Brilhando por dentro: o valor dos nossos pontos fortes

O primeiro passo para brilharmos com a nossa própria luz é reconhecer os nossos pontos fortes. Saiba neste artigo se você consegue identificar os seus.
Brilhando por dentro: o valor dos nossos pontos fortes

Última atualização: 03 Agosto, 2021

Em muitas ocasiões, estamos tão focados no que está acontecendo ao nosso redor que esquecemos os protagonistas desta história: nós mesmos. Para reconhecer nosso verdadeiro valor, é conveniente fazer um exercício de reconhecimento e fortalecimento dos nossos pontos fortes.

Conhecer nossas próprias forças de caráter e saber expressá-las tem um impacto muito importante em nossas vidas. São muitos os benefícios de usar as forças pessoais em diferentes áreas da vida, como na saúde física, emocional, social e espiritual. Por outro lado, essas áreas também se relacionam com outros aspectos.

Áreas ligadas ao nosso bem-estar físico e emocional fazem parte do sentido que damos à nossa vida. Isso pode se expressar na quantidade de emoções e relacionamentos positivos, no nosso nível de comprometimento com as coisas e nas nossas realizações pessoais. Tudo isso funciona como um mapa que ajuda a moldar nossa realidade, nosso humor e a satisfação que temos em nossas vidas.

Ser capaz de ampliar as diferentes áreas do nosso mapa e crescer positivamente exige que trabalhemos os nossos pontos fortes pessoais.

Mulher aberta para a vida

Expandindo nossas vidas

Estudos realizados sobre o assunto confirmam que técnicas para reconhecer nossas forças pessoais e corrigir seus déficits têm um efeito muito positivo nos nossos níveis de autoestima, autoaceitação, na nossa capacidade de alcançar metas, na resiliência e até mesmo na saúde física.

Parece haver pouco espaço para dúvidas: as forças de caráter são os únicos caminhos para atingir esses objetivos positivos, que são, em última análise, o que todos buscam: a percepção do bem-estar.

Enquanto seres humanos, temos vieses de pensamento que nos tornam mais afetados por eventos negativos do que positivos. Isso ocorre de uma forma totalmente automática. Nos apegamos cruelmente a emoções e experiências negativas.

O trabalho pessoal em nossos pontos fortes ajuda a equilibrar essa equação. As experiências negativas estão implícitas no mero fato de viver. Elas são necessárias, pois são a forma que temos para aprender, ganhar motivação e aplicar diferentes estratégias diante da vida. O negativo nos ajuda a crescer.

Reenquadrando o negativo

Em hipótese alguma as experiências negativas passadas devem nos definir. Nossos pontos fortes são aqueles que nos ajudam em circunstâncias negativas futuras, nos lembrando de que temos recursos próprios disponíveis e desenvolvidos para enfrentar este tipo de situação.

Fazer um bom trabalho com os pontos fortes pessoais nos permite manter um maior grau de controle em situações críticas. Eles estão diretamente relacionados às habilidades de enfrentamento do estresse, o que fortalece nosso sistema imunológico contra a depressão.

Por onde começar a identificar nossos pontos fortes?

A segurança que a certeza de ter essas ferramentas nos dá nos permite tolerar melhor a incerteza ou ter menos medo de correr riscos. No entanto, por onde devemos começar?

O passado é um bom cenário para tirar conclusões: provavelmente conseguiremos superar obstáculos que já vencemos no passado. Por outro lado, será essencial fazer uma boa análise das alternativas ao decidir entre uma solução ou outra… Muitas vezes existem várias alternativas para chegar ao mesmo lugar, mas apenas uma é a que melhor se adapta às nossas qualidades.

Entretanto, é importante diferenciar pontos fortes de talento. Para entender a terminologia, um talento teria a ver com uma predisposição inata, enquanto os pontos fortes teriam mais a ver com treinamento e aprendizagem.

Mulher sorrindo

24 pontos fortes pessoais de Seligman

Martin Seligman nos oferece um inventário de forças pessoais, o Inventário de Força VIA, que mede o grau de cada uma das 24 forças, organizadas em 6 virtudes ou categorias:

  • Sabedoria e conhecimento, que incluem pontos fortes como criatividade, curiosidade, mente aberta, vontade de aprender e perspectiva.
  • Coragem: atrelada ao alcance de objetivos, como coragem, persistência, integridade e vitalidade.
  • Humanidade: que inclui conceitos como amor, bondade e inteligência social.
  • Justiça: são forças cívicas, como cidadania, justiça e liderança.
  • Temperança: é o que nos protege dos excessos, podendo representar o perdão e a compaixão, a humildade e a modéstia, a prudência, a discrição e a autorregulação.
  • Transcendência: são aquelas que dão sentido à vida. Entre elas encontramos a valorização da beleza, a excelência, a gratidão, a esperança, o senso de humor e a espiritualidade.

Cada um de nós tem cinco pontos fortes que nos caracterizam. O objetivo do inventário criado por Seligman é categorizar as forças pessoais de cada um de nós para conseguirmos reconhecê-las, desenvolvê-las e amplificá-las, expandindo nossa felicidade e a força do nosso brilho interior.

Pode interessar a você...
O potencial dos nossos pontos fortes pessoais
A mente é maravilhosaLeia em A mente é maravilhosa
O potencial dos nossos pontos fortes pessoais

Você já ouviu ou leu algo sobre os pontos fortes pessoais? São ferramentas que todos nós temos e que nos ajudam a sermos melhores. Saiba mais aqui!