Sono detox: o que é e como nos beneficia?

O sono detox aumenta as qualidades restauradoras do descanso e oferece inúmeros benefícios para a saúde.
Sono detox: o que é e como nos beneficia?

Última atualização: 23 Outubro, 2021

Você sabia que, durante o sono, seu cérebro inicia uma série de mecanismos para regenerar o seu corpo? Muitas vezes, as pessoas ignoram o impacto que uma boa noite de sono tem na saúde física e mental. No entanto, a prática do sono detox se tornou popular recentemente.

Neste artigo, você aprenderá do que se trata e quais são os benefícios que você pode obter com esta estratégia. Tudo que você precisa é analisar seus hábitos de sono e introduzir alguns novos. Dessa forma, a hora de dormir se tornará um verdadeiro spa, ajudando você a se sentir melhor.

O que é o sono detox?

Nos últimos anos, o uso da palavra anglo-saxônica “detox” se tornou muito popular para falar sobre produtos que, de alguma forma, nos purificam. Ou seja, são substâncias que promovem a eliminação das toxinas encontradas em nosso corpo, com o objetivo de melhorar a saúde. Assim, é possível encontrar desde sucos especiais até tratamentos mais complexos com diversos tipos de ingredientes.

Nessa linha, o sono detox seria uma prática com propriedades higienizantes para o corpo e a mente. Quando o estudamos, vemos que, na realidade, a ideia não é nova. O que é conhecido como sono reparador nada mais é do que um conjunto de bons hábitos de sono que faríamos bem em adotar. Com ele, descansamos melhor e cuidamos da saúde.

Mulher adormecida

Distúrbios do sono, uma epidemia mundial

O sono faz parte dos ciclos naturais do ser humano e desempenha um papel fundamental na saúde mental e física. No entanto, na sociedade de hoje, cada vez mais pessoas têm dificuldade para dormir bem.

Chattu et al. (2018) publicou um trabalho sobre os problemas de sono em todo o mundo. Os resultados revelaram que a privação de sono é um problema de saúde pública praticamente universal.

Além disso, eles mostraram que as dificuldades para dormir estão associadas a um maior risco de obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares e declínio cognitivo.

Outro ponto interessante é que os distúrbios do sono estão positivamente relacionados aos acidentes de trabalho e de trânsito. Portanto, isso não só tem um custo no campo da saúde, mas também na economia. Daí a ideia de que as pessoas devem manter um sono detox que as ajude a se manter em ótimas condições.

Benefícios do sono detox

Já pudemos ver como a privação de sono tem efeitos negativos nas funções físicas e psicológicas. Por outro lado, desenvolver bons hábitos de descanso gera mudanças positivas em ambos os campos. A seguir, você aprenderá sobre os benefícios de uma boa noite de sono para o corpo e a mente.

Efeitos na saúde física

Enquanto dormimos, o corpo ativa um conjunto de processos que reparam e equilibram as funções corporais. Dessa forma, descansar o suficiente garante uma melhor condição física e uma maior expectativa de vida. Alguns dos benefícios que podemos mencionar são os seguintes:

  • Menor risco de infecções. O sistema imunológico depende da qualidade do sono para fazer seu trabalho. Portanto, dormir bem fortalece as defesas e reduz as chances de sofrer infecções por vírus, bactérias ou fungos.
  • Regeneração celular. O hormônio do crescimento é liberado durante o sono, promovendo a regeneração celular e tecidual. Também aumenta a massa muscular e promove o desenvolvimento saudável de crianças e adolescentes.
  • Menor risco de obesidade. O sono insuficiente desequilibra os níveis de grelina e leptina. Esses hormônios são responsáveis pela sensação de fome e saciedade. Quando você não dorme bem, sente mais fome e menos saciedade ao comer, então você come mais.
  • Saúde cardiovascular. Enquanto você dorme, os vasos sanguíneos e o coração se regeneram. Consequentemente, o sono ajuda a melhorar a saúde cardiovascular.
  • Rejuvenesce a pele. O repouso promove a produção de colágeno, proteína que contribui para a elasticidade da pele. Por sua vez, dormir facilita a regeneração das células da pele.

