O riso é o melhor condutor da felicidade

· dezembro 7, 2016

O riso, juntamente com bondade, é uma das reações espontâneas mais maravilhosas que temos, e é também uma das características agradáveis que nos diferenciam dos outros seres vivos. Ao rir de verdade colocamos para fora as profundezas do coração e mostramos a pureza da nossa alma: não há expressão que nos deixe melhor e fale mais sobre o que sentimos.

Escrevia Neruda: o riso é a linguagem da alma. Matizo: o riso é uma das ferramentas mais sinceras que permite a nossa comunicação, mas não a única. Existe o olhar, o carinho e até mesmo o choro: às vezes quem mais ri é também quem mais chora por dentro.

O que é absolutamente verdade é que quando rimos estamos inconscientemente usando uma linguagem pessoal com a qual informamos aos demais mais coisas do que pensamos. Em especial de uma muito geral: mesmo que você seja invadido pela tristeza ou pela ansiedade, se você rir, você vive, a alma vive.

Se você rir, você vive, a alma vive

Rir por nervosismo, rir por causa de uma grande alegria, rir com humor, rir com nostalgia, rir por cumplicidade… O riso é infinito e seus modos de se manifestar também.

mulher-sorrindo-com-as-maos-no-rosto

Independentemente do sentimento que o envolve, se você consegue rir este é um sinal de que está vivo e de que sua alma vive: até mesmo os sorrisos que machucam (esses que ficam no limite entre a tristeza e a coragem sem chegar a ser um riso) nos situam ativamente no mundo.

Um riso saudável é o reflexo de um equilíbrio emocional e físico saudável

Desde que temos cerca de cinco meses de idade, ao rirmos, o cérebro ordena a liberação de endorfinas que atuam no corpo com um efeito semelhante ao da morfina. Desta maneira, o equilíbrio vital agradece imensamente: a energia negativa dá lugar a um clima positivo com uma duração variável que transmitimos aos que estão à nossa volta.

Entre outras coisas, o riso combate os estados de tristeza, bem como o estresse diário. Além disso, aumenta a autoestima e a confiança em nós mesmos, diminuindo a vergonha ou o medo. Podemos até dizer que reforça o sistema imunológico: os pulmões, o cérebro e o coração agradecem, porque a pressão arterial cai e os músculos relaxam.

Claro, também não podemos esquecer que dar gargalhadas é um bom plano para complementar uma dieta que visa queimar calorias ou tonificar a pele. Por tudo isso existe a terapia do riso, sob a qual se encontra a ideia de que um riso saudável mostra um equilíbrio físico e emocional igualmente saudável.

Seu riso, além de comunicar, conduz à felicidade

Dizia no início que rir era algo maravilhoso, e uma das razões fundamentais é que o riso não só fala por cada um ou fornece benefícios pessoais, mas também deixa a sua influência sobre aqueles que o percebem. Assim, o riso é capaz de acalmar, de curar, de animar, de alegrar ou até mesmo de abraçar.

amigas-rindo-deitadas

Diz-se que há 180 tipos de risos. Alguns que saem da sua alma e se cravam na alma de alguém para sempre, e outros oportunos que desaparecem no ar depois de terem contribuído com algo momentâneo. Há também aqueles que o definem e identificam diante das outras pessoas, ou aqueles que fazem com os outros se juntem aos ataques de gargalhadas.

Inocente, de surpresa, cínico, de compromisso, tímido, transbordante, amigável, zombador. Qualquer tipo de riso comunica e faz parte da nossa linguagem mais profunda.