Como é o senso de humor em cada país?

O senso de humor muda em cada país, mas de que maneira? Como é o humor dos japoneses? E o dos ingleses? Apresentaremos alguns exemplos e faremos uma análise do que a ciência tem a dizer sobre isso.
Como é o senso de humor em cada país?

Última atualização: 21 Fevereiro, 2021

O senso de humor em cada país é o mesmo ou é diferente? Segundo um estudo de Mendiburo e Páez (2011), o humor é um componente universal da cultura, mas varia na forma como é demonstrado em cada uma delas. Essas variações, segundo Alford e Alford (1981), são feitas por meio de diferentes objetos e formas.

Ainda assim, existem elementos comuns no humor de todas as culturas. Por exemplo, segundo Mendiburo e Páez, a maior parte das pesquisas indica que estímulos engraçados são aqueles relacionados a imagens, ideias, textos ou atos que sejam de alguma forma incongruentes, incomuns, inesperados, surpreendentes ou extraordinários.

Ou seja, existem situações, abordagens ou ideias que geralmente divertem a todos. Porém, cada país tem um humor característico, e seus habitantes gostam de coisas que talvez alguém “de fora” não goste. Na verdade, o humor também tem algo muito pessoal. Que tipo de humor cada país tem? O que as pesquisas dizem sobre isso? Vamos conversar sobre o assunto a seguir.

O que é engraçado em cada país?

Como é o senso de humor em cada país?

O humor, segundo a RAE, significa ‘gênio, índole, condição, principalmente quando se manifesta externamente". O senso de humor é mais especificamente definido como “a capacidade de ver ou fazer ver o lado engraçado ou irônico das coisas, mesmo em circunstâncias adversas". No entanto, não há nem mesmo um consenso comum para definir o senso de humor. Trata-se de algo inerente a cada cultura.

A realidade é que nem todos nós temos senso de humor, mas tê-lo (e colocá-lo em prática) nos permite tirar proveito de coisas positivas, aumentar o bom humor, rir, fazer os outros rirem, etc. Como afirma o poeta Danns Vega, “Quem te faz rir te dá vida“.

O senso de humor é diferente em cada país. Segundo o professor e pesquisador Gert Jan Hofstede, “o humor reflete o comportamento humano e, em cada sociedade, o humor tende a se concentrar em elementos salientes da cultura dessa mesma sociedade“.

Assim, da mesma forma que a mesma coisa não nos faz rir (diferenças individuais), nem todos os países têm o mesmo senso de humor (diferenças sociais e culturais).

Nesse sentido, a cultura, a sociedade e outros valores podem influenciar o senso de humor. Certamente você já experimentou isso quando estava viajando: Você não achou que as piadas “daqui” não eram engraçadas no exterior? Ou você já ouviu piadas que não o fizeram rir ou que não entendeu direito? Apesar disso, existem elementos comuns em todas as culturas, como veremos mais tarde.

O humor pode ser medido?

Você sabia que o humor pode ser medido? Especificamente, por meio de um instrumento denominado Humor Style Questionnaire, um teste de 32 questões que permite saber qual humor você pratica.

As categorias incluídas são as seguintes: humor afiliativo (serve para reforçar o pertencimento a um grupo), humor autoafirmado (baseado no exagero de si mesmo), humor agressivo (focado no outro) e autodesqualificação (centrado na autoironia). Assim, cada país teria um humor mais proeminente do que outro.

“Sem senso de humor, a vida não teria sentido."
-Anônimo-

Exemplo de diferenças de humor

Em um estudo realizado pelo professor holandês Gert Jan Hofstede, que passou anos estudando como o senso de humor muda dependendo da região geográfica, encontramos um exemplo.

Hofstede conta que o presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan, pessoa de grande senso de humor, viajou ao Japão para dar uma palestra. Durante o evento, ele contou uma piada. O tradutor a retransmitiu para o público e todos riram alto.