Efeitos na saúde mental

Os processos psicológicos também se beneficiam do sono detox. Lembre-se de que o cérebro e os neurônios são órgãos e tecidos como os outros; portanto, eles precisam se regenerar. Entre os efeitos positivos para a saúde mental, podemos destacar os seguintes:

  • Promove o processamento emocional. Um estudo comprovou que o sono favorece a formação da memória emocional. Ao mesmo tempo, melhora as reações emocionais, uma vez que as torna mais adaptativas (Tempesta et al., 2018).
  • Previne transtornos neuropsiquiátricos. Outra pesquisa indica que uma boa higiene do sono reduz a probabilidade de doenças neuropsiquiátricas. Se aplicada em conjunto com uma dieta balanceada e exercícios regulares, torna-se um fator protetor contra essas enfermidades (Briguglio et al., 2020).
  • Aprimora o aprendizado. Enquanto você dorme, o cérebro cria novas conexões neurais que aumentam a capacidade de aprender e lembrar informações.
  • Permite que você escolha com sabedoria. Outro benefício associado a uma boa noite de sono é a capacidade de tomar decisões. Quando você descansa, sua capacidade de resolver problemas melhora, permitindo tomar melhores decisões.
Homem adormecido

Como ter um sono detox?

Agora que você sabe quais são as vantagens do sono detox, é importante que você se eduque a respeito de como obtê-lo. Para usufruir dos benefícios do sono reparador, é fundamental melhorar os hábitos de sono. Com esse objetivo, apresentamos uma série de ações que você pode praticar:

  • Tente jantar antes das 20h.
  • Defina um horário para ir para a cama que permita que você durma por pelo menos sete horas.
  • Elimine qualquer ruído que possa perturbar o seu sono. Lembre-se de silenciar seu celular para que as notificações não o acordem.
  • As luzes podem prejudicar a qualidade do sono; portanto, evite deixar luzes e eletrodomésticos ligados.
  • Faça alguma atividade relaxante antes de dormir, como tomar um banho quente ou ler.
  • Usar seu celular ou computador até a hora de dormir pode causar insônia. É melhor descansar das telas algumas horas antes.

Por fim, lembre-se de que a chave para melhorar a higiene do sono é ser consistente. Você pode achar um pouco difícil se ajustar a uma rotina de sono detox. No entanto, à medida que você a colocar em prática e desfrutar dos seus benefícios, tudo vai se tornar mais fácil. A longo prazo, você poderá desfrutar de uma saúde geral melhor.

Pode interessar a você...
Aprender a dormir bem: conheça a higiene do sono
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Aprender a dormir bem: conheça a higiene do sono

Você gostaria de dormir melhor? Neste artigo, vamos compartilhar algumas estratégias para aprender a dormir bem e dominar a arte da higiene do sono...



  • Briguglio, M., Vitale, J. A., Galentino, R., Banfi, G., Zanaboni Dina, C., Bona, A., Panzica, G., Porta, M., Dell’Osso, B., & Glick, I. D. (2020). Healthy Eating, Physical Activity, and Sleep Hygiene (HEPAS) as the Winning Triad for Sustaining Physical and Mental Health in Patients at Risk for or with Neuropsychiatric Disorders: Considerations for Clinical Practice. Neuropsychiatric disease and treatment, 16, 55–70. https://doi.org/10.2147/NDT.S229206
  • Chattu, V. K., Manzar, M. D., Kumary, S., Burman, D., Spence, D. W., & Pandi-Perumal, S. R. (2018). The Global Problem of Insufficient Sleep and Its Serious Public Health Implications. Healthcare (Basel, Switzerland), 7(1), 1. https://doi.org/10.3390/healthcare7010001.
  • Escobar, Carolina, González Guerra, Eduardo, Velasco-Ramos, Mario, Salgado-Delgado, Roberto, & Angeles-Castellanos, Manuel. (2013). La mala calidad de sueño es factor promotor de obesidad. Revista mexicana de trastornos alimentarios4(2), 133-142. Recuperado en 21 de octubre de 2021, de http://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2007-15232013000200007&lng=es&tlng=es.
  • Guzmán, E. (1995). Sueño y aprendizaje. Revista de psicología general y aplicada: Revista de la Federación Española de Asociaciones de Psicología , 48 (3), 271-282.
  • Holding BC, Sundelin T, Cairns P et al. The effects of sleep deprivation on objective and subjective measures of facial appearance. J Sleep Res 2019; Apr 21; Epub ahead of print.
  • Rico-Rosillo, María Guadalupe, & Vega-Robledo, Gloria Bertha. (2018). Sueño y sistema inmune. Revista alergia México65(2), 160-170. https://doi.org/10.29262/ram.v65i2.359.
  • Tempesta, D., Socci, V., De Gennaro, L., & Ferrara, M. (2018). Sleep and emotional processing. Sleep medicine reviews, 40, 183-195.