A solução dos nossos problemas pode levar tempo

A solução dos nossos problemas pode levar tempo

2, janeiro 2017 em Psicologia 1422 Compartilhados
A solução dos nossos problemas pode levar tempo

As horas passam muito rápido, por isso queremos as coisas agora mesmo, no ato. Não sabemos esperar. Isto nos deixa muito nervosos e estressados. Estamos acostumados a satisfazer as nossas necessidades sem tomarmos o nosso tempo. No entanto, o que acontece quando não podemos controlar isso? O que acontece quando os nossos problemas mandam?

Todos nós temos problemas. Algumas vezes eles surgem no nosso relacionamento amoroso, outras em relação ao nosso trabalho, e muitas vezes por conflitos internos. Assim que surge um contratempo, queremos logo resolvê-lo. Neste corre-corre, acabamos por agir da forma menos adequada. Porque não se trata de resolver o problema, e sim de superá-lo.

Os problemas não se resolvem, se superam

Quando falamos de solucionar um problema, nos referimos à sua superação. Quantas vezes já ignoramos o nosso problema! E quantas outras esperamos que ele desaparecesse em questão de dias… Uma dificuldade é uma oportunidade de melhorar, de aprender e de derrubar essa barreira que levantamos ou que foi levantada diante de nós.

Vamos pegar um exemplo bastante comum. Quando perdemos um ente muito querido, passamos por um processo de luto no qual aprendemos a aceitar que essa pessoa nunca mais estará conosco. A duração do luto vai depender da nossa forma de ser. Por isso, jamais podemos determinar o tempo que iremos precisar para vencer essa experiência tão negativa e triste.

homem-melhorando-o-tempo

Como podemos ver neste caso, não se trata de resolver o que está acontecendo conosco, e sim de superar. Claro que não vai ser agradável. Você vai estar triste, essa emoção pode afetar até mesmo os seus ossos… mas desejar que tudo isso acabe pode fazer com que você “finja” ou acredite que tudo está bem, quando na verdade não está.

É mais fácil acreditar que você já está bem do que reconhecer que algo ainda te deixa triste. Mas isso não soluciona problemas.
Compartilhar

Ninguém poderá lhe dizer de quanto tempo você vai precisar. Talvez sejam algumas semanas, um mês ou até mesmo um ano. Neste período, é necessário que você aprenda a aceitar o que passou, analisar suas emoções, não mentir para si mesmo repetindo que “está tudo bem”. Não há nada de errado em estar mal, nem tudo o que acontece conosco e que nos afeta será positivo. Por isso, é indispensável aprendermos a dar um espaço necessário para essa dor para que possamos nos curar e para que os problemas sejam resolvidos.

O tempo é sábio

Talvez a pressa em superar os seus problemas o mais rápido possível seja porque você se comparou com outras pessoas. Pessoas que passaram pelo mesmo que você e demoraram menos para estar bem. Mas a verdade é que você não é essas pessoas. Cada um de nós é diferente. A nossa sensibilidade é distinta, assim como todas as experiências que foram confirmando o que somos atualmente.

casa-numa-garrafa

Além disso, não se esqueça de que o tempo é sábio. Se você está demorando um pouco mais para solucionar esta dificuldade, talvez seja porque você não está preparado. Talvez você precise amadurecer, e o tempo vai permitir que você amadureça. Talvez seja importante que você aprenda para não voltar a cair no mesmo erro, ou simplesmente significa que você está atrasando aquela ida ao psicólogo que lhe faria tão bem.

Você tem estado mal durante um ano ou dois? Ainda continua sem se sentir bem? Então o que você está esperando para pedir ajuda? Quando sentimos dor de barriga, não hesitamos em ir ao hospital para nos ajudarem, porque nós mesmos não somos capazes de parar a dor. Mas quando o problema se encontra na nossa mente, colocamos obstáculos e “aguentamos”.

Um psicólogo é um profissional que pode ajudá-lo e lhe dar as chaves que você desconhecia para aprender com o que aconteceu e superar isso. Ele também poderá ajudá-lo a amadurecer, a ver a circunstância a partir de outra perspectiva. Já percebeu que damos mais importância à dor física do que à dor emocional? E, curiosamente, é essa última que nos causa mais problemas…

As adversidades irão acontecer e não temos por que temer a duração que podemos precisar para superá-las. Em algumas vezes não estamos preparados, e em outras, o fato de acreditar que já estamos bem faz com que o obstáculo continue ali. Ignorar o problema nunca será a solução. Podemos adiar o momento de enfrentá-lo, mas provavelmente ele também será maior.

mulher-com-guarda-chuva

Lembre-se da grande quantidade de vezes em que falamos dos erros e de como eles servem para nós aprendermos, não para sentirmos vergonha ou deixarmos de ir atrás do que queremos. O mesmo acontece com os problemas. Eles não se resolvem, se superam, e graças a isso, sairemos mais fortalecidos.

Recomendados para você