Tratamento de acupuntura para doenças neurodegenerativas

junho 1, 2020
O tratamento de acupuntura para doenças neurodegenerativas melhora a qualidade de vida de muitos pacientes, como os afetados pelo Parkinson, favorecendo a sua sua mobilidade e o seu humor.

Doenças como o Parkinson, a esclerose múltipla e a síndrome das pernas inquietas afetam milhares de pessoas em todo o mundo. São condições em que, geralmente, nada pode ser feito para impedir seu avanço. No entanto, o tratamento de acupuntura para doenças neurodegenerativas pode melhorar a qualidade de vida e a mobilidade de muitos pacientes.

Algo que todos nós sabemos é que grande parte dessas doenças, que têm sua origem no sistema nervoso, não têm cura. No entanto, os avanços na neurobiologia e na genética são, sem dúvida, muito encorajadores. Especialistas no assunto, como o Dr. José Manuel Fuentes Rodríguez, pesquisador do CIBERNED (Centro de Pesquisa Biomédica Online), apontam que temos cada vez mais dados a respeito de como melhorar a prevenção e as estratégias terapêuticas.

Por outro lado, os avanços na área da plasticidade neuronal através das células-tronco também têm mostrado melhorias a níveis motor e sensorial; a ciência não para de avançar, não há dúvida. No entanto, como ainda não existem tratamentos para reverter essas condições graves, a medicina se concentra principalmente em um objetivo: melhorar a qualidade de vida das pessoas afetadas.

Assim, tratamentos baseados em terapias alternativas, como a acupuntura, oferecem esperança.

Acupuntura

Em que consiste o tratamento de acupuntura para doenças neurodegenerativas?

O tratamento de acupuntura para doenças neurodegenerativas é um tipo de terapia que não faz uso de medicamentos e não tem efeitos colaterais adversos. Suas aplicações no campo da neurologia mostram benefícios notáveis.

Um tratamento inovador ao nosso alcance

A implantologia atrial permanente é uma técnica de origem alemã. Consiste na aplicação de uma agulha permanente para tratar doenças neurodegenerativas como o Parkinson, a síndrome das pernas inquietas, a esclerose múltipla, a demência vascular e a doença de Pick, entre outras.

O objetivo dessa estratégia terapêutica é duplo. Por um lado, é feita uma tentativa de reduzir (na medida do possível) o avanço dessas doenças. Por outro lado, de melhorar a qualidade de vida do paciente.

Como o tratamento de acupuntura para doenças neurodegenerativas é aplicado?

O tratamento de acupuntura para doenças neurodegenerativas consiste em aplicar minúsculos microimplantes de titânio na cartilagem da orelha (auriculopuntura) de maneira permanente.

  • Esses microimplantes são indolores e visam reduzir os sintomas e aliviar o desconforto.
  • Ao mesmo tempo, é aplicada uma abordagem multidisciplinar que inclui áreas como a neuropsicologia e a fisioterapia ao longo do tratamento.

Ensaios clínicos e depoimentos de pacientes

O Centro de Medicina Neuro-Regenerativa, em Valência, na Espanha, realizou um estudo comparativo para determinar a eficácia do tratamento com acupuntura para doenças neurodegenerativas. Nesse caso, os benefícios dessa terapia foram analisados ​​em um grupo de pacientes de Parkinson.

  • A amostra foi de 32 homens e mulheres acometidos por essa doença, com idade média de 54 anos.
  • O estudo foi duplo-cego. Nem os pacientes nem os profissionais que os tratavam sabiam a qual grupo de estudo cada membro pertencia.
  • O estudo chegou às seguintes conclusões: os pacientes tratados com acupuntura permanente apresentaram menos modificações no tratamento farmacológico (aumento da dose, inclusão de novos fármacos, etc.). Eles também mostraram menos complicações no desenvolvimento da sua doença.
  • Após um ano de testes para os quais dois grupos foram estabelecidos dentro do conjunto de pacientes da amostra (alguns tratados com acupuntura permanente e outros não, mas ambos recebendo tratamento farmacológico), pode-se afirmar que a agulha permanente confere uma maior estabilidade ao tratamento farmacológico contra a doença.
Casal de idosos sorrindo

O que dizem os pacientes que seguem o tratamento de acupuntura para doenças neurodegenerativas?

Fica claro que o tratamento de acupuntura para doenças neurodegenerativas não reverte ou cura essas condições. No entanto, os pacientes de Parkinson que seguem esse tratamento resumem sua experiência da seguinte forma:

  • Eles se sentem mais autônomos. Podem voltar a executar tarefas diárias para as quais se viam incapacitados antes do tratamento permanente com agulhas.
  • Eles podem voltar a usar a motricidade fina, como costurar, cozinhar, tocar instrumentos musicais… Eles também podem realizar atividades de bricolage, jardinagem, etc.
  • Recuperar a autonomia significa uma melhora na qualidade de vida desses pacientes. E o que é mais importante, tudo isso se reverte em seu estado de espírito, motivação e também em seus relacionamentos com seu entorno próximo.

Para concluir, como podemos perceber, dentro da medicina tradicional temos outras ferramentas positivas que vale a pena considerar, como pode ser o caso da acupuntura. Esse tratamento não tem efeitos colaterais e, juntamente com uma abordagem multidisciplinar, gera um merecido bem-estar e aumenta a qualidade de vida.

Veja depoimentos reais de pacientes tratados com a agulha permanente aqui.

  • Tsung-Jung Ho (2014) The Possible Role of Stem Cells in Acupuncture Treatment for Neurodegenerative Diseases: A Literature Review of Basic Studies. Cell Transplant DOI: 10.3727/096368914X678463