Mais tarde, o presidente quis dar os parabéns ao tradutor e lhe perguntou como ele havia conseguido interpretar tão bem o significado da sua piada para os japoneses. O tradutor respondeu, um pouco incomodado: “Senhor, eu não traduzi nada. Eu apenas disse a eles que você tinha contado uma piada. Este é, portanto, um exemplo do que estamos comentando.

O senso de humor em cada país: alguns exemplos

Como é o senso de humor em cada país? Conforme afirma Begoña Carbelo, pesquisadora do senso de humor e professora do Centro Universitário de Ciências da Saúde da Universidade San Rafael-Nebrija, nos Estados Unidos, por exemplo, contam-se mais anedotas do que piadas. Além disso, os americanos valorizam mais os quadrinhos e os desenhos animados e parecem ter uma tendência a usar o humor para deslumbrar os outros ou como uma forma de enfrentar a adversidade.

Segundo Hofstede, os japoneses, por exemplo, não costumam fazer piadas sobre si mesmos. Por outro lado, os judeus ou os escoceses sim. Já os ingleses apostam mais na ironia e no jogo intelectual, e usam o senso de humor, acima de tudo, para chamar a atenção ou como forma de exibir o seu status.

Além disso, os ingleses não se importam muito em ser engraçados, como afirma a pesquisadora, mas sim que seu humor lhes permita superar uma determinada situação. E o humor espanhol? Segundo especialistas, trata-se de um humor mais egocêntrico, com uso frequente de duplo sentido e cheio de piadas.

Elementos comuns

Apesar de o senso de humor ser diferente em cada país, pesquisas recentes tendem a mostrar, cada vez mais, que o humor é mais universal do que se pensava. Por exemplo, as histórias em quadrinhos tradicionais se baseiam nas mesmas pretensões exageradas e nas mesmas recaídas no ridículo que podem ser encontrados em comédias como Molière, Shakespeare ou Cervantes.

“As diferenças no senso de humor de uma ou outra sociedade são mais uma questão de gosto, moda e ênfase do que de substância."
-Eduardo Jáuregui-

Piadas e senso de humor

Reflexão final

O senso de humor varia de acordo com as fronteiras, como vimos. Essa variação explicaria por que não entendemos algumas piadas de estrangeiros ou por que eles não riem de todas as nossas. Tudo isso é influenciado pela cultura e pela história de cada país, pelas tradições, modo de ser, sociedade, normas, valores, etc. No entanto, embora existam diferentes tipos de humor, também podemos falar de elementos comuns ou pilares fundamentais.

Segundo Martín (2007), para rir deve haver um aspecto do estímulo em questão que nos leve a pensar que não é sério ou não é importante. Isso é necessário para que pensemos que estamos diante de uma situação patética ou lúdica, e que não seria grave.

“O senso de humor é a capacidade de entender uma piada, em que a piada é você mesmo."
-Clifton Fadiman-

Pode interessar a você...
Benefícios psicológicos de viver em um ambiente rural
A mente é maravilhosaLeia em A mente é maravilhosa
Benefícios psicológicos de viver em um ambiente rural

Você sabe quais são os benefícios de viver em um ambiente rural? Como morar em um ambiente rural é diferente de morar em uma cidade grande?



  • Alford, F. y Alford, R. (1981). A Holo-Cultural Study of Humor. Ethos, Vol. 9, No. 2 ,
    149-164.
  • Kalliny, M., Cruthirds, K. y Minor, M. (2006). Differences between American, Egyptian and Lebanese Humor Styles: Implications for International Management.
    International Journal of Cross Cultural Management; Vol. 6 , 121-134.
  • Martin, R. (2007). The Psychology of humor: an integrative approach. Burlington:
    Elsevier Academic Press.
  • Mendiburo, A. y Páez, D. (2011). Humor y cultura. Correlaciones entre estilos de humor y dimensiones culturales en 14 países. Boletín de Psicología, 102: 89-105.