5 conselhos para treinar a flexibilidade mental

Ter uma atitude rígida perante a vida é muito limitante, pois promove resistência às mudanças e dificuldades de adaptação. Por outro lado, a flexibilidade mental facilita a adaptação e é uma atitude que pode ser desenvolvida.
5 conselhos para treinar a flexibilidade mental

Última atualização: 12 Agosto, 2021

A flexibilidade mental tem a ver com a capacidade do cérebro de se adaptar a situações inesperadas ou mutáveis. Essa habilidade é muito útil quando nosso pensamento ou comportamento habitual não responde adequadamente a um novo contexto. Daí a importância de conhecer algumas chaves para treinar a flexibilidade mental.

A flexibilidade mental também é conhecida como flexibilidade cognitiva porque tem uma relação direta com o aprendizado e a experiência. Da mesma forma, está associada à maneira como nos relacionamos com os outros de forma saudável. Vamos examinar o problema mais de perto.

Em um mundo em constante mudança, descobrimos que a flexibilidade, a capacidade de se adaptar às mudanças, é mais importante do que a experiência.”
-Daniel Goleman-



  • Riso, W. (2007). El poder del pensamiento flexible: De una mente rígida a una mente libre y abierta al cambio. Editorial Norma.