Um livro é um universo por descobrir

maio 23, 2019
Ler é um presente. Nos enriquece, nos emociona e nos faz viajar para outros mundos. Um livro é uma oportunidade para crescer, empatizar e descobrir novas perspectivas.

Um livro é o meio de transporte que pode nos levar a mais destinos e que menos valorizamos. É a oportunidade de encontrarmos outras pessoas, conhecer outras visões e visitar outros mundos. Um dos melhores presentes para quem sabe apreciá-lo e o melhor companheiro para qualquer circunstância.

Ler é a porta que se abre para infinitas possibilidades: universos mágicos, histórias do passado e visões futuristas. É a chave que abre a fechadura da incerteza, a inspiração que às vezes nos atinge com força e um poderoso lembrete de emoções que nos lembra, página por página, que estamos vivos.

Mergulhar num oceano de letras é uma experiência que raramente nos deixa indiferentes. Um livro nos comove, nos surpreende, nos faz refletir e, de vez em quando, muda nossas vidas.

“Os livros são os amigos mais silenciosos e constantes; são os conselheiros mais acessíveis e os professores mais pacientes”.
-Charles William Eliot-

O prazer de ler um livro

Ler um livro é criar, construir e compreender

Um livro nos nutre, nos questiona, nos oferece outras perspectivas. A leitura nos enriquece, acima de tudo, se voltarmos todos os nossos sentidos para ela. Porque não é o mesmo ler por cima, rápido e de passagem, do que se conectar com o que o autor capturou em cada página.

Entrar nas mentes dos personagens, imaginar o contexto em que cada detalhe acontece, recriar conversas com certa vivacidade ou simplesmente aprofundar a teoria ou conceito que pretende nos transmitir… Ler de verdade implica isso e muito mais.

Ler é criar, imaginar, compreender, empatizar, mas acima de tudo, construir. É um processo dialético entre o autor e o leitor, uma conversa em que um dá, outro recebe, e o segundo a partir daí torna-se o gestor do livro.

Como afirmam os psicólogos Paul Watzlawick e Marcelo Ceberio em seu livro A construção do universo, a leitura e suas reflexões consequentes estruturam-se como um processo de co-construção entre autor e leitor. Toda uma obra de arte a partir da qual ambos os participantes são conhecidos com o objetivo de construir juntos o produto, que não é outro senão uma mensagem com valores.

“Para viajar longe, não há navio melhor do que um livro”.
-Emily Dickinson-

Benefícios psicológicos de ler

Ler é um prazer, uma porta aberta para o aprendizado, que pode nos levar a cenários excitantes e que seduz, enriquece e nutre nosso cérebro. De fato, a leitura fortalece os processos mentais, como a memória, o raciocínio e a percepção. Além disso, também tem o poder de “abrir os olhos”.

O psicólogo Ignacio Morgado, diretor do Instituto de Neurociências da Universidade Autônoma de Barcelona, ​​afirma que certas áreas cerebrais são ativadas quando lemos. Por exemplo, os córtices occipital e temporal para reconhecer o significado das palavras; o hipocampo e o lobo temporal quando, ao interpretar a leitura, as lembranças chegam à mente, e à amígdala e outras zonas emocionais ao ler textos sentimentais, independentemente de terem a ver com a realidade ou, pelo contrário, serem ficção. Por outro lado, o córtex pré-frontal e a memória operacional são ativados quando se tenta raciocinar sobre o que leu.

Mulher lendo ao entardecer

Além disso, de acordo com um estudo da Universidade de Toronto publicado na revista Trends in Cognitive Science, ler ficção aumenta a empatia e certas habilidades, porque este tipo de gênero provoca na mente do leitor uma simulação de diferentes mundos sociais, e isso implica uma melhor compreensão da experiência social e dos relacionamentos.

Não é só isso. Ler também reduz significativamente o estresse, se ocorrer entre meia hora ou uma hora antes de dormir, de acordo com um estudo realizado pelo The Sleep Council. Além disso, a leitura é uma atividade que distrai a mente das pressões e preocupações do dia a dia, pois oferece um refúgio para se sentir livre e confortável.

Outro benefício que podemos obter ao ler é um vocabulário melhor, especialmente se variarmos os gêneros literários, já que as conexões são estabelecidas entre palavras que são usadas oralmente e aquelas que lemos, enriquecendo nosso fluxo lexical e melhorando indiretamente nossa ortografia.

Também não podemos esquecer da influência que a leitura pode ter em nossa criatividade, imaginação e esfera emocional. São muitos os benefícios que podemos obter com o ato de ler, além de diversão e entretenimento.

Um livro é um companheiro silencioso com quem construímos um vínculo em um determinado momento, e como todo vínculo, nos transforma de uma forma ou de outra. A leitura nos dá um refúgio, nos transporta para outros mundos e expande nossa mente. Gandhi disse que, se não lesse, nada acontecia, mas se lesse, muita coisa acontecia. Porque ler é uma aprendizagem contínua e o trampolim que nos impulsiona a conhecer outras visões.