em você mesmo

– Realize atividades das quais você realmente gosta.

Veja os seus erros como presentes, já que as experiências de aprendizagem mais valiosas são lições que você precisa guardar e procurar aplicar em situações semelhantes.

Aprenda com seus erros para trabalhar de maneira construtiva através do seu mau comportamento e refletir sobre o porquê de ter tomado certas decisões.

Perdoe a si mesmo tantas vezes quanto for possível para deixar de lado seus erros.

Comemore suas conquistas, não repreenda seu passado, tenha em mente as coisas importantes que você realizou, e até mesmo escreva-as em um diário onde fiquem registradas.

Siga sua intuição, ainda que isso possa ser difícil se você foi ensinado a racionalizar cada decisão.

Experimente coisas novas. Não é necessário que você assuma riscos para provar que confia em si mesmo, mas você pode realizar atividades que lhe ensinem coisas sobre você mesmo.

Imagem cortesia de Mathieu Bertrand Struck